Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Operação Lei Seca intensifica ações no feriadão do Dia do Trabalho


A Operação Lei Seca (OLS), da Secretaria de Governo, vai intensificar as ações durante o feriado do Dia do Trabalho. Todo o efetivo da iniciativa, que conta com 250 agentes, foi mobilizado. As ações foram distribuídas pela capital, Região Metropolitana e interior do estado. No total, 53 operações serão realizadas, entre blitzes e campanhas educativas, entre quinta-feira (30/4) e domingo (3/5). Além disso, os cadeirantes vão levar mensagens preventivas sobre o perigo de misturar álcool e direção, inclusive nos shows em comemoração ao feriado.

- Toda forma de alerta para a maléfica mistura do álcool e direção é imprescindível para o sucesso da Operação Lei Seca. Temos que chamar a atenção das pessoas para as consequências que esse ato pode causar. É importante interagir com o dia a dia da população para que os motoristas mudem seus hábitos e tenham uma visão mais responsável em relação ao trânsito – afirmou o coordenador da Operação lei Seca, coronel Marco Andrade.

No primeiro trimestre deste ano, a OLS registrou queda no número de casos de alcoolemia, em comparação com o mesmo período de 2014, o que mostra que, a cada ano, o número de pessoas alcoolizadas nas blitzes é menor. Em janeiro, fevereiro e março de 2015, foram 5.332 casos em 91.993 testes do etilômetro (5,8%). Nos três primeiros meses de 2014, 5.659 motoristas foram flagrados em 84.642 abordagens (6,7%).

Balanço da Operação Lei Seca

A Operação Lei Seca é uma campanha educativa e de fiscalização, de caráter permanente, lançada em março de 2009, pela Secretaria de Estado de Governo do Rio de Janeiro. De janeiro até a madrugada desta quinta-feira (30/4), no estado do Rio de Janeiro, 1.860.036 motoristas foram abordados, 364.214 foram multados, 74.782 veículos foram rebocados e 130.375 motoristas tiveram a CNH recolhida. Um total de 138.946 condutores sofreu sanções administrativas, sendo que 4.843 deles também sofreram sanções criminais. Os agentes realizaram 1.627.516 testes com o etilômetro.


Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Inscrições abertas para cursos superiores no IFFluminense


A novidade é a oferta das Licenciaturas em Teatro e em Educação Física. As inscrições para o Concurso Vestibular 2015 poderão ser realizadas até 22 de maio.

O Instituto Federal Fluminense divulgou o edital do Concurso Vestibular 2015 – 2.º semestre - para ingresso nas 364 vagas dos Cursos Superiores de Tecnologia, de Licenciatura e de Bacharelado dos campi Campos Centro, Campos Guarus e Itaperuna.

A novidade é a oferta, pela primeira vez, das Licenciaturas em Teatro e em Educação Física. Os cursos serão ministrados no campus Campos Centro, que também disponibiliza vagas para os seguintes outros cursos: Tecnologia em Design Gráfico, Tecnologia em Manutenção Industrial, Ciências da Natureza– Licenciaturas em Física ou em Química ou em Biologia, Licenciatura em Geografia, Licenciatura em Letras (Português e Literaturas), Arquitetura e Urbanismo, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Computação, Engenharia Elétrica e Sistemas de Informação.

O campus Campos Guarus oferece vagas para os cursos de Engenharia Ambiental e Licenciatura em Música. Já o campus Itaperuna, disponibiliza vagas para o curso de Sistemas de Informação.

As inscrições poderão ser feitas, exclusivamente, pela Internet, no endereço eletrônico http://inscricoes.iff.edu.br, no período de 28 de abril a 22 de maio de 2015, conforme orientações do Edital nº 59/2015, e mediante o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 50,00.

Os candidatos que desejarem solicitar a isenção terão, obrigatoriamente, que oficializar o seu pedido no protocolo do campus onde é oferecido o curso escolhido, no período de 28 de abril a 14 de maio de 2015.


