Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

2º São Francisco Fight. Marco Aurélio defende cinturão meio-pesado de Kickboxing





O atleta sanfranciscano Marco Aurélio esteve agora concedendo entrevista à Rádio São Francisco FM. Na foto com a apresentadora do Jornal São Francisco é Notícia, Rosane Berto. O Marco Aurélio participa neste sábado dia 06 de outubro do 2º São Francisco Fight. Organizado pela Associação do Norte Noroeste Fluminense de Kickboxing e Artes Marciais, o evento acontece às 16 horas no Ciep 470. O principal atrativo será a luta pelo cinturão do meio-pesado entre Marco Aurélio de São Francisco e Bruno "Coxinha" de Campos. O evento promete reunir um grande número de adeptos e amantes do Kickboxing na região.

Blog acolhe opinião sobre quiosques.


Paulo Noel

Eu gostaria de fazer algumas observações a cada um dos "7 erros" mencionados pelo “anônimo”:


1- Não existe uma secretaria de meio ambiente no município? Acredito esta secretaria deva ter funcionários capacitados para avaliar os danos ao meio ambiente. Mas pelo que posso ver, nenhum funcionário de lá passou por Santa Clara nos últimos 10 anos.


2- Se eu não me engano, ainda tenho em casa o edital do concurso da PMSFI. Nesse edital diz que existiu concurso para fiscalização de postura. Onde estão esses concursados que nunca agiram nessas questões?


3- Vale ressaltar que a própria prefeitura monta palcos na beira mar e financia shows em som alto. Esse som alto também desrespeita os habitantes da cidade / turistas / animais. Como o “anônimo” mesmo diz, culpa também da prefeitura que não quis corrigir.


4- Isso é caso de polícia! Sou totalmente contra esse tipo de atitude, mas quiosques de Copacabana e de Salvador também passam pelos mesmos problemas e nem por isso serão demolidos. Onde as autoridades estavam que não coagiram essas ilegalidades?


5- Brigas, desentendimentos e provocações acontecem em todo o município. Seja em um forró no Macuco, em jogo de futebol em Buena ou em bailes de Guaxindiba / Gargaú / Praça. Não é justo dizer que brigas acontecem apenas nos quiosques e por isso eles devem ser demolidos.


6- Porque simplesmente não desapropriaram os quiosques que se enquadram nessas questões e os repassaram para pessoas que pudessem cuidar? Quanto a orla não ser bonita eu concordo. Em Santa Clara não existe nem ao menos lixeiras na beira mar, o calçadão não possui pavimentação homogênea e nem iluminação completa. A secretaria de obras não seria responsável por prover essas coisas tão BÁSICAS para que a orla pudesse ter uma aparência melhor?


7- Se o "anônimo" acha que derrubando os quiosques o nível musical das praias irá melhorar, está profundamente enganado. As mesmas músicas que tocam nos quiosques tocam em carros particulares com alta potência de som e muitas bandas contratadas pela própria prefeitura para “animar” o verão possuem essas mesmas músicas em seus repertórios.


Chego a conclusão que muita coisa que acontece nos quiosques poderiam/podem ser evitadas se tivéssemos uma fiscalização para que se cumprisse com as normas. Mas não. As autoridades são omissas de suas responsabilidades, os quiosqueiros descumprem as regras e o município todo saí perdendo. Sem quiosques perde: o dono do depósito de bebidas, o dono do açougue, o dono da peixaria e o pescador, a cozinheira, o garçon, o dono da rádio que faz propaganda, o vendedor de aimpim, o dono da loja de embalagens e o quiosqueiro. Não sei como o “anônimo” pode dizer:"vida é assim mesmo, uns choram outros se alegram". Quem se alegra com isso??? Só se for ele. Mas também...O que se pode esperar de uma pessoa que não tem nem coragem de se identificar, não é mesmo?Grato pela atenção,Ruy Temberg.

Tropa de Elite na boca do povo.


Filme que caiu na boca do povo, ‘Tropa de Elite’ estréia hoje em 140 salas. Crianças de 6 a 10 anos imitam cenas violentas e abrem polêmica

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Governador do Rotary visita SFI e concede entrevista a Rádio São Francisco FM






O governador do Rotary Internacional Dalton Caristiato, responsável pelo Distrito 4750, chega nesta sexta-feira, dia 05, em São Francisco de Itabapoana, cumprindo uma intensa agenda. Está é sua primeira visita ao município, como governador.

