Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sábado, 15 de março de 2008

Do Blog do Roberto Moraes: Garotinho cobra de Henriques a mobilização do povo para pressionar a Câmara para pedir o impedimento de vez de Mocaiber

Disse Garotinho: “O chefe da quadrilha é Arnaldo Vianna, Mocaiber é fichinha. Enquanto não forem combatidas as causas dos problemas e não das conseqüências não iremos a lugar nenhum. Se você não afastar a raiz dos problemas o que tem que ser feito diante dos problemas graves que nós estamos vendo, nós temos que chamar o povo e pressionar a Câmara a tirar de vez o prefeito afastado, senão ele vai voltar a ocupar a sua cadeira. Henriques diz que tem “poeira na mochila, e que tem a responsabilidade de governante e para isso precisa manter a calma, fazendo uma profunda auditoria em todas as áreas”. (Leia mais detalhes no Blog do Roberto Moraes)

sexta-feira, 14 de março de 2008

Colisão entre caminhões na RJ-232, trecho São Francisco-Guaxindiba

Um acidente na RJ-232, próximo a Guaxindiba, envolvendo dois caminhões aconteceu na tarde desta sexta-feira. O caminhão F-4000 placa MQN-1350 a serviço da Apoio Agrícola, conduzido por Elizaldo Gomes de Azeredo (popular Badigé), colidiu com o caminhão Volkswagen placa LQE-0473, a serviço da Ampla. Elizaldo ficou preso nas ferragens e foi socorrido pelos homens do corpo de Bombeiros, que usaram um alicate de pressão para cortar as ferragens. O motorista da Ampla José Alberto nada sofreu, e estava andando no local. O carona, e também funcionário da concessionária, Ronildo Alves foi socorrido com ferimentos. As vítimas foram encaminhados para o hospital Ferreira Machado. (Fotos do acidente na postagem anterior)

Motorista ficou preso nas ferragens - Veja as fotos












Depois de sete meses o retorno à Rádio São Francisco FM


A dona-de-casa Jocileide Rosa de Oliveira e seu filho Jocinaldo Fiusa, no estúdio "B" de gravações da Rádio São Francisco FM, sete meses após ter comparecido à emissora em busca de apoio para o filho (Veja aqui o início de tudo). Desta vez, Jocileide veio à Rádio São Francisco FM para agradecer. Apesar da luta travada no dia-a-dia, Jocileide prossegue no tratamento do filho. A família do pequeno Jocinaldo é da praia de Santa Clara. A mãe Jocileide esteve na Rádio São Francisco FM e contou o seu drama desde o momento em que os médicos diagnosticaram que seu filho é portador da doença Purpura Trombocitopenica Idiopatica (PTI). A campanha vitoriosa de doações em dinheiro com participação da comunidade arrecadou na época, 31-08-07, a importância de R$2.700,00. Pesquisando a doença do qual é portador o pequeno Jocinaldo Fiusa, constatamos que a incidência de Púrpura é de quatro crianças para cada 100 mil. Geralmente, a púrpura aguda atinge crianças de dois a quatro anos, em uma proporção igual para ambos os sexos. A púrpura aguda tem início súbito, ou seja, a criança pode estar em casa, brincando, e de repente, começa a ter os sintomas. É considerada aguda até seis meses de tratamento. A partir disso, caso torne-se recorrente ou não responda ao tratamento, passa a ser considerada crônica. Jocinaldo Fiusa faz tratamento no Hemorio e Jocileide sabe que tem que estar atenta 24 horas. "Não é fácil. Mas com determinação, carinho e com a fé que tenho em Deus, vou superando as dificuldades. Agradeço todo momento a Deus e aos amigos" concluiu Jocileide.

Cassados prefeito e vice de Bom Jesus de Itabapoana

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro cassou, por unanimidade, nesta quinta-feira (13), os mandatos do prefeito de Bom Jesus de Itabapoana, no Norte Fluminense, Carlos Borges Garcia, e do vice-prefeito, Paulo Sérgio do Canto Cyrillo. Segundo o TRE, durante o período de campanha eleitoral, em 2004, os então candidatos promoveram uma rifa no valor de R$ 1 mil, que oferecia um apartamento como prêmio. A Justiça entendeu que a rifa caracterizava abuso de poder econômico. O TRE informou que, com o jogo de azar, foram arrecadados R$ 110 mil para a campanha, montante que quase atinge a totalidade da prestação de contas do prefeito. Caso a decisão do TRE se confirme, após a publicação do acórdão, o presidente da Câmara dos Vereadores do município deve assumir a prefeitura.