O Concurso Vestibular 2015 – 2.º semestre - será realizado em duas fases - eliminatórias e classificatórias. A prova referente à 1.ª Fase será realizada no dia 21 de junho de 2015, e a prova referente à 2.ª Fase, nos dias 18 e 19 de julho de 2015 (apenas para os candidatos ao curso de Música) e 19 de julho de 2015 (para os demais candidatos).

Diretoria de Comunicação-IFFluminense

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Lideranças se mobilizam para fundar associação em Campo Novo (SFI)


Mais uma comunidade de São Francisco de Itabapoana se organiza para fundar uma Associação de Moradores. A localidade de Campo Novo de Cacimbas sediou uma reunião no último sábado, 25-04, que tinha como objetivo a mobilização das lideranças locais para expor a importância do associativismo.

“Expomos a necessidade de organização em uma sociedade civil para que possamos lutar pelas necessidades do local. Poderemos cobrar do poder público municipal com muito mais força com uma estrutura organizada. A localidade de Campo Novo tem muito a ganhar com uma associação de moradores. É hora de Campo Novo cobrar os serviços que a muito tempo carece”, disse Edmundo Siqueira,

Após o encontro foi marcada nova reunião para sábado, dia 02/05, na Escola Municipal Manoel Gomes do Nascimento, às 15h, para formação da diretoria e formalização da Associação. Os moradores de Campo Novo, Cacimbas e Muritiba estão convidados.

“Na reunião do dia 25 contamos com a importante e determinante presença do presidente da Associação de Moradores de Macuco, Carlos júnior, que fez uma excelente exposição dos benefícios que uma associação de moradores traz à comunidade. Expôs sua experiência no assunto e alertou sobre a necessidade de participação de todos do local”, completou Edmundo


Também participaram do encontro Elias Souza, Bebeto Pontes e João Gomes, diretor do Comitê Baixo Paraíba do Sul.

Pingo D'Água recebe a 4ª Cavalgada dos Amigos, domingo (03-05)



Festa do Trabalhador neste 1º de maio em SFI



terça-feira, 28 de abril de 2015

Vereadores de São Francisco fazem vistoria no Hospital após operação do MPF


A prefeitura de São Francisco de Itabapoana, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, convidou todos os vereadores para uma visita ao Hospital Manoel Carola, na manhã desta terça-feira (28), vistoriando o atendimento, funcionamento e estrutura da unidade de saúde. Pelo menos oito vereadores estiveram no local.

De acordo com o secretário municipal de saúde, Dr. Jayme Tinoco, o convite se deu após a inspeção do Ministério Público Federal - MPF, desencadeada na tarde de ontem. “O hospital Manoel Carola dispõe de 30 médicos, haja vista que não temos acadêmicos atendendo. Além disso, não há falta de medicamentos”, disse.

A operação de rotina do MPF está sendo realizada em vários municípios da região com o objetivo de verificar possíveis irregularidades no gerenciamento da estrutura dos hospitais públicos vistoriados.

O presidente da Câmara municipal de vereadores do município de São Francisco de Itabapona, Renato de Buena, destacou o seu parecer da visita ao hospital. “Todos nós vereadores constatamos que o hospital está funcionando adequadamente, bem como não há falta de remédios. Até porque, vale ressaltar, que não só hoje, mas visitamos periodicamente as unidades de saúde do município, acompanhando as suas ações”, explicou.

Sobre a irregularidade encontrada pelo MPF, que constatou que um médico havia assinado a folha de ponto até o dia 30 de abril, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura disse em nota que a procuradoria geral do município já está investigando o caso e tomará as devidas providências acerca do fato.


