Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sábado, 21 de março de 2009

São João da Barra realizará concurso na área de saúde

Edital estará disponível na próxima semana e estão sendo oferecidas 275 vagas para área.
A Prefeitura de São João da Barra anunciou que abrirá concurso público na área de saúde para os setores do Programa Saúde da Família (PSF), Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS), Especialistas em saúde bucal (ESAUB), e para o programa de Agentes de Combate à Endemias (PNCD).Segundo a Assessoria de Imprensa do município, o edital do concurso com as datas, horários das provas e o valor das inscrições será liberado na próxima semana.No total estão autorizadas a abertura de 100 vagas destinadas às demais especialidades e categorias profissionais, e para área de saúde serão disponibilizadas 275 vagas.De acordo com a Prefeita Carla Machado, cada área possui suas especificações, e no caso do PACS o candidato à agente comunitário deverá residir na área de comunidade em que vai atuar e ter concluído o ensino fundamental, além de participar de um curso introdutório de formação inicial e continuada.“A contratação dos profissionais para as áreas selecionadas será precedida de processo seletivo público de acordo com a natureza e grau de complexidade de suas atribuições e requisitos específicos para o exercício das atividades. Vamos observar critérios e objetivos, além dos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiências”, esclareceu a Prefeita, ressaltando que o novo concurso é encarado como mais um compromisso para melhorar o funcionalismo público. (Fonte site www.ururau.com.br)

Dia Internacional da Síndrome de Down: comemorações em todo país

Com o tema Inclusão para a Autonomia, o Brasil celebrou hoje o Dia Internacional da Síndrome de Down. Neste ano, a data coincide com os 50 anos da descoberta da alteração no cromossomo 21, responsável pela deficiência. Em todo país estão sendo promovidos eventos para assinalar o 21 de março. (Agência Brasil)

sexta-feira, 20 de março de 2009

Impacto de pesquisa sísmica nas comunidades pesqueiras debatido em Encontro intermunicipal em SFI

São Francisco é sede de Encontro de Avaliação da Pesquisa Sísmica
O município de São Francisco de Itabapoana foi palco do 3ª Encontro intermunicipal para avaliação dos impactos de pesquisa sísmica nas comunidades pesqueiras. O encontro, que aconteceu na tarde desta sexta-feira (20), na Câmara de Vereadores, teve como principal objetivo a criação de uma comissão não deliberativa para discutir os impactos causados pela sísmica e elaboração de um documento único que será entregue aos poderes públicos, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Petrobras.
Durante o encontro ficou decidido que a comissão será composta por representantes do poder público e dos pescadores. Estiveram presentes autoridades dos municípios de São João da Barra, Arraial do Cabo, Campos, Macaé, Carapebus, Rio das Ostras e Cabo Frio. Além de órgãos como a Firjan, Ibama, Uenf, a ong EcoAnzol e várias associações e colônias de pescadores da região.
De acordo com o secretário de Agricultura de São Francisco de Itabapoana, Nival Ornellas, a disputa entre a Petrobras e os pescadores é como a de um tubarão com um lambari. “Todas as prefeituras querem ter a Petrobras como parceira. Mas, sem prejudicar o pescador.”, finalizou Nival.
Segundo os pescadores, as pesquisas têm trazido inúmeros prejuízos ambientais e financeiros. Os pescadores apelidaram o navio de pesquisa sísmica da Petrobras de “Chupa Cabras” em função de sua atuação devastadora para a pesca regional. “Os barcos de pesca se afastam para o navio de pesquisa sísmica passar. Mas quando voltamos para nossa rota, a maior parte de nossas iscas vivas que ficam dentro do barco estão mortas e demora de 2 a 3 h para os peixes voltarem. Se é um mal necessário onde está a compensação”, questionou o presidente da associação de pescadores da Lagoa de Carepebus, Tio Jorge.
Os pescadores e pesquisadores reclamam que a partir da década de 90 o impacto da pesquisa sísmica provocou um verdadeiro estrago no setor pesqueiro. Foi quando espécies de peixes como peruá, cação, curvina e até golfinhos diminuíram e sumiram da região.
É consenso entre os integrantes da comissão que a empresa deva utilizar barcos de pesquisa que tenham impacto menor no meio ambiente, como o barco de pesquisa sísmica de cabo de fundo que é menos nocivo e que traz menos prejuízo sócio econômico. Outra proposta seria o investimento nas comunidades de pescadores e no auxilio as suas famílias.
Este é o terceiro encontro que acontece, os outros dois foram em Macaé e São João da Barra. A primeira reunião da comissão será no dia 31 de março na subsecretaria de pesca de Macaé.
Pesquisa Sísmica
A pesquisa é realizada para encontrar petróleo. Ela opera através de ondas sonoras para fazer um mapeamento do fundo do mar, durando de 150 e 180 dias. Essas ondas repercutem na água e afugenta os peixes e obriga o deslocamento do pescador. O equipamento utilizado pode lançar resíduos que envenenam os peixes, caso sofra algum dano. (Texto e foto da assessoria de imprensa da prefeitura de SFI)