Valores
O procurador regional eleitoral, Rogério Nascimento, argumentou que os valores são expressivos para influenciar um pleito, principalmente por se tratar de um município pequeno. “O fato, sem dúvida, é potencialmente lesivo para a realidade de Bom Jesus de Itabapoana”, disse.Proposta pelo candidato derrotado nas eleições de 2004, Miguel Ângelo Barbosa Motta, a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo havia sido julgada improcedente na primeira instância e chegou ao Plenário do TRE-RJ em grau de recurso.

De acordo com o TRE, o prefeito Carlos Borges Garcia, e o vice, Paulo Sérgio do Canto Cyrillo, ainda podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). (Fonte: www.g1.com)

quinta-feira, 13 de março de 2008

Campos: bando roubava R$ 3,7 milhões por mês

Deu no jornal O Dia de hoje, 13-03, em materia de Flávia Duarte, Josie Jeronimo e Maria Mazzei que a Fundação José Pelúcio e a filial da Cruz Vermelha em Nova Iguaçu — principais fontes de abastecimento no esquema de fraudes em licitações e superfaturamento em Campos dos Goytacazes — recebiam R$ 25 milhões por mês da prefeitura. Investigações da Polícia Federal (PF) revelam que 15% desse valor eram desviados pela quadrilha que montou o esquema. O percentual equivale a R$ 3,75 milhões.

Suspeito de improbidade administrativa, o prefeito Alexandre Mocaiber foi afastado do cargo terça-feira. No mesmo dia, 14 pessoas foram presas com a deflagração da Operação Telhado de Vidro, pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela PF. A suspeita é que R$ 240 milhões tenham sido desviados dos cofres públicos. Entre os detidos estão dois secretários de Campos e o procurador-geral do município. Duas pessoas estão foragidas.

MAQUIAGEM CONTÁBIL

Segundo as investigações, dos 15% desviados dos cofres da Fundação José Pelúcio e da Cruz Vermelha, 5% (R$ 187 mil) iam para a conta de Ricardo Luiz Paranhos de Macedo Pimentel, um dos presos e apontado como o cabeça da organização. Os outros 10% eram repassados à Prefeitura de Campos. Enquanto a José Pelúcio recebia R$ 22 milhões mensais da prefeitura, a Cruz Vermelha levava R$ 3 milhões. As entidades intermediavam a contratação de funcionários terceirizados — 24 mil dos 42 mil empregados.

A PF e Controladoria-Geral da União (CGU) apuram agora como era feita a maquiagem contábil nas instituições para mascarar o ‘lucro’ mensal de 15%, já que ambas são entidades filantrópicas, ou seja, sem fins lucrativos. As duas instituições contrataram 16,6 mil pessoas, sem licitação. O esquema de fraudes também incluía também superfaturamento no pagamento de shows.

SALÁRIO SUPERFATURADO

Grande número de prestadores de serviço do município foi ontem à prefeitura de Campos. Eles temem perder o emprego com a troca de governo. Os servidores informaram que recebem, por depósito em conta corrente, R$ 700, mas no contrato de trabalho o valor indicado é de R$ 1.200. A informação é investigada pelo MPF. Funcionários que fazem parte da folha de pagamento mas não apareciam na prefeitura foram trabalhar ontem, com medo das denúncias. Em um só setor da administração, um escritório onde 21 pessoas fazem parte da folha de pagamento, apenas nove cumprem expediente.

A investigação levou ao seqüestro de bens de 21 pessoas envolvidas no esquema. Entre eles há seis carros de luxo — três Mercedes, uma Land Rover, um Toyota Land Cruiser e um Ford Fusion —, avaliados em R$ 1,5 milhão, um avião Cessna, que vale R$ 10 milhões, e um apartamento na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, avaliado em R$ 4 milhões. Com exceção de um dos automóveis, todos os bens pertencem a Ricardo Pimentel.

PREFEITO PROMETE RIGOR CONTRA FANTASMAS

O Ministério Público estima que haja ao menos 7 mil funcionários fantasmas entre os 24 mil terceirizados da Prefeitura de Campos. A Justiça indicou que o município deveria realizar concurso para regularizar pelo menos 12 mil. Ontem, o clima era de medo. Funcionários temem que a nova administração corte 15 mil contratados pela Service Clean, Cruz Vermelha e Fundação José Pelúcio.