Depois de recepcionado às 11 horas pelos Rotarianos e amigos da entidade, no portal da cidade, vai direto para a Rádio São Francisco FM onde concede entrevista. Ao sair da Rádio, a comitiva do Governador fará uma visita a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e ao Arco Iris de luz, entidades beneficentes que atuam no trabalho em prol das crianças especiais do município.

Na Casa da Amizade, em Santa Clara, às 16 horas, o Governador participa de uma Assembléia com membros do Rotary Club SFI. À noite, no Hotel e Restaurante Batelão haverá um jantar de confraternização com todos os presentes cuja renda será revertida para as famílias carentes do município.

Contando atualmente com 20 membros, o Rotary de São Francisco desenvolve várias atividades, entre elas a casa da amizade em Santa Clara, onde são confeccionadas enxovais de bebê. Um projeto do Rotary que está dando certo é o banco de cadeiras de rodas, que empresta cadeiras de rodas a quem dela necessita. O distrito 4750 abrange 48 municípios do estado do Rio.

O Rotary de SFI foi fundado em 2000, e atualmente é presidida por Ednéa Correia Mansur Tardelly. “Procuramos atuar junto à sociedade em todas as camadas sociais, sempre desenvolvendo ações que possam estar contribuindo para um dia-a-dia melhor, que é uma das metas da nossa entidade”, destacou Ednéa Mansur

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Mãe reencontra filho Jhon Leno no Parque Prazeres em Campos.

O adolescente Jhon Leno de 17 anos que sumiu de casa em Gargaú, no domingo, dia 30, foi encontrado hoje pela mãe na casa de uma colega de nome Ludmila no Parque Prazeres em Campos. Jhon Leno, que segundo a mãe Iêda Romão Moreira tem retardamento mental, já está com a família em Gargaú. “Com a foto dele no jornal O Diario comecei a exibi-la para os motoristas de vans justamente no ponto de desembarque onde ele desceu no domingo, próximo ao Mercado Municipal em Campos”, conta a mãe. Segundo seu colega Alex morador também de Gargaú, Jhon Leno havia dito que ia ao encontro de sua colega Ludmila em Campos que trabalhava no Ponto das Vans. “Ele conheceu esta adolescente em Gargaú e anotou o telefone dela. Depois de muito procurar através de informações fui encontrá-lo na casa dela no Parque Prazeres. Os pais da Ludmila tentaram contato comigo, mas não conseguiram”, disse. Bastante emocionada com o reencontro do filho Iêda agradeceu a imprensa e já comunicou na 147 Delegacia de Policia (DP de São Francisco de Itabapoana) e teve a promessa do filho que não vai mais fugir de casa. “Agradeço a Deus, a vocês da imprensa e a todos que oraram por mim”, concluiu.

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Mãe de SFI procura por filho que saiu de casa domingo dia 30-09-07


Mãe procura por filho.
O jovem Jhon Leno Moreira de Oliveira, 17 anos, 1,80 de altura, morador na praia de Gargaú, em São Francisco de Itabapoana-RJ, saiu de casa dia 30 de setembro de 2007, por volta das 14 horas e até hoje não voltou. A sua mãe Iêda Romão Moreira disse que o filho saiu de casa dizendo que pegaria uma Van para Campos. "Eu estava trabalhando no momento. Ele falou para a avó que iria viajar para Campos. Pegou uma mochila na cor preta colocou algumas mudas de roupas e foi embora" disse a mãe. Segundo a mãe, ele tem problemas de retardamento mental. "Meu filho é calmo, gosta de conversar, fala normalmente, mas tem um retardamento mental", disse. Iêda está muito preocupada. Ela suspeita que seu filho esteja perambulando pelas ruas de Campos. "Aparentemente quem olha pra ele pela primeira vez, pensa que é um rapaz normal. Entretanto, depois de muito conversa percebe-se que ele um retardamento mental. Eu peço pelo amor de Deus, a todas as pessoas que ajudem a achar meu filho", soliticou emocionada a mãe. A mãe esteve na Rádio São Francisco FM e fez um apelo dramático e pediu ajuda, também, a imprensa de Campos para que ajude a encontrar seu filho. Iêda esteve na 147 DP Delegacia Civil e registrou o desaparecimento.

