Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sábado, 27 de março de 2010

Desfile criativo de lençóis marca Dia Internacional da Mulher em SFI

O evento foi realizado dia 27 de março de 2010, às 20hs no Colégio Estadual São Francisco de Paula em São Francisco de Itabapoana – RJ, com a realização de primeiro desfile criativo de lençóis sem costura, o qual surpreendeu a todos os presentes pela criatividade. Modelos utilizando lençóis um à um, por Janice Maria Siqueira, organizadora do evento.

O evento também homenageou mulheres presentes, participativas e exemplos de nossa sociedade, dentre elas Romênia Crespo Siqueira que, como primeira dama, esteve representando todas as mulheres de nosso município.

Durante o evento vários brindes foram sorteios especialmente para as mulheres presentes, com apoio do comercio da cidade. Após o desfile Luciano Botinelli e banda animou a festa. Além disso, foi servido durante todo o evento um coquetel que agradou a todos. A organizadora Janice Maria Siqueira, comerciante em SFI, ao final agradeceu a todos que acreditaram e colaboraram citando a Rádio São Francisco FM, e todos os patrocinadores: Lucahe Agropecuária, Buffet O Dono da Festa, Recanto Vó Carmita, Cervejas Itaipava e Arte & Estilo.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Poste da Ampla na iminência de cair em Valão Seco

A ferragem e a rede elétrica que dão sustentação ao poste.

.
Imagens de um poste da ampla com risco de cair. Ele está equipado com um transformador e é sustentado apenas pela ferragem e pela rede de energia às margens da Rodovia RJ-224, na localidade de Valão Seco, São Francisco de Itabapoana. Moradores já apelaram para a Ampla pelo central de atendimento ao cliente há mais de uma semana e até hoje, 26 de março, nenhuma providência foi tomada. Segundo uma dona de casa, que não quis se identificar, uma viatura da Ampla compareceu ao local e um funcionário fez algumas fotos e depois foi embora sem dar nenhuma satisfação à comunidade. Atendendo ao pedido dos moradores, o Blog esteve no local e fez essas imagens na esperança de sensibilizar a concessionária para resolver de vez a troca do poste. Conforme o internauta pode observar realmente há perigo de o poste cair e provocar até um acidente.

SJB no site das 100 cidades


São João da Barra já está integrada à Campanha Urbana Mundial: Iniciativa das 100 Cidades, promovida pela ONU-Habitat, lançada durante o maior evento de urbanismo do planeta, o V Fórum Urbano Mundial, que aconteceu na Zona Portuária do Rio de Janeiro, entre os dias 22 e 26 de março. No site da Campanha, no endereço www.100citiesinitiative.org, estão inseridos dados técnicos do Município e alguns projetos que vêm sendo realizados pela atual gestão. Ao mesmo tempo, um banner no site da Prefeitura de São João da Barra (www.sjb.rj.gov.br) leva ao sítio da campanha mundial.

O objetivo do site é mapear as informações de cada uma das cidades envolvidas, permitindo o intercâmbio entre os governantes e os cidadãos, a fim de propor soluções para problemas comuns vividos nas aglomerações urbanas. A iniciativa foi baseada em um estudo da ONU de projeta para 2025 a população mundial das cidades em 4,3 bilhões de pessoas (expectativa de 70% da população global) e o surgimento de pelo menos sete novas magalópoles. Com isso a ONU-Habitat - organismo das Nações Unidas voltada aos assentamentos humanos, pretende contribuir na formulação de políticas públicas que possam mitigar os efeitos do crescimento acelerado.

Durante o Fórum Mundial, a prefeita de São João da Barra, Carla Machado, demonstrou a preocupação com o crescimento populacional acelerado, expectativa gerada a partir da construção do Complexo Portuário do Açu. Em várias conversas, Carla destacou a necessidade de um planejamento urbano que contemple as necessidades daqueles que já residem em São João da Barra e dos que virão a residir. Em um dos encontros, com Angus McGovern e Jake Rollnick, ambos do Pressgroup, empresa parceira da ONU-Habitat no desenvolvimento do site, ressaltou a importância da troca de informações com outras cidades que passaram, ou que estejam vivendo uma situação semelhante.