Prefeito em exercício, Roberto Henriques (PMDB) tentou tranqüilizar os funcionários. “Não tenho sentimento de caça às bruxas. Vamos identificar os servidores que estão trabalhando, mas seremos rigorosos com os fantasmas”. Henriques, porém, publica hoje no DO portaria solicitando às autarquias que informem o impacto das demissões nos programas sociais do município.

O primeiro dia de governo foi marcado por pedidos de informações sem respostas conclusivas. A Secretaria de Fazenda e a Controladoria não souberam informar o número de funcionários e o cargo exercido pelos mais de 20 mil terceirizados. As secretarias só recebiam a nota fiscal do valor total das contratações, o que aumenta os indícios do grande número de fantasmas. No gabinete do prefeito, chegou informação de que funcionários de cargo de confiança do antigo governo estariam destruindo documentos dos contratos com as terceirizadoras.

O novo prefeito publicou ontem decreto suspendendo licitações abertas por Mocaiber e condicionando pagamento de contratos à análise minuciosa pelo Executivo. Até mesmo os concursos públicos em aberto devem ser cancelados.

TCE detectou obras fantasmas após tragédia

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) detectou desvio de dinheiro para execução de obras que nunca aconteceram em Campos. As obras fantasmas seriam para recuperar parte da infra-estrutura do município após as enchentes de novembro e dezembro de 2006. A cidade ficou em estado de calamidade pública, com 26 bairros completamente alagados e centenas de pessoas desabrigadas. Um ano após a tragédia, o TCE detectou que 76% das obras jamais ocorreram. Algumas chegaram a ser pagas duas vezes.

Segundo o levantamento, foram desviados R$ 151 milhões neste esquema. A PF está investigando as empresas envolvidas.

Ontem o prefeito Roberto Henriques suspendeu todas as licitações em andamento no município e condicionou o pagamento de contratos em execução à sua avaliação. Ele também indicou o novo secretário de Obras e o subsecretário de Comunicação. Luiz da Costa Freitas entra no lugar de José Luís Púglia e Luiz Maurício Silva fica interino na Comunicação.

Na Câmara de Vereadores, a sessão plenária foi uma rápida leitura de processos e projetos de lei. Nenhum vereador comentou o escândalo na cidade, já que o prefeito afastado tinha 13 dos 17 como aliados.

DETONAUTAS RECEBERAM SÓ UM TERÇO DO VALOR

A Prefeitura de Campos registrou ter pago pelo show do grupo Detonautas três vezes mais do que a banda recebeu de cachê. A contratação foi feita através da empresa Jakimow’s Empreendimentos Artísticos Ltda ao custo de R$ 68 mil, de acordo com extrato publicado no Diário Oficial do município (DO), do dia 18 de setembro do ano passado. A banda recebeu apenas R$ 20 mil pelo show, segundo um dos músicos. O empresário do grupo, Juca Muller, não quis falar sobre os valores.

O Ministério Público Federal investiga superfaturamento nos eventos culturais no município. Além da Jakimow’s, estão sob suspeita contratos com as produtoras BKS, Eventus, Telhado de Vidro e Lucas e Reis, que teriam realizado 52 shows. A agenda cultural da cidade era intensa e variada, com shows de artistas como Banda Eva, Bruno e Marrone, Alcione e Swing & Simpatia.

O extrato dos Detonautas foi republicado no DO de 26 de novembro, juntamente com outros 10 em que o prefeito Alexandre Mocaiber ratifica eventos contratados sem licitação, com aprovação da Procuradoria-Geral do Município. O valores somam mais de R$ 560 mil.

quarta-feira, 12 de março de 2008

O Dia. Mocaiber culpa a agenda eleitoral

Informe do Dia: Mocaiber culpa a agenda eleitoral
Jan Theophilo
Rio - Em entrevista exclusiva à coluna, o prefeito afastado de Campos, Alexandre Mocaiber, nega envolvimento no escândalo que teria desviado R$ 240 milhões dos cofres da cidade. “Fui pego de supetão”, lamentou ele de casa, enquanto se reunia com seus advogados.
1. O senhor foi afastado sob a suspeita de participar de uma fraude milionária. O que há de verdade nisso?
— Contra mim são apenas três acusações. A primeira que teria contratado 1.500 pessoas para o programa Saúde da Família. Essas contratações foram autorizadas pelo TJ que nos deu prazo até outubro do ano que vem para fazermos um concurso. Além disso eu estaria patrocinando o programa de rádio de Neinha Freitas, ex-amiga dos Garotinho e teria dado dinheiro ao ex-deputado Claudecir das Ambulâncias. Não existem esses pagamentos. O Claudecir, por exemplo, foi candidato a vice-prefeito na chapa do deputado Geraldo Pudim, meu adversário.