Com informações da Ascom-SFI

Abertas inscrições para o Pré-Vestibular Cederj intensivo


São oferecidas 60 vagas para São Francisco de Itabapoana

Estão abertas até o dia 06 de maio de 2015 as inscrições para o Pré-vestibular Social Intensivo do CEDERJ. Podem se inscrever pessoas que já concluíram o Ensino Médio ou que estão cursando o último ano. O Curso é totalmente gratuito, inclusive os livros e o almoço. As aulas têm como conteúdo as disciplinas do Ensino Médio, e são ministradas por professores selecionados e capacitados, alguns do Rio de Janeiro.

Inscrições podem ser feitas pelo site do Pré-Vestibular aqui. Lá o interessado faz a inscrição e tem acesso ao edital de lançamento com todos os detalhes do certame.

Após efetuar sua inscrição, o candidato deve entregar a documentação solicitada no Polo CEDERJ de São Francisco de Itabapoana, que funciona no 1º andar do CIEP 470, ou enviar pelos correios.

De acordo com o edital, o processo seletivo compõe-se de triagem da documentação, análise da situação socioeconômica do candidato e demais residentes no mesmo domicílio e do histórico e projetos acadêmicos do candidato.

Como esse curso é intensivo, acontecerá apenas no segundo semestre de 2015 com início previsto para dia 06 de junho e se estenderá até o dia 05 de dezembro de 2015, e em São Francisco de Itabapoana estão sendo oferecidas 60 vagas. 

Jornalista e ator sanfranciscano lança livro em sua terra natal


“Palavras Além de Mim”, de Jonatan Fernandes, traz à tona um novo olhar sobre o cotidiano



O jornalista e ator sanfranciscano Jonatan Fernandes lançará neste fim de semana o seu primeiro livro: Palavras Além de Mim. A Obra, que tem o subtítulo “Quando Deus se Revela no Avesso da Dor”, traz à tona um novo olhar sobre o cotidiano, na busca de novas aprendizagens em fatos que parecem irrelevantes.

Saudade, amor, amizade, perdão, medos, fé e coragem são alguns dos pilares que sustentam uma linguagem literária, com base cristã. Jonatan relata que o objetivo desta Obra é mostrar a essência do amor de Deus. “Nunca tive a intenção em escrever um livro, mas Palavras Além de Mim surgiu naturalmente e tudo foi acontecendo para que a Obra se concluísse. Deus providenciou tudo”, disse o autor.

O lançamento do livro, pela Editora Nova Terra, será no próximo fim de semana, na décima edição do Projeto Geração Jovem, um retiro juvenil organizado pela Capela Santo Antônio de Pádua – Paróquia Imaculada Conceição e São Sebastião, no município de São Francisco de Itabapoana/ RJ. O evento acontecerá nos dias 01, 02 e 03 de maio na E.M. Estelita de Araújo Crespo, no bairro de Praça João Pessoa, terra natal de Jonatam. A Missa de encerramento, também em ação de graças pelo livro, será aberto ao público, às 15h00 do domingo (03) e será presidida pelo Bispo Diocesano, D. Roberto Francisco.

Outras cidades como Itaboraí, Niterói e Campos dos Goytacazes estão sendo cogitados para o lançamento da Obra.

Palavras Além de Mim já está disponível para pré-venda no site da editora (www.editoranovaterra.com.br/palavras-alem-de-mim), e nas principais livrarias do Brasil. Esta é uma Obra que fala do conforto que buscamos, nas atitudes mais simples, e no mínimo de atenção ao que Deus tem para nos falar.

Sobre o autor

Jonatan Fernandes é jornalista, porém coleciona uma vasta experiência artística, como ator e músico, no Ministério de Música Católica Renovação, na via sacra da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de 2013, e em espetáculos musicais pela Oficina de Atores do Rio e pela Cia de Teatro Arte em Cena. Ele faz parte do Projeto Geração Jovem e atua em empresas de grande porte, há 7 anos, na área de Comunicação Empresarial, com destaque em Responsabilidade Social, Treinamento & Desenvolvimento e Comunicação Interna e Externa.