Lans house são sucesso também em SFI


Opção barata de lazer, as lan houses lotam até nas madrugadas.
Em SFI, vários pontos de lan house são a opção de centenas de internautas que pagam entre 1,00 a 2,00.

No Rio, a lan house da curva do S, na Rocinha, jovens e crianças passam o dia trocando mensagens nos sites de relacionamento (Foto: Arquivo pessoal/Ivan Viana)

Que funk, que nada. O grande lance agora é teclar e paquerar nas lan houses das favelas do Rio. Jovens entre 12 e 25 anos lotam as salas de computadores com acesso à internet nos puxadinhos que se proliferam nas comunidades pobres da cidade.

Somente na Rocinha, na Zona Sul do Rio, são cerca de cem salas. Na Cidade de Deus, na Zona Oeste, cerca de 30. E no conjunto de favelas da Maré, no subúrbio, cerca de 150, segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas.

Pesquisa do Comitê Gestor da internet no Brasil demonstra que a população com renda familiar até R$ 300 é responsável por quase 50% dos acessos em lan houses, que costumam cobrar R$ 1 por hora de navegação. A procura é tão grande que na Maré os internautas disputam os computadores até de madrugada. Segundo o Observatório de Favelas, sexta-feira é o dia mais concorrido. Isso porque algumas salas oferecem o ‘viradão’, promoção em que o internauta paga R$ 6 para navegar até o amanhecer, com direito a refrigerante e pão no café da manhã.

Noiva de 82 anos casa com jovem de 24 anos.


A noiva, de 82 anos, que não queria se casar na igreja católica, pode mudar de idéia. Ela quis passar seus bens para o novo marido, de 24 anos, mas ele não aceitou.


No Rio desde a manhã desta segunda-feira (1), depois de passar dois dias em São Paulo, o casal argentino Adelfa Volpes, de 82 anos, e Reinaldo Waveqche, 24, pretende aproveitar a viagem de lua-de-mel para se casar novamente. Desta vez, no religioso. Devoto de Nossa Senhora da Aparecida, Reinaldo foi quem teve a idéia de fazer a união também numa igreja católica. “Na Argentina tinha tanto jornalista, que se tivéssemos feito na igreja, não ia ter lugar nem para a gente”, brincou o noivo. Agora, eles esperam descobrir o procedimento de casamento para estrangeiros no país para saber se podem ou não realizar o sonho. Mas Adelfa já avisou: nada de vestido de noiva. (Globo.com)

Pesca de camarão sete-barbas está proibida em seis estados brasileiros


Começou o período de defeso do camarão. Até o último dia do ano, os pescadores estão proibidos de pescar o camarão sete-barbas. A ordem é do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), órgão do Ministério do Meio Ambiente, Governo Federal. A restrição acontece na área entre a divisa dos estados da Bahia e Espírito Santo até a Foz do Arroio, Chuí (RS). Também não será permitido pescar, até o dia 30 de novembro, o caranguejo uçá nos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo. Durante o mês de dezembro, será possível pescar apenas o caranguejo uçá macho. Também está vetada a pesca do guaiamum até o dia 31 de março, no mesmo trecho. O camarão sete-barbas possui espécies como barba-ruça (ferrinho), Santana (vermelho) e branco verdadeiro. A área de ocorrência é a mesma: ao longo do litoral sudeste – sul. A proibição acontece dentro do período de reprodução das espécies. O período de defeso é, portanto, uma atitude favorável ao pescador.



Determinações – De acordo com a assessoria do Ibama em Campos, não apenas a pesca do camarão sete-barbas está interrompida até dezembro mas outras atividades, como conservação, beneficiamento, industrialização e comercialização. O desembarque de camarão será tolerado até o terceiro dia útil após o início do defeso. O comerciante que tiver estoque deverá comunicá-lo ao Ibama até o sexto dia útil do defeso detalhadamente. Nesse período é proibido usar utensílios de pesca em grande quantidade, como redes, tarrafas, puçás, bombas, paris, entre outros. Só é permitida a pesca com a utilização de linha e anzol.