2. Uma das acusações é de contratações irregulares. Campos teria hoje mais de 40 mil funcionários. Não é muita gente, prefeito?
— A prefeitura é grande e quando tomei passe, boa parte deles já estava aqui. Procurei regularizar todos e hoje não há nenhum sem carteira assinada. Aos poucos estávamos realizando concursos públicos.
3. E quanto às acusações de superfaturamento em shows?
— Não existe nada de verdade. Pagamos os mesmos valores que as prefeituras vizinhas. O MP acompanhou todos os processos e nunca questionou nada.
4. Se não existem irregularidades porque o senhor foi afastado do cargo?
— Questões do calendário eleitoral. A cada dia, a base dos Garotinho se esvaziava mais em Campos. Ele estava restrito a dois vereadores e o vice-prefeito, que há tempos cobiça a minha vaga. As conclusões são óbvias. Mas estou tranquilo. Boa parte disso aí não me diz respeito.
Leia mais aqui.

terça-feira, 11 de março de 2008

Roberto Henrique assume prefeitura de Campos

O vice-prefeito de Campos Roberto Henriques foi empossado pelo vereador e presidente do Legislativo Campista como prefeito de Campos dos Goytacazes com o afastamento de Alexandre Mocaiber por 180 dias.
No palácio Nilo Peçanha, a nova sede da câmara, o prefeito faz seu discurso de posse.
"...eu irei cumprir durante o tempo que ficar aqui seguir as tradições do povo de Campos dos Goytacazes, que não é um povo qualquer”.“Confie no prefeito em exercício. Irei cumprir as tradições históricas de nosso povo. Não quero me ocupar de intriga política aqui ou acolá. Todos sabem as minhas divergências políticas e administrativas com o prefeito Mocaiber. Ele foi meu companheiro de chapa, por isso fico triste com isso tudo. Nunca tratei as questões do ponto de vista pessoal”.“Quero contar com todos os servidores públicos municipais para buscar as soluções para nosso município. Não irei sair por aí de forma desacelerada. Vou convidar para uma reunião para amanhã comigo todos os eleitos no município de Campos. Vou ligar para os deputados Arnaldo Vianna, o estadual Wilson Cabral, o deputado Federal Geraldo Pudim, os vereadores para que nós que fomos eleitos estejamos no sentido de dizer para a população que agora é hora de todos os nós nos unirmos. Ninguém terá problemas comigo. Farei as substituições que forem necessárias”. Agora eu quero zelar pelo município pelo tempo que a Justiça determinar que eu tenha que fazer, antes como vice-prefeito e agora como prefeito. “Não há outro sentimento que não seja de solidariedade.Quero pedir ao povo de Campos, vamos orar a Deus pelas proteções que são necessárias. Peço ao Senhor que proteja a nossa cidade”. (Do Blog do Roberto Moraes).

Auto cross: Decisão ficou para a última etapa

Ficou para a última etapa, prevista para acontecer no 30 de março, a definição do Campeonato Municipal de Autocross de São Francisco de Itabapoana. Na sétima etapa, realizada no domingo, dia nove, o piloto Dil Mecânico, que ocupava a quarta colocação no somatório geral, venceu as duas baterias e subiu para a terceira colocação, com 103 pontos.
Alexandre Dodô, chegou em segundo lugar nas duas baterias e, com os 18 pontos conquistados, passa a contar agora com 103 pontos, subindo da terceira para a segunda posição na classificação geral. Fabiano Manhães, que ainda lidera o Campeonato, agora com 116 pontos, não aproveitou a chance que teve para conquistar o título com antecedência e chegou em terceiro lugar nas duas baterias.
Marquinhos Raimundo, segundo colocado até a sexta rodada, somou apenas 10 pontos nas duas bateias, caindo para o quarto lugar, com 98 pontos. Ele conseguiu apenas uma sexta colocação e um quinto lugar na sétima etapa. A quinta colocação no geral continua Luciano Raimundo, com 81 pontos.
Com essa mudança na tabela de classificação, continuam com chances de conquistar o título da quarta edição do Campeonato, além do líder Fabiano Manhães, os pilotos Dil Mecânico, Alexandre Dodô e Marquinhos Raimundo.
A organização da competição e da Associação Franciscana de Autocross (Afac), com apoio da prefeitura de São Francisco. As provas acontecem na pista George Corujão em Guaxindiba e o início do campeonato acontece sempre no segundo semestre do mano anterior ao da etapa final.
Os vencedores até o momento foram os pilotos Esso Eletricista, temporada 2004/2005, e Fabiano Manhães nas temporadas 2005/2006 e 2006/2007. Ambos são representantes de São Francisco de Itabapoana e, como acontece nesta temporada, disputam com pilotos de Campos dos Goytacazes, Cardoso Moreira, e do Estado do Espírito Santo.