Sua inspiração para este primeiro livro veio da sua forte ligação com a religiosidade e sua missão como comunicólogo. O resultado foi este trabalho de motivação para que as pessoas conectem-se mais com o mundo onde vivem, absorvendo melhor o que ele pode oferecer a elas.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

MPF vistoria Hospital Manoel Carola em SFI

O Hospital Manoel Carola, em Ponto de Cacimbas, passou nesta segunda-feira, 27, por uma vistoria do MPF - Ministério Público Federal , por volta das 14 horas.

O procurador do município, Mariano Amorim esteve com a equipe do MPF e ouviu que se tratava de um trabalho referente a uma inspeção de rotina.

“Um trabalho, inclusive, que começou por unidades de saúde de outros municípios inclusive da cidade de Campos dos Goytacazes e agora chegou a São Francisco de Itabapoana”, disse. 

Foto:
 Danielle Macedo/Folha da Manhã.
“Eles estavam no setor administrativo do hospital quando cheguei. Tinha mais a ver com a questão trabalhista”, diz. Os membros do MPF queriam saber dos médicos quantas horas por dia trabalhavam, qual seu regime de plantão e constatou que pelo menos um médico teria assinado a folha de ponto até o dia 30 de abril. 

Com relação a esta irregularidade, o procurador disse que vai ser apurada por uma comissão de sindicância. 

O Blog conversou com a administradora no hospital Manoel
Carola.
No corredor do hospital alguém levantou a suspeita de que estava faltando o medicamento dipirona na farmácia do hospital. No entanto, a administradora de plantão, Maria das Neves Muniz Miranda (Nevinha) disse que o hospital tem dipirona tanto injetável como em comprimido.

“O único medicamento que estamos tendo dificuldade é a benzetacil porque não está sendo fabricada em laboratório, mas mesmo assim estamos atendendo a população”, explicou.

Sobre a folha de ponto dos médicos, a administradora disse que MPF pediu uma cópia que foi entregue. No momento da visita estavam presentes cinco médicos de plantão: três clínicos geral, Dr. Heber, Dra. Samara e Dr. Aluízio; pediatra, Dr. Bruno e obstetra Dr. José Eraldo.

NOTA OFICIAL DO GOVERNO MUNICIPAL
O Ministério Público Federal realizou na tarde desta segunda-feira (27) uma inspeção no Hospital Manoel Carola, em São Francisco de Itabapoana. A operação está sendo realizada em vários municípios da região com o objetivo de verificar possíveis irregularidades no gerenciamento da estrutura dos hospitais públicos vistoriados. No município de São Francisco do Itabapoana foi encontrada uma assinatura antecipada de um médico plantonista. Cientes do ocorrido, a prefeitura, por intermédio da procuradoria geral do município, já está investigando o caso e tomará as devidas providências acerca do fato. É importante ressaltar que a prefeitura deste município não concorda com atividades e procedimentos irregulares e/ou ilícitos de funcionários e gestores dentro e fora de suas sedes; uma vez que preza pelo bom funcionamento de suas unidades e excelência no atendimento aos seus munícipes. O caso será devidamente investigado tanto pela direção do Hospital quanto pelo MPF.

domingo, 26 de abril de 2015

Ciclovias já

Olá amigos internautas. Preciso ouvir a opinião de todos que puderem participar. O Blog do Paulo Noel e a Rádio São Francisco começaram uma campanha para construção de ciclovias em São Francisco de Itabapoana, cidade e praias. O que vocês acham da ideia? 

Penso que a Av. Ednites da Silva Viana e a Rua Daud Salomão Acruche com mão única, abririam espaço para as ciclovias. Por enquanto é isso: se os moradores se manifestarem favoráveis já será um importante passo para sensibilizar as autoridades. 

Os comentários podem ser feitos aqui no Blog, na Rádio São Francisco FM ou no Facebook do Paulo Noel. Espero que opinem. Grande abraço.

Motorista de caminhão perde controle da direção e colide com prédio comercial na Praia de Sossego

 Fotos enviadas pelo internauta Carlos Gomes.