No encontro com os executivos do Pressgroup, apontado como um dos maiores grupos de mídia da Europa, a prefeita de São João da Barra acertou detalhes sobre a remessa de documentos e informações para o abastecimento da página de São João da Barra no site da Campanha. A proposta do Pressgroup é estabelecer protocolos de cooperação e troca de informações técnicas, a fim de estreitar as relações com demais 24 cidades participantes da primeira etapa da Campanha.

A expectativa de McGovern e Rollnick é que dentro de 12 meses, quando estiver às vésperas da primeira cúpula das “100 Cidades”, em Alicante, na Espanha, o site esteja completamente abastecido de informações. A ideia é a partir daí, haver o intercâmbio de informações, com apresentação e análise dos principais problemas e deficiências de cada uma das cidades: “quando tivermos todas essas informações em nosso banco de dados, poderemos ajudar a encontrar as soluções em conjunto. Se cada uma das cidades nos disser quais as suas dificuldades acredito que será mais fácil”, defendeu McGovern.

Ele acredita que mesmo não estando completo, o site demonstra sua utilidade desde já: “é uma constante troca de informações e atualização de conhecimento”, destaca. Na própria apresentação feita pela prefeita de São João da Barra, a prefeita de Alicante, Sonia Castedo, se interessou pela passarela de acessibilidade, a primeira do Brasil, construída na praia de Grussaí, em São João da Barra. O modelo, que já foi copiado na cidade do Rio de Janeiro e ganhou projeção após aparecer em uma novela, poderá ser reproduzido na cidade espanhola.

McGovern usou este como um exemplo sobre a importância na troca de informações. Ele cita a questão como “aparentemente simples”, mas com interferência na vida de milhares de pessoas em todo o mundo. “As pessoas não precisam se locomover? Todos não temos direito ao acesso universal, inclusive à praia?”, indaga. Na opinião de Angus McGovern, essa é uma prova de como as cidades podem encontrar soluções simples e menos onerosas para resolver problemas comuns.

PARTICIPAÇÃO – Qualquer cidadão pode fazer parte da “Campanha Iniciativa das 100 Cidades”. No site há possibilidade de fazer um cadastro simples, fornecendo alguns dados pessoais, como nome, endereço, telefone e e-mail. Além disso, cada um poderá contar sua história pessoal, já que um dos objetivos da Campanha é contar a história das cidades por meio dos seus integrantes e famílias. (Bruno Costa da Secom SJB)

O evento que vai encantar a sociedade sanfranciscana

Para ampliar clique na imagem
Informações: Recanto Vó Carmita
Telefones: 2789.2349 - 98964548


TRE cassa mandato do prefeito de Cabo Frio que deve recorrer fora do cargo


Ministério Público acredita que prefeito tenha feito distribuição de material de construção.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RJ) cassou ontem, quinta-feira (25/03), o mandato do prefeito de Cabo Frio, Marquinhos Mendes. Marquinhos deverá de recorrer fora do cargo.


O Ministério Público Eleitoral acusou o prefeito de oferecer materiais de construção em troca de votos nas eleições de 2008. O mandato de Marquinhos já havia sido cassado pela 96ª Zona Eleitoral, mas ele recorreu no cargo. Agora será diferente, o prefeito eleito foi afastado.

(Ururau)

quinta-feira, 25 de março de 2010

Barbárie: alagoano é decapitado em SFI

Até policiais experientes ficaram chocados com imagens do homem decapitado. O corpo foi encontrado na sala da casa com a cabeça ao lado do ombro.