Seminário de Educação em São Francisco de Itabapoana

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura de São Francisco de Itabapoana estará realizando entre os dias 12 e 15 deste mês de março, no auditório do Colégio Estadual São Francisco de Paula, o I Seminário de Educação do Município, com o tema “O Saber e o Viver – Escola em Busca de Cidadania”. A abertura está prevista para as 18h desta quarta-feira, dia 12, com credenciamento e, em seguida, palestra enfocando motivação pessoal e coletiva e alta performance e alto desempenho, ministrada por Daniel Godri.
O público alvo são professores das redes municipal, estadual e particular de ensino, em um total de 500 pessoas. O objetivo é capacitar estes profissionais estimulando-os para a prática da cidadania. Apóiam o evento o Petrobrás e a Editora Vozes.
Na quinta-feira, segundo dia de Seminário, acontecerá, às 9h, palestra enfocando como ensinar valores, estimular inteligência e discutir emoções, com Celso Antunes. Às 13h, haverá palestra sobre liderança em sala de aula e auto-estima do professor, com Tânia Zagury. Ainda na quinta-feira, às 19h, Emília Cipriano estará falando sobre a leitura do mundo como pressuposto para leitura da palavra e um olhar crítico e sensível sobre o processo.
A sexta-feira será dedicada, durante todo o dia, a oficinas, a serem realizadas no Colégio Estadual São Francisco de Paula, no Externato Imaculada Conceição e no Ciep-470-Celso Martins Cordeiro, e que estarão trabalhando oito diferentes temas relacionados à Educação. No sábado as atividades terão início às 9h e serão dedicadas ao pessoal de apoio das escolas do município
.

Roberto Henriques deve ser empossado às 17 horas

O vereador Edson Batista acaba de divulgar, que a Câmara Municipal tem reunião ordinária marcada para as 17 horas. Segundo seu entendimento, este seria o momento correto para o legislativo dar posse ao vice-prefeito Roberto Henriques, a partir da decisão da 1ª Vara Federal, de afastar o prefeito Alexandre Mocaiber para que a justiça possa aprofundar as investigações, levantadas durante os oito meses de investigações. Do Blog do Roberto Moraes.

PF pediu à Justiça o seqüestro de um avião de um dos empresários do esquema de fraudes em licitações em Campos

O superintendente da Polícia Federal no estado, Valdinho Caetano, foi quem deu esta informação. Ele disse ainda que “cerca de 20 mil funcionários estavam contratados irregularmente e participavam do esquema sem saber. Eram contratados com salários superfaturados e a diferença entre o que a prefeitura pagava e o que eles recebiam era dividido entre os empresários e os secretários de Campos”. (Do Blog do Roberto Moraes - www.robertomoraes.blogspot.com)

Embarque dos detidos no aeroporto de Campos

Imagens divulgadas agora pela TV Record em Campos mostram os agentes da Polícia Federal conduzindo os secretários, empresáros detidos na Operação Telhado de Vidro no município de Campos. (Fonte: blog do Roberto Moraes)

Informações do Blog do Roberto Moraes. Agressão à repórter da Inter TV

Registro feito pelo blog, a partir da imagem da Inter TV, no momento em que a primeira dama Cristima Mocaiber irritada com a presença da imprensa na calçada em frente à sua casa agride a reportagem da emissora.
Apreensões
Entre as diversas apreensões feitas pela PF em Campos estão sete carros de luxo, R$ 100 mil em dinheiro e diversos documentos. Também teria sido detido o empresário Pablo Lucas Fonseca e o presidente da Cruz Vermelha, no município de Nova Iguaçu, José Renato Muniz, que seria responsável por contratações na área de saúde na cidade de Campos.