Festa de formatura de novos guardas municipais em SFI

A Guarda Civil Municipal de São Francisco de Itabapoana passa a contar a partir de agora com um contigente de 125 guardas entre homens e mulheres.


A Guarda Civil Municipal de São Francisco de Itabapoana passa a contar a partir de hoje com um contingente de mais 70 novos guardas. A formatura dos novos guardas ocorreu nesta sexta-feira (20), no pátio do Ciep Celso Martins Cordeiro, no centro da cidade. Os formandos receberam os certificados de conclusão do curso de três meses de duração, conforme prevê o edital do concurso. Neste período, eles receberam noções básicas sobre direito, cidadania, ordem unida, crimes ambientais, crimes contra o patrimônio público, ética, civismo entre outros temas.

Os novos guardas receberam os certificados das mãos de autoridades municipais e de familiares. Vários alunos foram homenageados por terem se destacado nos cursos e exercícios de treinamento. A Guarda Civil Municipal de São Francisco de Itabapoana passa a contar a partir de agora com um contingente total de 125 guardas entre homens e mulheres. O comandante da GCM, Antônio Severino de Souza, destacou o desempenho dos novos guardas durante o período de treinamento. Segundo ele, o grupo tem qualidade e a comunidade pode esperar um trabalho eficiente do órgão de segurança.

A cerimônia contou com a presença do prefeito Beto Azevedo que elogiou a atuação do efetivo durante o verão ainda na fase de treinamento. “Mesmo na fase de treinamento durante o verão, a atuação de vocês foi brilhante e quero dar os parabéns por isso. Quero que saibam também que o povo de São Francisco espera muito de vocês”, disse Beto.
O comandante do 8º BPM Campos, Coronel Paulo César Vieira também participou da formatura e enalteceu a atuação dos guardas municipais que sem duvidas representa mais uma força de apoio a segurança pública do município.

Relacionamento de professores e alunos debatido em palestra no Colégio Pedro Cerqueira de Imburi

Relacionamento professor/aluno, disciplina, humanização, mercado de trabalho, desigualdade social, desemprego, crise mundial entre outros foram os temas debatidos.




O Colégio Estadual Pedro Cerqueira da localidade de Imburi, distrito de São Francisco de Itabapoana-RJ, recebeu dia 12-03, pela manhã, o professor Wainer, conhecido por educadores de toda região por sua atuação em gestão de pessoas nos diversos setores universitários. O professor Wainer proferiu palestra sobre relacionamento professor/aluno, disciplina, humanização, mercado de trabalho, desigualdade social, desemprego, crise mundial entre outros.
Com desenvoltura sócio-político-educacional o palestrante levou os professores e alunos a viverem momentos de conhecimento sobre os temas abordados. O encontro foi aberto pela professora e ex-diretora daquele educandário Fátima Ornelas que destacou a importância do evento para a cultura e a educação. Ao final a professora Fátima recitou o poema “Deus” de Casimiro de Abreu levando a platéia e o próprio palestrante a emoção.
À frente da organização os professores Lindomar, Fátima Ornelas e Sandra. A atual diretora professora Lourdes disse que o Colégio Pedro Cerqueira vai continuar nesta meta educacional de promover palestras educativas para os estudantes. Dentre outras personalidades ilustres estavam presentes os professores Othon, Jocelma, Eduardo, Rosângela, Giovana, Geovana, Bétina, Regina Celi e Rackel.

terça-feira, 17 de março de 2009

Tubarão de 70 quilos capturado na praia de Santa Clara

O pescador Andrei teve dificuldades para colocar o tubarão no barco.
Foto Zeny Fernandes

A ambientalista Enilce Gonçalves, vice-presidente da Ong Asclara

O pescador Andrei da Silva de Santa Clara capturou sozinho o tubarão.