Jaqueline, mulher do alagoano disse que foi ameçada pelo marido com um facão e que chegou a ser agredida e feita refém por algumas horas pelo marido. Conseguiu fugir para um bar próximo ao campo de futebol do lugar. Quando a PM chegou o alagoano já estava morto no interior da casa.
.
Uma barbárie. O alagoano Laélcio da Silva, 30 anos, morador na localidade de Valão Seco foi decapitado na manhã desta quinta-feira (25-03). O corpo foi encontrado na residência dele. Segundo informações do Cabo da Polícia Militar Jordani, de plantão na 3ª Cia, populares ligaram para 190, às 9h30m, informando que Laélcio, armado com um facão, estaria agredindo a esposa e o filho. Segundo a esposa do alagoano, Jaqueline da Silva Pinto, 33, por volta das 8 horas, depois de apanhar do marido, ela conseguiu se desvencilhar e buscou abrigo em um bar próximo ao Campo de Futebol. “Neste momento nós acionamos uma viatura em Praça João Pessoa, e passados 20 minutos, quando os policiais chegaram, já encontraram Laélcio morto decaptado”, disse Jordani. Um morador que não quis se identificar, disse por telefone que alguém teria “tomado as dores da mulher, e com um facão cortou a cabeça do alagoano”. Laélcio trabalha no corte de cana.

Polícia Federal realiza operação no Camelódromo

Operação foi realizada agora, por volta das 07 horas, desta quinta-feira, 25-03, surpreendendo os camelôs.

Há poucos dias a Polícia Civil realizou uma ação semelhante no local .
Agentes da Polícia Federal estão no Shopping Popular Michel Hadaad, em Campos, realizando uma operação de combate à pirataria. Os policiais chegaram cedo e pegaram a maior parte dos camelôs de surpresa, sem que estes tivessem tempo de fugir ou tentar esconder suas mercadorias.* Mais informações há qualquer momento. (Fonte: Ururau - http://www.ururau.com.br/)

Ford Verona colide com Fiat Ducat e cai em valão

Acidente aconteceu por volta das 05h40m desta quinta-feira, 25, na Rodovia Simão Mansur próximo ao cemitério de SFI.





O motorista do Fiat Ducato, placa KIVQ- 3646 foi surpreendido pela ultrapassagem do Ford Verona GL- placa KNN – 4036 que ao colidir com a lateral do Fiat foi parar em um valão à margem na Rodovia Simão Mansur (trecho da RJ – 224- próximo ao cemitério. Felizmente não houve feridos graves, apenas escoriações leves no motorista do Verona que foi levado para o Hospital Manoel Carola em Ponto de Cacimbas. O motorista do Fiat transtornado com o acidente não quis falar ao Blog. “Não estou em condições de falar”. O Fiat Ducato, segundo o Blog foi informado no local, pertence a Norma Barcelo Azevedo que havia comprado o veículo OK este mês.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Começa vacinação contra o vírus da gripe H1N1 em São Francisco

A secretaria de Saúde de São Francisco de Itabapoana começou nesta segunda-feira (22), a vacinar contra o vírus da gripe H1N1, crianças de seis meses até dois anos incompletos, gestantes e pessoas com doenças crônicas (exceto idosos que serão vacinados em outro período). A vacinação vai até o dia 2 de abril e está sendo feita em vários postos de saúde das 8h às 17h.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou a imunização de quatro grupos: profissionais de saúde, indígenas, gestantes e pessoas com doenças crônicas. O governo brasileiro ampliou para outros três grupos: crianças de seis meses a dois anos incompletos, adultos de 20 a 29 e de 30 a 39.

Os grupos prioritários são aqueles que têm o maior risco de desenvolver formas graves da doença e de morrer. Os critérios para definição do público alvo levaram em conta as recomendações da OMS, baseadas nos dados epidemiológicos observados na primeira onda da pandemia no Brasil e na experiência em países do hemisfério norte, no ano passado. O Ministério da Saúde adquiriu 113 milhões de doses para vacinar 91 milhões de pessoas.

De acordo com o secretário de Saúde, Fabiano Córdova, as reações à vacina contra a gripe suína são as mesmas das outras vacinas. A única contra-indicação é para pessoas alérgicas a ovo. Crianças com febre alta devem aguardar a melhora para serem vacinadas. “Os adultos devem apresentar documento de identidade com foto e o cartão de vacinação da criança. Não é necessário apresentar atestado médico para comprovar doença crônica. As crianças receberão a segunda dose da vacina um mês após a primeira”, enfatizou Córdova.