MPF de Campos conduziu todo o processo de investigação
O procurador da República Eduardo Santos de Oliveira lotado em Campos foi quem conduziu a investigação e pediu a justiça federal, 1ª Vara Federal a prisão dos auxiliares do prefeito e o afastamento do prefeito até que se apurem os desvios de verbas feitos na PMCG. Além disso, o desvio de verbas em geral, mais especificamente recursos do programa Saúde da Família gerido pela PMCG. A ação de improbidade administrativa envolve 21 pessoas. (Fonte: www.robertomoraes.glogspot.com )

Do Blog do Roberto Moraes. Novas notícias das prisões da PF em Campos



Chega agora a notícia de que o avião da PF já pousou no aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro. Além dos nomes já divulgados entre os detidos teriam sido levados, os empresários Fabio Luiz e Eduardo Ribeiro Neto e também José Renato Cruz, da Fundação Cruz Vermelha e Neinha, ex-aliada de Garotinho, neo-aliada de Mocaiber e também filiada ao PT de Campos.

Neste momento sai a Hillux preta da casa do prefeito
Há uma gritaria em frente à casa do prefeito Alexandre Mocaiber neste momento quando sai o carro. Ainda não se sabe quem estaria no veículo, se o prefeito ou sua esposa Cristina Mocaiber e nem se há o acompanhamento de policiais federais. Consta que o carro seria do MPF e nele teria sido apreendidos computadores e outros documentos.

PS.: A foto do veículo foi feita antes desta saída.
Prisões são conseqüências de oito meses de apuração
As acusações que levaram às prisões dos secretários e auxiliares do prefeito Mocaiber são por “formação de quadrilha” e “superfaturamento de obras”, “fraudes em licitações públicas”. A operação Telhado de Vidro segundo a Polícia Federal é conseqüência de um trabalho de apuração com escuta telefônica e análises de documentos há mais de oito meses.
posted by Roberto Moraes at 11:46 1 comments

Informação da rádio Band News
Segundo a informação da jornalista, o prefeito Alexandre Mocaiber não foi preso, porque tem foro privilegiado, mas sabia de todo o esquema e se beneficiava de todo o esquema da Operação Telhado de Vidro. Há quem afirme que depois do seu afastamento do cargo, a justiça pode conceder um mandado de prisão também para o prefeito além de:Francisco Martins – Chefe de gabinete do prefeito Alexandre Mocaiber;Alex Campos – Procurador-geral da prefeitura de Campos;Geraldo Téves – Responsável pelos shows contratados pela prefeitura;Edílson Quintanilha – Ex-gerente de Desenvolvimento da prefeitura;José Luiz Puglia – Secretário municipal de Obras;Ricardo Pimentel– Presidente da Fundação José Peluzzo;Martinha – que seria integrante da Comissão de Licitações


Continua a pergunta
Quem é o Geraldo Tevês, apontado como o responsável pelos shows contratados pela prefeitura de Campos e que é um dos detidos que está sendo encaminhado para a sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

Prefeito afastado por 180 dias. Oficial de justiça entrega notificação. Veja nas fotos do Blog do Roberto Moraes


Polícia junto da oficial da Justiça Federal

Flagrante da oficial de justiça
A oficial da Justiça Federal (de blusa laranja) no momento que aguardava junto do policial federal para entregar a notificação de afastamento de Mocaiber do cargo de prefeito.

Direto do Blog do Roberto Moraes. Prefeito de Campos afastado pela Justiça por 180 Dias

Cobertura completa do Blog do Roberto Moraes. http://www.robertomoraes.blogspot.com/

PF estima as fraudes em valores superiores a R$ 240 milhões
Os valores estimados pelos responsáveis da Operação Telhado de Vidro são de R$ 240 milhões entre superfaturamento de serviços e contratação de obras. Uma grande aglomeração ainda permanece em frente da casa do prefeito. A maioria grita justiça, outros gritam defendendo Mocaiber.

posted by Roberto Moraes at 11:19 0 comments

Blogueiro é agredido em frente à casa do prefeito
O Fabiano Seixas, Sepé, blogueiro da Rede Blog foi covardemente agredido por seguranças do prefeito Alexandre Mocaiber, em frente à casa deste, na Rua Voluntários da Pátria em frente à Santa Casa. Além disso Fabiano que registrava e fazia fotografias para o seu blog teve sua câmera apreendida e teve que ser socorrido pelos Bombeiros. A primeira foto é da agressão e a segunda quando Fabiano era socorrido pelos Bombeiros.


posted by Roberto Moraes at 11:09 0 comments

Prefeito de Campos afastado pela Justiça Federal por 180 dias
A oficial de justiça que estava em frente à casa do prefeito Alexandre Mocaiber acaba de notificar o prefeito da decisão de afastamento por 180 dias a pedido do Ministério Público Federal. Irá assumir em seu lugar o vice-prefeito Roberto Henriques.