Neste domingo, 26, por volta das 7 horas da manhã um acidente sem vítima chamou a atenção dos moradores e turistas. Um caminhão colidiu com um comércio do ramo de bar e mercearia no centro da Praia de Sossego, litoral de São Francisco de Itabapoana (RJ) destruindo toda a frente do imóvel.

Felizmente ninguém saiu ferido. Segundo informações de um internauta que passava pelo local o motorista, cujo nome não foi revelado, perdeu o controle do caminhão quando o celular caiu no piso da cabine.


“Ele contou que ao abaixar para apanhar o celular em fração de segundos acabou perdendo o controle da direção do veículo que atingiu o prédio”, diz. Não havia ninguém no comércio nem em frente ao estabelecimento. Um internauta, leitor do Blog, enviou as imagens do acidente. 



Nepal tem novo tremor e autoridades registram mais de 2,2 mil mortos

Os fortes tremores sentidos hoje (26) no Nepal, depois do terremoto de magnitude 7,9 na escala Richter ocorrido ontem (25), que causou mais de 2,2 mil mortes, continuam provocando avalanches na região do Monte Everest e levando pânico à população.

De acordo com as autoridades, 2.152 pessoas morreram no Nepal; 57, na Índia; 17, na China; e uma em Bangladesh. Além disso, há milhares de feridos. O desastre natural já é considerado o pior no Nepal nos últimos 80 anos.

Neste domingo, a região foi novamente atingida por um terremoto, de magnitude 6,7 na escala de Richter, o que agravou a situação no país. O tremor subsequente atingiu uma zona situada no noroeste da capital do Nepal, Katmandu, não muito longe da fronteira com a China. O abalo foi sentido até na região do Monte Everest, no Himalaia, onde provocou novas avalanches, segundo montanhistas que estão no local.

Os socorristas continuam escavando os escombros na capital, que foi devastada pelo terremoto. Os moradores estão aterrorizados e muitos foram forçados a acampar durante a noite, pois vários edifícios e casas foram reduzidos a escombros.

Os hospitais estão sobrecarregados e os médicos atendem os doentes em tendas improvisadas, já que as equipes foram forçadas a abandonar os edifícios por medo de novos tremores.

“A eletricidade foi cortada, as comunicações estão congestionadas e os hospitais estão lotados e sem espaço para guardar corpos”, disse a chefe executiva da organização não governamental Oxfam, Helen Szoke, à agência francesa AFP.

Diversos governos, como da China, do Japão e da Austrália, tentam localizar milhares de cidadãos de seus países que estavam na região do abalo sísmico e criaram gabinetes de crise para atender as pessoas atingidas.

Estimativas divulgadas hoje pela Organização das Nações Unidas (ONU) indicam que o terremoto afetou cerca de 6,6 milhões de pessoas em 30 distritos do Nepal.

As manifestações de solidariedade ao país têm-se multiplicado, com muitos governos e organizações internacionais oferecendo ajuda, como os Estados Unidos, a Austrália, a Índia, a China, a União Europeia e a ONU. Ontem (25) a presidenta Dilma Roussef também se solidarizou com as vítimas da tragédia.

Itamaraty identifica 54 brasileiros no Nepal

Até o final da manhã de hoje (26) parentes e amigos de 54 brasileiros que estão no Nepal, país atingido ontem (25) por um terremoto, informaram ao Ministério de Relações Exteriores (Itamaraty) que os localizaram. Eles estão bem e não precisam de atendimento médico. Não há registro de brasileiros entre os mortos.

Da Agência Brasil* Edição: Denise Griesinger*Com informações da Agência Lusa

FAO quer reduzir o desperdício de alimentos no Brasil



A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) estuda a criação de uma rede em torno da cadeia produtiva de alimentos no Brasil para conter o desperdício. O país é considerado um dos dez que mais desperdiçam comida em todo o mundo, com cerca de 30% da produção praticamente jogados fora na fase pós-colheita.