Outras etapas
As vacinas serão distribuídas pelo ministério da Saúde ao longo do período de vacinação de acordo com cada etapa. É importante que a população compareça aos postos de vacinação na data estabelecida para o seu grupo.


Grávidas - 22 de março a 2 de abril
Centro, Ponto de Cacimbas, Posto de Saúde de Barra do Itabapoana, Programa Saúde da Família (PSF) de Gargaú.


Crianças de seis meses até dois anos incompletos e Doentes crônicos
22 de março a 2 de abril
Centro de São Francisco, Amontado, Guaxindiba, Imburi, Floresta, Praça João Pessoa, Campo Novo, Santa Clara, Ponto de Cacimbas, PSF de Gargaú e Posto de Saúde de Barra.


Adultos de 20 a 29 anos
De 05 a 23 de abril;


Centro de São Francisco, Amontado, Guaxindiba, Imburi, Floresta, Praça João Pessoa, Campo Novo, Santa Clara, Ponto de Cacimbas, PSF de Gargaú e Posto de Saúde de Barra.



Adultos acima dos 60 anos, inclusive com doenças crônicas


De 24 de abril a 7 de maio
Adultos de 30 a 39 anos


De 10 a 21 de maio

Equipe técnica da Ampla visita SFI e fala em investimento na rede elétrica de município

Em visita ao município de São Francisco de Itabapoana uma equipe técnica da Ampla elaborou um levantamento prévio da rede de energia elétrica do município e prometeu numa próxima etapa concluir o relatório de tudo o que foi verificado para que a concessionária de energia possa investir na melhoria da rede elétrica do município. A visita ocorreu na terça-feira, 23, começando pela prefeitura municipal onde os técnicos reuniram-se com o Procurador Geral do Município, Enaldo Barreto, e o secretário de Planejamento, Marcelo Garcia. A reunião foi parte do compromisso assumido pela presidência da concessionária com o prefeito Beto Azevedo, no encontro realizado na semana passada, em Niterói. Na ocasião o procurador falou como a deficiência na rede elétrica do município tem afetado os serviços das operadoras de telefonia celular e o abastecimento de água. “Temos vivido muitos problemas em consequência da carência no serviço de fornecimento da energia. Essa falha, inclusive, afeta outros serviços essenciais ao município como água e telefonia, acarretando prejuízos para os turistas e moradores”.

Mãe procura por filho desaparecido


Familiares de Marcos Antonio dos Santos Ribeiro, doente mental, compareceram agora a Rádio São Francisco FM buscando ajuda para localizar o Marquinho como é conhecido, o Marcos Antonio, que foi visto pela última vez na segunda-feira, por volta das 12 horas próximo à passarela na Rodovia BR- 101, no bairro de Guarus.
Segundo Cerli dos Santos Tomas ,66, mãe de Marcos, o filho quando desapareceu trajava short na cor cinza e estava sem camisa. “Meu filho sempre saia de casa e permanecia próximo a nossa casa. Desta vez ele saiu e não voltou”, disse dona Cerli. Segundo a irmã de Marcos, Luciana dos Santos, 37, toda a família esta mobilizada a procurado do irmão. “Em Campos já procuramos em quase todos os lugares, hospitais, delegacias, IML e até já registramos em boletim de ocorrência na Delegacia de Guarus o desaparecimento”, disse Luciana.


A tia Maria Elisa Paz da Silva Pereira, 48, suspeita que o sobrinho tenha vindo para São Francisco de Itabapoana ao pegar uma Van com destino às praias. “Temos que procurar em toda Região. Assim, estamos aqui na Rádio São Francisco FM colocando nosso telefone para qualquer informação: 22- 2733.6227 ou 9879.0836”, disse. A mãe de Marcos dona Cerli disse, ainda, que o filho faz uso de medicamentos controlados como gadernau, meleril, rivotril e fernegam.

