Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sábado, 1 de setembro de 2007

Blog do Paulo Noel recebe comentário de Alan de Santa Clara.

Caro Alan Jones. Recebi seu comentário sobre a noticia da interdição parcial da Ponte da Amizade veiculado pela Rádio São Francisco FM e divulgado aqui em nosso Blog. Pela importância do tema e, ainda, por entender que o seu texto contribui para entendimento do polêmico assunto, é que decidi dar destaque em nosso blog ao seu comentário. Agradeço a contribuição. Espero que continue participando. Grande abraço do Paulo Noel.


A interdição dessa ponte perdura até hoje simplesmente pelo prazer que tem o governo atual de desprezar o que foi feito em gestão anterior. A ponte é uma importante obra que fez a ligação entre as duas praias mais importantes do município, Santa Clara e Guaxindiba.

Se houve problemas de execução, o mais sensato era que fossem solucionados o mais rápido possível. Mas parece que não há esse interesse. A intenção é preservar o erro do passado para que não se esqueça que ele foi cometido. Enquanto isso a população amarga os prejuízos simplesmente para satisfazer a vaidade do grupo que administra a cidade atualmente.

O mesmo caso acontece com os quiosques das praias. Se há problemas é necessário que sejam solucionados. A propositura de um Termo de Ajustamento de Conduta - TAC - juntoao Ibama ou ministério do meio ambiente poderia abrir espaço para um entendimento.

Mas não há interesse para isso.Enquanto isso os comerciantes, que de boa fé construíram, dormem todos os dias sem saber se no dia seguinte seus estabelecimentos estarão de pé, pois a ameaça de demolição é constante. Isso tudo é reflexo da ignorância. Mas logo vai passar

sexta-feira, 31 de agosto de 2007


Mais uma campanha de sucesso da Rádio São Francisco FM em prol de criança com leucemia.

A Rádio São Francisco FM, está promovendo mais uma campanha vitoriosa de doações em dinheiro para o pequeno Jocinaldo Fiúza portador de leucemia. A campanha começou às 10 horas no dia 31-08-07 numa sexta-feira e foi até às 13 horas. No estúdio da Rádio São Francisco FM a mãe Jocileide Rosa de Oliveira, a avó Nailda e a colega Tamires, acompanhavam emocionadas a demonstração de solidariedade humana da população de São Francisco de Itabapoana, cidade no interior do Norte Fluminense RJ.


A família do pequeno Jocinaldo é da praia de Santa Clara. A mãe Jocileide esteve na Rádio São Francisco FM e contou o seu drama desde o momento em que os médicos diagnosticaram que seu filho estava com Leucemia. A partir daí, há seis meses, começou a sua luta. O tratamento está sendo feito no Hemorio. Centenas de ligações foram feitas para o estúdio enquanto durou o programa.


O telefone não parou um segundo. A cidade parou para ajudar o pequeno Jocinaldo. A mãe já levou da campanha a importância de R$1.365,00. O restante que consta na relação será divulgado tão logo o dinheiro chegue a Rádio.


O radialista Paulo Noel, vai divulgar a relação completa com o nome de todas as pessoas que ajudaram na campanha. Se você deseja participar ligue para a Rádio São Francisco FM nos telefones: 22 – 2789.2187 ou 22 – 2789. 1539 ou celular 22 – 99152187.

quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Ponte da Amizade em Sossego volta a pauta da imprensa.
No momento em que a Associação de Moradores de Sonho e Sossego pretende eleger uma comissão para acompanhar o desenrolar do processo de interdição da Ponte da Amizade em Sossego, eis que surge interesse da Inter Tevê em conhecer a real situação da interdição. O presidente da Câmara Municipal de SFI, vereador Beto Azevedo se comprometeu com o Blog do Paulo Noel e enviar um ofício ao Crea cobrando explicações com relação ao tema. Veja mais materias.
A produtora da Inter Tevê de Campos ligou para nossa redação interessada em pautas relacionadas a SFI. Sugerimos o tema da "Ponte da amizade" entre Sossego e Guaxindiba, no litoral sanfranciscano. Reportagem da Inter TEVE vai ouvir moradores de Sossego sobre a ponte da amizade.
Então, ficou combinado da reportagem da Inter Tevê, agendar com a Assoc. de Moradores e Amigos de Sossego e Sonho a realização de uma materias ouvindo os moradores que querem a liberação da Ponte da Amizade.
Esta ponte, conforme foi divulgado aqui no Blog está interditada parcialmente por decisão judicial. Segundo a Associação de Moradores a atual situação da ponte interditada parcialmente já perdura por 10 anos. Houve uma Ação Civil Pública do Ministério Publico baseada num lado do Crea - Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura. Em conseqüência disto a empreiteira Engeminas, a responsável pela obra ainda no Governo Barbosa Lemos, foi acionada de duas maneiras: Extra-judicialmente e Judicialmente para que atendesse as reivindicações de reparos feitas pelo Crea.
Depois dos reparos efetuados, ficou-se então esperando um laudo conclusivo do Crea o que não aconteceu até hoje. Só depois do laudo é que o Ministério Público após averiguação enviará a matéria para o Juiz, para que o mesmo determine ou não a liberação da Ponte. Esta é a informação que temos. Caro leitor do Blog do Paulo Noel, por favor, dê a sua opinião sobre o assunto. Vamos participar. Paulo Noel.
Projeto cidadania plena leva reunião da Câmara Municipal para Gargaú.

A Câmara Municipal de SFI desenvolve a partir desta quinta-feira dia 30 de agosto o projeto Cidadania Plena transferindo as reuniões plenárias para as comunidades. As chamadas reuniões itinerantes começam pela praia de Gargaú. Os vereadores vão se reunir em sessão plenária às 5 horas da tarde no Gargaú Praia Clube.

Para o Presidente do CM Beto Azevedo a reunião itinerante aproxima o Poder Legislativo do povo. “A reunião é aberta a todos os moradores. Espero que a comunidade participe apresentando sugestões de requerimentos e projetos aos vereadores”, disse Beto Azevedo.

No meu comentário, penso que os vereadores marcaram ponto ao realizar este projeto "Cidadania Plena" aproximando o legislativo do povo. Agora, é preciso que a comunidade participe. (Paulo Noel)

terça-feira, 28 de agosto de 2007


Vereadores criticam entidades que não participam da audiência da LDO na Câmara Municipal.

A Câmara Municipal de São Francisco de Itabapoana realizou ontem dia 27-08, a audiência pública de discussão da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2008. A reunião foi presidida pelo presidente vereador Carlos Alberto Azevedo, o Beto da Saúde. Marcada para as 17 horas a reunião começou com atraso de uma hora, com o primeiro secretário vereador Fauaze Cherene fazendo a leitura do edital de convocação da Audiência Publica. Feita a leitura ocuparam a tribuna representantes da Associação Beija Flor e do Sindicato dos Servidores Municipais. Nenhum projeto ou emenda foi apresentado para discussão pelos vereadores. A audiência pública é uma exigência da Lei de Responsabilidade Fiscal e os vereadores Sergio Elias e Zé Cherene reclamaram da ausência da comunidade. Sergio Elias foi ainda mais enfático afirmando que a Câmara Municipal tem sido muito criticada pelo povo na Rádio São Francisco FM, mas quem critica nunca tem o habito de assistir a uma reunião plenária, citanda o exemplo de ontem quando apenas quatro pessoas compareceram à audiência. Não compareceram também a reunião os vereadores Kademar Cordeiro de Barra do Itabapoana e Washington de Travessão de Barra.

domingo, 26 de agosto de 2007

Momentos de descontração no encerramento da XXV Expo-Agro de Praça João Pessoa.


