Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sábado, 22 de dezembro de 2007

Mensagem da Rádio São Francisco FM.

A todos aqueles que nos ajudaram a abrir caminho no ano que passou, o nosso muito obrigado e, os melhores votos de harmonia e crescente prosperidade. Feliz Natal e um ano novo com muita saúde é o que deseja a Rádio São Francisco FM a todos os seus ouvintes.

Mensagem do Blog do Paulo Noel

“É tempo de construir em nossas mentes planos para o Ano Novo e, com ajuda de Deus eles serão grandes e sólidos” e que em 2008 um novo ritmo de esperança e boa-vontade faça renascer o amor e a harmonia em todos os corações. Feliz Natal, Boas Festas, mensagem do Blog do Paulo Noel a todos os internaltas e seus familiares.

Do Noblat: Frase do Dia

FRASE DO DIA“
"Quando um governo tem o domínio do Legislativo na mão direita e do Judiciário na mão esquerda isso coloca em xeque o Estado de Direito. Será que estamos vivendo uma nova ditadura?

Dom Luiz Flávio Cappio, bispo de Barra, um dia depois do fim de sua greve de fome

Do Noblat: A frase do ano - Por qué no te callas?

A frase do ano - Por qué no te callas?
Resultado da enquete sobre a palavra, expressão ou frase curta de 2007 (os cinco mais votados):
1. Por qué no te callas? - 32,89%
2. Relaxa e goza - 20,96%
3. Pede pra sair - 13,42%
4. Metorfose ambulante - 4,56%
5. Top, top, top; e Partidinho sem-vergonha - 4,27% (cada um)
Tem nova enquete aí do lado direito desta página, no alto: "Você acha que o governo deve criar algum tipo de imposto, mesmo que menor do que a CPMF, só para arrecadar dinheiro a ser empregado na área da Saúde?"

Deu na Folha: Justiça manda cortar energia dos quiosques no litoral de SJB

Paulo S. Pinheiro
JUDICIAL - Ampla, que tinha prazo de 72 horas para retirar a rede elétrica dos quiosques, cumpriu ontem a determinação da Justiça
A três dias para o início das festas de fim de ano, a concessionária Ampla decidiu realizar ontem a retirada das fiações elétricas e dos relógios medidores que forneciam energia aos 61 quiosques construídos sem licença ambiental e sanitária nas orlas das praias de Grussaí e Atafona, no litoral de São João da Barra. A ação, determinada pela Justiça Federal, após conceder liminar favorável à denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal, foi motivo de revolta dos proprietários dos estabelecimentos comerciais, que já calculam prejuízo de mais de R$ 300 mil. A Prefeitura de São João da Barra informou, através de nota oficial, que está procurando meios legais para reverter a situação antes da chegada da alta temporada.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Deu no Monitor: Quiosques de SFI e SJB não poderão abrir no verão

Pelo menos por enquanto, os quiosques da orla das praias de São Francisco de Itabapoana e São João da Barra permanecem fechados, inclusive sujeitos a terem o fornecimento de energia elétrica novamente interrompido, caso a medida seja descumprida. Na quarta-feira, o juiz da 1ª Vara Federal de Campos, Fabrício Antônio Soares, determinou que as atividades permaneçam suspensas até a conclusão do processo. A decisão foi uma das últimas julgadas este ano, já que a Justiça entrou em recesso desde a quarta-feira e só retorna depois do R éveillon.

Os quiosques, segundo um levantamento do Ministério Público Federal (MPF) em parceria com o Ibama, foram construídas em área da Marinha e não possuem fossas suficientes para a quantidade de esgoto despejada, principalmente no período do verão, contaminando dessa forma o meio ambiente. Com isso, desde dezembro de 2006 os donos de quiosques foram pressionados a fecharem o estabelecimento, mas, somente em setembro deste ano, a determinação foi cumprida, com o interrompimento da energia elétrica.

Os proprietários teriam entrada na justiça para recorrer da liminar expedida recentemente que proíbe o funcionamento dos estabelecimentos. De acordo com o procurador da república, Eduardo dos Santos, que propôs a ação, a determinação abrange os dois municípios. “Devido ao período, pode ser difícil o cumprimento. Daí a autorização para os cortes de energia”, pondera.