Deputado contesta emenda Ibsem na tribuna da Câmara dos Deputados

O deputado federal Geraldo Pudim (PR/RJ) fará nesta quinta-feira (25/03) discurso no Plenário da Câmara dos Deputados, onde durante 25 minutos, no Grande Expediente, estará apresentando para toda a Casa, aos Parlamentares e todo o País, sua posição sobre a Emenda Ibsen Pinheiro, que prevê a redistribuição dos royalties do pós-sal e que é inconstitucional.O discurso que é transmitido ao vivo pela TV e Rádio Câmara está marcado para às 15h15.O parlamentar defende a manutenção do atual sistema de distribuição e dos projetos originais encaminhados pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e aprovados pela Câmara em 2009, sem que fosse tratado o pós-sal.“A nossa luta incessante é na defesa do que consta na Constituição, que prevê que as receitas são originárias, ou seja, dos Estados e municípios produtores. O Governo Federal não está fazendo favor nenhum em devolver os recursos para os estados e municípios produtores. Se fossem recursos federais a fiscalização seria do Tribunal de Contas da União (TCU), mas quem faz é o Tribunal de Contas do Estado (TCE), o que efetivamente demonstra que não são recursos federais”.Geraldo Pudim impetrou Mandado de Segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 19 de dezembro de 2009, com pedido de liminar para a suspensão da tramitação na Câmara do Projeto de Lei que trata do regime de partilha dos royalties.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Som da Rádio SF entra na grande rede

O Blog do Paulo Noel oferece ao internauta, a partir de hoje, 22-03-10, mais uma opção: o áudio da Rádio São Francisco FM diretamente do estúdio da emissora no centro da cidade de São Francisco de Itabapoana (RJ). Com o som da Rádio São Francisco FM via internet surge a oportunidade para quem não conseguia captar a emissora, poder agora acompanhar toda nossa programação. Graças à internet estamos indo até onde jamais imaginávamos chegar um dia. O avanço tecnológico se configura como o divisor de águas dessa possibilidade que faz a sociedade pós-moderna trilhar um caminho, sem volta, rumo ao infinito universo da comunicação. Entramos na “rede”, através do som da nossa rádio, vislumbrando alcançar com essa nova etapa uma excelente oportunidade de mostrar para o Brasil e o mundo nosso trabalho sério e responsável. Confiamos em nossa equipe. Mas é importante a sua opinião. Se puder, observe a programação e agradecemos sua opinião. Voltaremos ao assunto.

Instalação de complemento para ouvir a rádio

Nesta postagem está a explicação para alguns internautas que não conseguem ouvir a Rádio São Francisco FM devido à necessidade da instalação de um complemento do “Windows Media Player Extension”. Siga passo a passo a instalação. É fácil e rápido. Clique nas imagens para visualizar melhor.

Na primeira imagem aparece acima do cabeçalho do blog a barra destacada em vermelho. Basta clicar na barra para executar o complemento: ‘Windows Media Player Extension’ de ‘Microsoft Corporation’.

Depois de clicar na barra aparece uma janela. Clique na opção destacada em vermelho: Executar Complemento.



Na seqüência aparece outra janela. Nela basta clicar em executar. A instalação é rápida e fácil. Ao final desta instalação aumente o volume do seu computador para ouvir a Rádio São Francisco FM.

Segunda etapa de vacinação contra gripe pandêmica começa nesta segunda-feira, 22 de março

Gestantes, crianças de seis meses a menores de dois anos e doentes crônicos serão imunizados até dia 2 de abril. Estados e municípios são responsáveis por divulgar locais e horários de distribuição das doses

A segunda etapa da estratégia nacional de vacinação contra gripe pandêmica começa nesta segunda-feira (22). Durante duas semanas, até o dia 2 de abril, gestantes, crianças de seis meses a dois anos e doentes crônicos (exceto idosos) receberão as doses da vacina. O público-alvo esperado é de cerca de 20,3 milhões de pessoas. A meta é imunizar pelo menos 80% dessas pessoas. Os estados, em parceria com os municípios, são responsáveis por divulgar os locais e os horários de vacinação. Em todo o país, são mais de 36 mil salas de imunização.

Todas as grávidas, independentemente do período de gestação, devem se vacinar. As mulheres que engravidarem após o fim dessa etapa poderão se imunizar nas fases seguintes. Na vacinação das crianças, pais e responsáveis devem levar aos locais de imunização apenas os bebês que já completaram seis meses de idade e os menores de dois anos. É muito importante que os pais ou responsáveis levem o cartão de vacinação da criança.