Paulo Noel e Rosane Berto da Rádio São Francisco FM participaram, com grupo de amigos produtores, do último dia da Expo-Agro 2007 de Praça João Pessoa. No pavilhão de bovinos, um churrasco em clima de confraternização comemorou o encontro regado a refrigerantes e cerveja. Edalmo, Cristóvão, Paulo Noel e Rosane, Marcio, Lucia e um amigo de Praça João Pessoa. A XXV Exposição Agropecuária de Praça João Pessoa, distrito de SFI (RJ) durou quatro dias de 23-08 a 26-08-2007. O evento reuniu milhares de pessoas e foi considerado um sucesso pelos organizadores. A Rádio São Francisco FM registra alguns momentos de descontração dos produtores.
Expositor Paulo Sergio com a filha, ambos de Apiacá-ES.
Precisamos de uma boa bancada jurídica para reverter a situação de indenização dos royalties do petróleo em nosso município. SFI recebe royalties como município limítrofe.
Onde estão as autoridades politicas do nosso município e Região. O assunto em pauta é royalties do petróleo. Estou fazendo a minha parte pedido ajuda dos amigos que tem coragem de abordar de frente o tema, sem paixões. Roberto Moraes é um deles. Ontem, comentei em seu bloger http://www.robertomoraes.blogspot.com/ : Caro Roberto Moraes. Aqui é o Paulo Noel da Rádio São Francisco FM. Roberto vê se dá para você escrever sobre os critérios do IBGE ou ANP com relação à receita dos do petróleo para São Francisco de Itabapoana. Não dá para entender quais critérios colocam SFI numa posição ridícula referente a tão importante receita que não tem sido tão bem utilizada em Campos. Afinal, estamos entre o ES e São João da Barra e continuamos na condição de município limítrofe. Existe uma explicação para estas famigeradas linhas ortogonais do IBGE que excluem SFI na zona de produção? Porque este castigo para nossa gente? Nosso prejuízo em termos de investimento em 10 anos é muito grande. Não podemos penalizar as gerações futuras pela omissão das autoridades. Olha Roberto, tomei a liberdade de linkar seu blog ao meu www.paulonoel.blogspot.com . Você que tem os números, faça, por favor, uma comparação da receita anual de São Francisco (orçamento) com um dia de royalties para Campos. Sua contribuição será muito importante. Grato e aceite minha recomendação de muita Luz e Paz para todos. Parabéns pelo aniversário do blog e pelas centenas de visitas. Paulo Noel.

12:32 PM
Roberto Moraes said...
Olá Paulo Noel,

Obrigado pelo comentário,

Quanto aos royalties e o orçamento de SFI:

O valor do último orçamento de SFI que possuo em meus arquivos é o de 2004 que foi de R$ 48 milhões. Estimo que o de 2007 esteja na faixa dos R$ 65 milhões. Este valor é 20% menor do que os royalties que Campos recebe por mês apenas de royalties. Ou, se desejar fazer outra comparação: o orçamento anual de SFI é quase seis vezes menor do que apenas, a área de saúde de Campos tem para gastar em um ano que em 2007 é de R$ 367 milhões.

Quanto a divisão do bolo dos royalties, não resta dúvidas, que a forma de rateio é técnica, mas oriunda de uma decisão política em que a geografia determinou o que hoje vale. Os municípios que têm alguma atividade econômica ligada à cadeia produtiva do petróleo, construção de plataformas e outras estão contratando escritórios de consultoria jurídica conseguindo entrar neste rateio como produtores. Isto se deu com Niterói, Rio de Janeiro e agora mais recentemente com Angra dos Reis e Paraty.

Mandarei por e-mail para você o famoso mapa das ortogonais e dos paralelos e umas tabelas que usei em uma palestra comparando dados de SJB e SFI que também já postei aqui.

Neste endereço:
http://www.anp.gov.br/doc/conheca/Guia_Royalties.pdf

Você pode saber mais detalhes sobre o pagamento dos royalties e da participação especial.

Agradeço pelo link no blog. Farei o mesmo com o seu. Bom que formemos uma rede de blogs da nossa região.

Abs, Roberto Moraes