ORLA 2000
Projeto do município de São Francisco de Itabapoana, teve o objetivo de padronizar a construção dos quiosques nas praias de Santa Clara e Guaxindiba. Com isso, os donos conseguiram uma espécie de alvará da prefeitura, mas não obtiveram a licença ambiental do Ibama, que mais tarde, comprovou as irregularidades. A situação foi semelhante na orla de São João da Barra. (Fonte: Monitor Campista edição de 21-12-07)

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Cartão alimentação dos servidores municipais depende de listagem







A Câmara de Dirigentes Lojistas de SFI (CDL) promoveu, ontem, 18-12-07, reunião em sua sede no Shopping Mastor Gantos, com os comerciantes para uma explanação sobre o cartão de compras UNASP (União Nacional de Assistência ao Servidor Publico) que permite o acesso para a aquisição de vários produtos, tais como: medicamento, alimentação, combustível, material de construção, material escolar e o cartão alimentação que agora é Lei em SFI.
A convite do CDL, Sandra Hilário, diretora comercial da Unaspe fez uma explanação sobre a atuação da Unaspe em vários municípios que tem como objetivo, prestar serviços e assistência aos servidores públicos. Sobre o convenio que a Unaspe assinou com a prefeitura ela espera que seja implantado em SFI o mais breve possível o cartão convênio para os servidores contratados. “O servidor municipal terá um cartão para fazer suas compras no comercio local com limite de 30 por cento do seu salário”, disse Sandra. Sandra informou que é importante os lojistas se filiarem ao CDL. “Nos próximos dias os comerciantes estarão recebendo a visita de credenciadores para preenchimento de um cadastro e posterior disponibilidade das maquinas”, disse. Entretanto, ela enfatizou que todos os contratos terão que ter o aval da CDL. “Todo comercio que é filiado ao CDL estará credenciado a receber o cartão não só da prefeitura de SFI, mas de todas as prefeituras conveniadas da região. Inclusive, estaremos entregando na sexta, 27 mil cartões aos servidores da prefeitura de Campos dos Goytacazes” ponderou. Sobre o cartão alimentação, Sandra revelou que a prefeitura de SFI está analisando. “Estamos aguardando para muito breve a autorização para confecções dos cartões, inclusive, o cartão alimentação que está na dependência de uma listagem com nomes dos funcionários concursados e efetivados” concluiu Sandra.

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Em clima de Natal, reinagurada loja Bazar Raphaim em SFI






Um coquetel marcou a reinauguração da Loja Bazar Raphaim em São Francisco de Itabapoana-RJ, cuja proprietária Tânia Araújo, durante todo o dia de hoje, 18-12-07, quarta-feira foi uma perfeita anfitriã recebendo os clientes e amigos. A nova loja que ficou mais ampla oferece mais conforto aos clientes na escolha de sua mercadoria. “Fizemos um projeto visando dar maior conforto aos clientes. Com este novo projeto, o cliente tem acesso a todas as mercadorias com auxilio de nossos funcionários”, disse Tânia Araújo. Segundo Tânia o balcão separa o cliente dos produtos, deixando-o um pouco inibido. “Nosso balcão hoje é, simplesmente para colocar um produto, ou emitir uma nota, não mais como atendimento”, frisou. O coquetel oferecido pela loja foi preparado pelo Edmarco filho da Telma “Doceira” e estava uma delicia. Segundo Tânia não houve convites. “Todo cliente que vier nos visitar hoje, automaticamente já está participando do coquetel. Não fizemos convites para não corremos o risco de esquecer alguém. Mas quero aproveitar para agradecer a Rádio São Francisco FM, pelo apoio, já que esteve sempre junto da gente e, em especial, agradecer aos meus funcionários, a Deus que tudo nos concede e principalmente ao exemplo que tive dos meus pais, de trabalho, de honestidade e visão de sempre querer o melhor”, concluiu Tânia. Representando a Rádio São Francisco FM, Rosane Berto parabenizou Tânia pelo empreendimento. “Tânia, eu me sinto orgulhosa de você. Escolhemos São Francisco pra morar, para viver, por que acreditamos neste município. Sinto que você, o Paulo, Dona Célia e seu Zezinho Fidelis, todos tem o mesmo objetivo, levar para a comunidade de SFI o melhor. Você esta de parabéns por escolher o mês de dezembro, quando o Menino Jesus está nascendo. Com certeza, vai trazer para você e todos os funcionários e clientes, muitas esperanças, dias melhores e muitas felicidades neste novo investimento. Parabéns mesmo, e que o Menino Jesus abençoe a todos”, concluiu Rosane Berto.