Operação "Telhado de Vidro" em Campos pela PF. Cobertura do Blog do Roberto Moraes www.robertomoraes.blogspot.com

Polícia Federal continua na prefeitura de Campos
Uma boa parte dos 150 agentes federais que estão cumpindo mandado de apreensão e prisão na prefeitura de Campos continuam agindo. Há dúvidas sobre o nome da Operação. Seria operação: poço profundo, plataforma, operação off-shore, operação ouro-negro. Mis uma vez uma cidade com orçamento de R$ 1,5 nilhão vai para o noticiário nacional por bandidagem.
posted by Roberto Moraes at 09:19 3 comments

Corruptores apreensivos
Além dos aliados do prefeito muitos empresários que negociavam com frequência contratos e obras com a prefeitura de Campos estão em polvorosa diante dos fatos e "puxada do fio da meada".
posted by Roberto Moraes at 09:16 0 comments

Busca na casa do ex-deputado Claudecir
O motivo da busca na casa de Claudecir seria a escuta telefônica feita pelos agentes da PF onde teria sido detectada conversa sobre acordo finaceiro entre ele e pessoas do prefeito. Outras pessoas ligadas ao PMDB de Campos que estavam negociando com o prefeito, também tiveram suas conversas gravadas, embora ainda não tivessem ainda oficilizado a sua troca de lado.
posted by Roberto Moraes at 09:13 0 comments

O ex-gerente de Desenvolvimento da prefeitura de Campos, Edilson Quintanilha foi um dos primeiro mandados de prisão cumpridos em Campos ainda antes das sete horas. No momento todo os detidos já estão sendo levados para o aeroporto. O Delegado da Polícia Federal encarregado pelas operações informou que às 11:30 concederá uma entrevista coletiva.Há no momento informações desencontradas sobre a existência ou não de mandado de prisão contra o prefeito, embora, seja certa a apreeensão de documentos em sua casa.
posted by Roberto Moraes at 09:07 0 comments

Mandado de prisão do prefeito Mocaiber
No total 15 mandados de prisão são cumpridos pela Polícia Federal.Mandados de prisão contra o procurador Alex, o secretário de Obras José Luiz Puglia, Quintanilha, ex-gerente, Ana Regina, ex-secretária de Promoção Social, Edmundo, Ricardo Pimentel presidente da Fundação José Pelúcio, Edmundo, secretário de Fazenda e do próprio prefeito Mocaiber, que não se sabe se encontra na cidade. O jornalista Roberto Barnosa acaba de abandonar oprograma De Olho Na Cidade, segundo ele para acompnhar o que está acontecendo. Um avião e um contigente de 150 policiais federais que está encarregada de levar todos os detidos para o Rio de Janeiro.
posted by Roberto Moraes at 08:39 0 comments

Presidente da Fundação José Pelúcio preso no Rio
Aumenta a aglomeração em frente a casa do prefeito defronte à Santa Casa e também em frente à sede da prefeitura (Cesec) onde a PF não permite nem a entrada e nem a saída de ninguém.
posted by Roberto Moraes at 08:36 0 comments

Rádios locais informam e escondem
As rádios Diário FM e Campos Difusora acompanham as apurações enquanto as rádios Continental e Educativa que transmitem o programa oficial, falaram pouco sobre o assunto. Há um clima de grande expectativa. Os partidários do prefeito temerosos do que pode acontecer e os adversários e pessoas que há muito reclamam dos desmandos na prefeitura comemoram a ação da Polícia Federal em Campos.
posted by Roberto Moraes at 08:28 0 comments

Polícia Federal em Campos - IV
Vários secretários da prefeitura estão detidos, inclusive o de Obras, Fazenda e também o procurador Geral da prefeitura e seriam levados para a sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro. No total há quinze mandados de pessoas do alto escalão da prefeitura que será cumprido por um efetivo de 150 policiais federais, além de agentes do Ministério Público Federl. Há informações de que um significativo contingente de pessoas já está se reunindo em frente à prefeitura.
posted by Roberto Moraes at 08:24 0 comments