A redução das perdas será objeto de debates na oficina que a Embrapa Agroindústria de Alimentos promove no próximo dia 30, no Rio de Janeiro, em contribuição à 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, que ocorrerá em Brasília, em novembro próximo.

O objetivo da FAO na América Latina e Caribe é montar uma rede de entidades com organizações não governamentais (ONGs), universidades e institutos de pesquisa com o propósito de reduzir a perda na produção e na pós-colheita dos alimentos. Ao governo caberia providenciar a melhoria de fatores como infraestrutura para transporte dos alimentos, como existe nos Estados Unidos.

“O que se tem que fazer no Brasil é uma rede de formadores que possa, junto com o governo, empresas privadas e ONGs, trabalhar nisso tudo”, afirmou o engenheiro agrônomo da Embrapa Indústria de Alimentos, Murilo Freire. O governo brasileiro entraria com a legislação, com infraestrutura e armazenamento adequados, explicou Freire.

Integrante do Comitê de Especialistas em Redução de Perdas e Desperdícios para a América Latina e Caribe da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o pesquisador disse que o problema ocorre em toda a cadeia produtiva, que tem deficiência de infraestrutura e manuseio, plantio errado, doenças e enfrenta problemas referentes à embalagem, ao transporte e ao armazenamento.

Segundo Freire, os produtos são desperdiçados porque ou estão fora do prazo de validade ou não foram consumidos por serem identificados como malformados ou fora do padrão estabelecido pela legislação do Ministério da Agricultura. A meta do comitê é montar uma rede na região para diminuir as perdas na produção desses alimentos.

“O desperdício ocorre quando o alimento produzido é jogado fora, ou seja, ele não chega a quem necessita”, disse Freire. Um exemplo disso, segundo o engenheiro, é o caso dos frutos feios, que não são padronizados nem têm um apelo de venda comercial elevado, mas têm as proteínas, vitaminas e sais minerais de um produto normal. "Esse é o desperdício. São alimentos produzidos, mas não usados”.

As perdas no Brasil correspondem em média a 30% dos alimentos pós-colheita, no caso dos frutos, e 35%, no das hortaliças. “Os países desenvolvidos desperdiçam mais do que os países em desenvolvimento. Estes últimos perdem 60% antes da porteira, da produção, e desperdiçam 40%. Nas nações desenvolvidas, a perda ocorre mais na ponta e inverte a projeção”.

A FAO considera que a população mundial está em elevado nível de insegurança alimentar, uma vez que um terço do que é produzido é perdido. Isso corresponde a cerca de 1,7 bilhão de tonelada de alimentos. Na África, as perdas alcançam 60%. “São 50% só na fase de produção. Perdem mais 5% na distribuição, que eles não têm, e 5% na parte do consumidor”, disse o pesquisador. Na Alemanha, o desperdício é mínimo.

Uma lei em tramitação no Congresso há dez anos – a chamada Lei do Bom Samaritano - penaliza o doador de alimentos. Um industrial, produtor ou mesmo restaurantes não podem doar alimentos porque, se alguém passar mal, o doador acaba acusado de ser o responsável. “Isso ocorre aqui no Brasil. Nos outros países, não”, disse Freire,

“Não há armazenamento adequado para grãos e hortaliças no Brasil”. Freire criticou o financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a obras que melhorem a infraestrutura em outros países, em detrimento de projetos necessários no Brasil. Em relação à tecnologia, disse que existem muitas disponíveis no país, como a refrigeração,  cujo uso é conhecido, mas não é adotado.


Outra falha apontada é na embalagem dos produtos. A atenção a esse fator pode diminuir as perdas no final da cadeia. Falta informação que chegue ao produtor, ao atacadista e ao consumidor, disse Murilo Freire. Se tudo que é desperdiçado fosse aproveitado, haveria maior oferta, o produtor ganharia mais e o consumidor pagaria menos pelos alimentos, destacou o pesquisador.