Um tubarão pesando 70 quilos foi capturado na praia de Santa Clara litoral de São Francisco de Itabapoana pelo pescador Andrei da Silva morador da praia. Andrei estava sozinho e teve dificuldades para colocar o tubarão no barco. “Ele estava vivo e fiquei surpreso porque é raro a captura desses animais em rede de espera”, conta. Segundo a ambientalista Enilce Gonçalves, da Ong Asclara não há motivos para os banhistas ficarem preocupados. “Provavelmente o tubarão estava se alimentando de tainhas, que nesta época do ano são abundantes em nossa costa”, disse. Segundo Enilce Gonçalves o Rio de Janeiro está praticamente livre de ameaças de ataque de tubarão. “Dados do Instituto Ecológico Aqualung constatam que nos últimos 84 anos somente nove ataques foram registrados do Estado”, diz. Entretanto, a ambientalista fez um alerta: “Apesar dos humanos não fazerem parte da dieta dos tubarões, em ambientes desequilibrados, onde a comida é escassa, eles podem atacar humanos sim. Primeiro eles costumam morder, depois analisam se o que morderam será ingerido. Como possuem várias fileiras de dentes afiadíssimos, os estragos são perceptíveis”, diz.

O oceano é a casa deles

Questionado pelo Blog se realmente não há perigo para os banhistas de outros tubarões surgirem no litoral sanfranciscano a ambientalista Enilce Gonçalves foi enfática: “Várias pessoas me perguntam se existem tubarões na costa sanfranciscana e sempre respondo que o oceano é casa deles. Hoje, temos um grande desequilíbrio ecológico, a natureza está sendo degrada a cada instante. Quando sentem fome, vão em busca de comida, não importa onde. Por isso, aconselho que os banhistas nunca nadem para longe da costa, em mar aberto. A precaução é o melhor remédio”, conclui. A espécie do tubarão não foi identificada.

Carla Machado e Sérgio Cabral inauguram escola em Cajueiro SJB

O governador do estado, Sérgio Cabral, esteve em São João da Barra nesta segunda-feira (16) para diversas atividades. Depois de visitar a obra do porto do Açu, o governador, junto à prefeita Carla Machado inaugurou as novas instalações da Escola Municipal João Flavio Batista, em Cajueiro, 4º distrito do município.
O novo prédio da escola foi construído através de uma parceria entre o governo municipal e estadual, através do Programa de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (Padem). O governo do estado disponibilizou cerca de R$ 2 milhões para a construção do novo prédio da escola, que hoje possui 225 alunos com previsão de aumentar o número de matrículas.
No evento estavam presentes secretários municipais, vereadores, prefeitos e ex-prefeitos da região, deputados, secretários de estado, além da população local. A prefeita Carla Machado agradeceu ao governador pelos investimentos que ele está fazendo no interior do estado, citando além do apoio no Porto do Açu e a escola, o asfaltamento da avenida Liberdade, que liga Atafona a Grussaí. Carla citou a política educacional do município, que busca investir cada vez mais na educação através de parcerias como a realizada com a MMX, o CEFET, a Faetec, além da implementação do EJA e das bolsas universitárias.
— Sempre digo que estou prefeita, mas sou professora. A prefeita vai passar, mas a professora vai ficar e por saber da importância da educação é que busco investir incessantemente nesta área — frisa Carla.
O discurso da prefeita foi complementado pelas palavras do vice-governador, Luiz Fernando Pezão. “A obra da escola é importante, mas o mais importante é a educação. A população sanjoanense tem que se preparar para as oportunidades que o porto vai trazer”, declara.
Depois de terminada a solenidade, o governador e a prefeita se encaminharam para Atafona, onde aconteceu a solenidade de entrega do asfaltamento da avenida.