Polícia Federal em Campos - III
Corre pela cidade a informação divulgada na rádio Campos Difusora, de que a primeira Dama de Campos, Cristina Mocaiber, teria agredido um cinegrafista da Rede Globo durante o processo de recolhimento de documentos.
posted by Roberto Moraes at 08:21 0 comments

Polícia Federal em Campos - II
Outra informação que chega é que há policiais na casa do ex-deputado Claudecir e da ex-secretária Ana Regina Fernandes. A principal acusação que a PF está agindo é sobre desvio de recursos públicos é sobre um convênio com a Cruz Vermelha para contratação e prestação de serviços terceirizados.

O Dia Online: PF inicia Operação Telhado de Vidro em Campos A operação apura fraudes e contratações ilegais

Rio - A Polícia Federal iniciou nesta terça-feira a Operação Telhado de Vidro, em Campos, no Norte Fluminense. A operação apura fraudes em licitações e contratações ilegais na Prefeitura da cidade. A primeira incursão foi na casa do prefeito, Alexandre Locaiber (PSB), que não foi encontrado. Mas sua mulher, Cristina Mocaiber, que estava no local, teria agredido uma repórter que acompanhava a ação.
Os mais de 150 agentes vindos do Rio e de outras cidades, já prenderam quatro secretários municipais, empreiteiros e funcionários de segundo escalão da Prefeitura. Os agentes cumprem pelo menos 20 mandados de prisão. Segundo dados da PF, a fraude pode chegar a R$ 240 milhões.
De acordo com a rádio Manchete, um avião foi disponibilizado pela PF para trazer os detidos para a capital.

segunda-feira, 10 de março de 2008

Acidente mata 8 jovens em Campos. Dois carros bateram de frente na BR-101

Oito jovens morreram em uma colisão frontal entre dois carros na madrugada desta segunda-feira, no Km 54 da BR-101 (Rio-Campos-Espírito Santo), na altura de Guarus, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

O acidente aconteceu por volta de 2h40, na pista sentido Espírito Santo, que ficou interditada até as 4h30. As vítimas estavam no Kadet KNQ-5410, que se chocou com o Corsa LBN-8417. De acordo com as primeiras informações, as pessoas que estavam no Kadet voltavam de uma festa em uma boate.


Os mortos identificados até o momento são: Eduardo de Lima Leandro, 23 anos, que dirigia o Kadet, Claudinei Teixeira de Carvalho, 22 anos, Aline Cristine Caetano, 23 anos, Marcos (conhecido como Gigante), e mais outros dois homens não identificados. Todos estavam no Kadet.


No interior do Corsa, morreram uma mulher identificada como Mariana e o motorista Renato Farias Barbosa, 27 anos, que chegou a ser internado em estado grave no Hospital Ferreira Machado, em Campos, mas não resistiu. Uma menina de 17 anos, que também estava no Corsa, foi internada no mesmo hospital com ferimentos leves. Ela é a única sobrevivente. ( Fonte: O Dia Online)

Procissão encerra campanha da fraternidade em São Francisco de Itabapoana.

Uma procissão, acompanhada por centenas de católicos, marcou o encerramento da campanha da fraternidade cujo tema, este ano, foi “Escolhe, pois a vida”. A procissão percorreu trechos da Avenida Joaquim da Motta Sobrinho retornando a igreja matriz, na Praça de São Francisco, com a participação de religiosos de varias comunidades. Segundo o Padre Fabiano, da Paróquia de São Francisco, a escolha do tema deste ano novamente trata da defesa da vida. “O tema é a expressão da preocupação com a vida humana, ameaçada desde o início pelo aborto até sua consumação com a eutanásia. É um tema preciso e desafiador! Somos colocados diante de uma escolha entre a morte (aborto e eutanásia) e a vida” diz. Segundo padre Fabiano, a campanha sugere a igreja seja a voz dos que não têm voz. " A liberalização e a banalização das práticas abortivas são crimes abomináveis, como também a eutanásia”. O texto base nos convoca ao discernimento sobre: vida, pessoa humana, avanço das ciências, esterilidade conjugal, gestação indesejada, manipulação do embrião, vida afetivo-sexual, pobreza, violência, sofrimento e morte" conclui. (Foto Magnum Silva)