Benefício para pescadores e marisqueiras

O Ministério do Trabalho concede seguro-desemprego durante o defeso aos pescadores que tiverem um ano ou mais de registro profissional da função junto à Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca (Seap). A Prefeitura de Campos, via Secretaria de Promoção Social, divulgou que tem atuado junto a pesquisadores da Universidade Federal Fluminense (UFF) para identificar quantos pescadores e marisqueiras (mulheres que descascam o camarão nos frigoríficos) existem no município vivendo só da pesca. A pesquisa tem previsão de ser concluída no final deste mês e deverá ainda servir para atualizar o cadastro dos beneficiários do Vale-Alimentação de R$50. O prazo para o resultado do termina antes da liberação do primeiro pagamento às marisqueiras e pescadores que recebem da prefeitura um salário mínimo. “Estou insegura porque não fui chamada para nenhuma reunião, o que é comum acontecer, antes do defeso começar. Sem camarão para descascar, ficamos sem renda”, disse. (Fonte: O Diário de 02-10-07)

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Garotinho visita SFI e cumpre agenda política





O presidente estadual do PMDB, ex-governador Garotinho, visitou SFI, sábado, dia 29 de setembro onde foi recepcionado na Fazenda do ex-prefeito Barbosa Lemos. De lá a comitiva seguiu para o Salão do Beto Azevedo em SFI onde houve uma reunião política de pré-convenção do PMDB. O público compareceu, prestigiando o encontro. Na mesa principal estavam quatro vereadores que apóiam o movimento político liderado pelo ex-prefeito Barbosa Lemos e o Presidente da Câmara Municipal de SFI Beto Azevedo. Na oportunidade foi anunciado a dupla Beto Azevedo e Frederico Barbosa Lemos para concorrer ao pleito de 2008. Todos os componentes da mesa com discursos otimistas falaram ao público sobre o momento político e a necessidade de mudanças em busca de melhores dias para SFI. O discurso mais polêmico foi o do ex-goveranador Garotinho que fez criticas contundentes do Governo Mocaiber, prefeito de Campos, e toda a sua equipe. Garotinho disse que pela sua experiência ao longo de mais de 20 atuações em eleições, vislumbra como certa a vitória do grupo liderado por Beto e Frederico Barbosa Lemos. Foi notada a ausência de Walter Junior e Fátima Ornelas.

domingo, 30 de setembro de 2007

Policia de SFI desbarata quadrilha de roubo de motos em SFI.

A policia militar de SFI desbaratou, neste final de semana, uma quadrilha de roubo de motos que vinha atuando em todo o município. A operação chegou ao grupo que desmontava as motos para venda das peças. A policia chegou a encontrar peças enterradas no chão na casa de um dos elementos que reside na Rua da Jaca 2 em SFI. São todos jovens, filhos de pessoas honestas de nossa cidade. O que estaria acontecendo com estes jovens? Falta de opção de trabalho? Má companhia, ou são elementos que representam perigo para a sociedade? É lamentável que tudo isso que tenha acontecido. Será que estes jovens não estariam necessitando de oportunidades? O mundo do crime foi sem dúvidas uma péssima escolha. Vamos aguardar a conclusão desta matéria para divulgarmos os nomes e o que teria levado este grupo a agir seguindo a trilha do crime. Agradeço sua opinião.

Pesquisa dos internautas confirma caos na saúde de SFI

O resultado da pesquisa do blog que durante um mês perguntou aos internautas, "onde há mais necessidade de investimentes em SFI" revelou um resultado que confirma o verdadeiro caos na saúde em nosso municípío. Durante um mês o blog manteve no "ar" a pergunta. O resultado foi o seguinte: Saúde, 36% ; Turismo, 26% ; Educação, 20% e Obras e sanamento básico com 13%. No total, 92 internautas participaram da enquete. A maioria, portanto votou na saúde como prioridade em SFI. E você, o que achou do resultado? Na sua opinião, reflete o descontentamento da população, ou apenas dos internautas? Aguardem, a próxima pesquisa. Aceitamos sugestões.