Inaugurada a urbanização da orla em SJB

Durante a visita ao município de São João da Barra, na manhã desta segunda-feira (16), o governador Sérgio Cabral, além de conhecer as obras de implantação do Porto do Açu e de entregar uma escola na localidade de Cajueiro, participou da solenidade de inauguração da urbanização da orla ligando as praias de Atafona e Grussaí e do recapeamento do trecho de 3 km entre a BR-356 e a Avenida Liberdade, em Grussaí.
Com 6,7 km de extensão, a orla entre as duas praias sanjoanenses conta com um novo asfalto, acostamento e, também, com um calçadão – maior que o de Copacabana - em toda sua extensão, que recebeu o nome do advogado e ex-vereador campista, já falecido, Carlos Cardoso Tinoco, que mantinha forte ligação com São João da Barra. A viúva, Maria Rosane Tinoco, os filhos Cristiano, César e Carla participaram da homenagem.
De acordo com a prefeita Carla Machado, a obra, realizada por meio de um convênio entre prefeitura e governo do estado, irá proporcionar uma maior segurança às pessoas que transitam pelo local, seja de carro, bicicleta ao mesmo a pé, já que o calçadão deverá se tornar uma referência para os praticantes de caminhada.
— É uma obra que valoriza ainda mais nosso litoral e que oferecerá mais segurança às pessoas. É uma realização importante para a questão turística de um modo geral — afirma.
Acompanhado pelo vice-governador Luiz Fernando Pezão, pelo presidente do Departamento de Estradas e Rodagem, Henrique Alberto Ribeiro, por diversos deputados estaduais, entre eles o presidente da Assembléia Legislativa, Jorge Picciani, e por prefeitos da região que prestigiaram as inaugurações, o governador Sérgio Cabral enfatizou a importância da parceria entre prefeitura e governo do Estado.
— É uma obra importante, realizada por meio de uma parceria entre estado e município, e que serve para mostrar o bom uso do dinheiro público. Quero destacar a excelente atuação da prefeita de São João da Barra à frente desse belo município — disse.

Cabral do Porto do Açu: "saio daqui muito entusiasmado com esse projeto, que é de uma magnitude e de uma dimensão impressionantes"

Para a prefeita Carla Machado, o porto significa desenvolvimento a nível regional e vai de encontro à necessidade da geração de empregos.



O governador Sérgio Cabral visitou na manhã desta segunda-feira (16), pela primeira vez, as obras de implantação do Porto do Açu, em São João da Barra. Acompanhado do empresário Eike Batista, proprietário da empresa responsável pelo empreendimento, e da prefeita Carla Machado, Cabral visitou a ponte que está sendo construída, com um total de três quilômetros adentrando ao mar, e assistiu a um vídeo sobre a obra.

Após conhecer detalhes a respeito da construção do porto e de seu funcionamento, que acontecerá em 2011, o governador destacou sua importância não só para o município de São João da Barra e para o Norte Fluminense, mas para Estado do Rio de Janeiro e para o Brasil.
— Saio daqui muito entusiasmado com esse projeto, que é de uma magnitude e de uma dimensão impressionantes. Posso afirmar que, um investimento nacional privado, é o futuro da logística brasileira, se transformando no maior porto da América Latina — afirma.
Outro fator positivo destacado pelo governador é a oferta de empregos. Somente nesta fase de implantação, 1.500 empregos diretos estão sendo gerados, sendo que a metade é para moradores de São João da Barra. “Um número bastante expressivo para um município de pouco mais de 30 mil habitantes”, frisa.

Prevendo uma expansão ainda maior no que diz respeito ao mercado de trabalho em decorrência do porto, o governador enfatiza a necessidade de qualificação de mão de obra, entrando aí a participação do Estado.
— A capacitação, nesse caso, se torna fundamental. E nós estamos empenhados para, juntamente com o governo federal e com as prefeituras, qualificar o maior número de pessoas para que possam estar aptas a ingressar no mercado de trabalho — comenta.
Durante a conversa com a imprensa, Sérgio Cabral anunciou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) adquiriu 12,05% das ações da LLX – R$150 milhões, colocando, desta forma o Governo Federal como um dos participantes do empreendimento. “Estarei trazendo o presidente Lula para uma visita às obras do Porto e tenho certeza que, assim como eu, ele ficará impressionado com o que verá.”

Para a prefeita Carla Machado, o porto significa desenvolvimento a nível regional e vai de encontro à necessidade da geração de empregos. “Temos uma população que precisa de oportunidades. E a oferta de empregos já se tornou uma realidade”, ressalta.

domingo, 15 de março de 2009

Arte:Uellington Batista
A Associação de Moradores e Amigos de Travessão de Barra preparou uma intensa programação que começou ontem, 14-03, pela passagem do jubileu de prata da entidade com homenagens, shows e realização de eventos esportivos. Hoje, 15-03 foi discutida a implantação da Federação das Associações do município de São Francisco de Itabapoana. O encerramento será daqui a pouco com o início do show da banda Tempero do Forró.