Marta - A melhor jogadora do mundo, segundo a FIFA


Kaká - O melhor jogador do mundo, segundo a FIFA


Do Blog do Noblat -

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Papai Noel do Rotary Club SFI vai a Brejo Grande e leva alegria a cerca de 200 crianças.







Um dia de domingo em Brejo Grande com as crianças.

Crianças de Brejo Grande viveram um domingo diferente por conta da campanha de Natal do Rotary Club de São Francisco de Itabapoana que beneficiou cerca de 200 crianças do lugar. Todo ano, na véspera de natal, o Rotary escolhe uma comunidade, através de sorteio, para levar a campanha de Natal para as crianças carentes. Em Brejo Grande a chegada de Papai Noel do Rotary Club São Francisco de Itabapoana foi um sucesso. A concentração foi na Escola Estadual Municipalizada Ilda Muylaert Machado. Segundo a diretora, professora Julimária Souza dos Santos esta foi a primeira vez que houve uma campanha de Natal para as crianças em Brejo Grande. “Foi maravilhoso! Houve um impacto na comunidade a chegada dos rotarianos que proporcionaram alegria as crianças”, disse a professora. Durante todo o domingo, o Rotary Clube de SFI distribuiu além de brinquedos para as crianças, kit maternidade, roupas novas, sacolões, lanches e refrigerantes beneficiando cerca de 50 famílias. A secretária do Rotary Club SFI, Amarilsa Sales falou de como é gratificante participar de eventos onde a prioridade é o ideal de servir. “É mais do que gratificante para todos nós, a alegria de vir aqui e constatar no olhar de cada criança a satisfação de receber seu brinquedo como presente de Natal”, enfatizou Amarilsa Sales. A professora Cíntia Freire, adjunta da diretora Juliana Souza disse que a escola atende 175 crianças e que o computador da secretaria precisa de manutenção. “Não temos acesso a internet e o único computador da escola está com defeito. Necessitamos de um novo computador e de uma impressora matricial”, revelou Cíntia. O Rotary Clube SFI prometeu, oficiosamente, analisar a questão. O Rotary Club SFI, seguindo a filosofia do Rotary Internacional, tem como lema “quem não serve para servir, não serve para viver” ou ainda “quem mais se beneficia é quem melhor serve”. O Rotary Club SFI, tem como presidente Edneia Correia Mansur Tardelly e, reúne-se toda quarta-feira na Casa da Amizade em Santa Clara, que é presidida por Leda Santos.
Errata:
Recebi, da professora Cintia, um e-mail onde ela solicita ao Blog algumas correções na matéria acima. Desde já com meu pedido de desculpas, publico, abaixo o e-mail onde ela solicita a correção, ressaltando, porém, que ela disse estar plenamente de acordo com o que falou a adjunta referente a necessidade de manutenção do computador com defeito. Continuamos a disposição da comunidade de Brejo Grande. PN
Boa tarde!
Sr. Paulo Noel,
Venho através deste, solicitar correção na matéria que está escrita no vosso blog, pois consta alguns equívocos quanto afirmações nela escrita. Primeiramente eu, Cíntia Freire de Lima Dutra, sou Diretora Adjunta de Julimária Souza dos Santos e não de Juliana Souza dos Santos, conforme citado. Em segundo lugar, a colocação feita em relação a problemática do computador, não foi mencionada por minha pessoa, e sim pela orientadora Pedagógica desta unidade escolar, Juliana Souza dos Santos.
Reitero que mencionei a respeito da necessidade de uma impressora matricial, nada além disso. Quanto ao restante da matéria o parabenizo pelo modo como foi feita. Tenho certeza de posso contar com a vossa compreensão e desde já agradeço.
Atenciosamente,
Cíntia Freire de Lima Dutra.

domingo, 16 de dezembro de 2007

Lixo ao lado de uma creche desativada em Santa Clara.

“Só o amor constrói para uma vida eterna”. A frase está em dissonância com o ambiente no entorno da casa. O imóvel, na Avenida Principal, na praia de Santa Clara em SFI, abrigou uma creche no atual governo municipal, e, atualmente está desativada. Diante do descaso das autoridades e da falta de conscientização ambiental dos moradores que transformam o local em lixão, sugerimos uma outra frase para a parede do prédio: “Só o amor à natureza, constrói um ambiente limpo para uma vida de qualidade, que pode ser infindável, para o futuro de nossos filhos, netos e bisnetos”.