As crianças receberão uma dose dividida em duas vezes. A segunda meia dose será administrada 30 dias após a primeira. Se a criança completar seis meses depois do dia 2 de abril, também poderá ser vacinada normalmente.

Em relação aos doentes crônicos, devem procurar os postos de vacinação pessoas com menos de 60 anos que têm problemas sérios de coração, pulmão, rins, fígado, diabéticos, pacientes em tratamento para aids e câncer ou os chamados grandes obesos (veja lista abaixo). Aqueles que serão vacinados devem levar aos postos um documento de identidade com foto e a carteira de vacinação do adulto, se possuírem. Não é necessário apresentar atestado médico para comprovar a doença crônica. “Optamos por não burocratizar o processo de vacinação. Confiamos no bom senso dos cidadãos. Aquele que se vacinar e estiver fora do grupo de risco deve saber que está tirando uma dose de alguém que realmente precisa”, afirmou o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Gerson Penna. Na dúvida, as pessoas devem procurar o médico mais próximo ou de sua confiança para receber orientações.

“...Confiamos no bom senso dos cidadãos. Aquele que se vacinar e estiver fora do grupo de risco (...) está tirando uma dose de alguém que realmente precisa”
Gerson Penna,
secretário de Vigilância em Saúde

Os idosos que integram esse grupo devem aguardar. A população com mais de 60 anos terá uma etapa exclusiva, entre os dias 24 de abril e 7 de maio, juntamente com a Campanha Nacional de Vacinação do Idoso contra gripe comum. Nesse período, todos os idosos serão imunizados contra a gripe comum, como acontece todos os anos. Se tiverem doenças crônicas, serão vacinados também contra a gripe pandêmica. Assim, o idoso só precisará ir ao local de vacinação uma única vez.

ETAPAS DE VACINAÇÃO – A estratégia de vacinação contra a influenza pandêmica foi dividida em cinco etapas, para públicos específicos. A primeira fase da vacinação começou no dia 8 de março e termina nesta sexta-feira (19). É voltada para indígenas que vivem em aldeias e trabalhadores de serviços de saúde envolvidos diretamente na resposta à pandemia. Nas etapas seguintes, serão vacinados adultos de 20 a 29 anos (5 a 23 de abril); idosos, incluindo os que têm doenças crônicas (24 de abril a 7 de maio) e adultos de 30 a 39 anos receberão as doses (10 a 21 de maio). Veja abaixo o cronograma completo.

Em cada uma das etapas, os postos de vacinação serão definidos pelas Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde. As vacinas serão distribuídas pelo Ministério da Saúde ao longo do período de vacinação, de acordo com cada etapa. Por isso, é importante que a população compareça aos postos de vacinação na data estabelecida para o grupo ao qual pertence. Ao todo o Ministério da Saúde adquiriu 113 milhões de doses para vacinar 91 milhões de pessoas contra gripe pandêmica. A meta é imunizar pelo menos 80% desse público-alvo.

Os grupos prioritários são aqueles que têm o maior risco de desenvolver formas graves da doença e de morrer. Eles foram definidos pelo Ministério da Saúde em consenso com sociedades científicas, entidades de classe e representantes de estados e municípios (veja lista abaixo). Os critérios para definição dos públicos prioritários levaram em conta as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), os dados epidemiológicos observados na primeira onda da pandemia no Brasil e a experiência dos países do Hemisfério Norte.

A OMS recomendou a imunização de quatro grupos: trabalhadores de serviços de saúde, indígenas, gestantes e pessoas com doenças crônicas. O governo brasileiro ampliou a vacinação para outros três grupos: crianças de seis meses a menos de dois anos e adultos de 20 a 29 anos e de 30 a 39 anos.

Prefeita de SJB confirma presença no V Fórum Urbano Mundial


Começa nesta segunda-feira (22) na Zona Portuária do Rio de Janeiro o maior evento de urbanismo no planeta, o Fórum Urbano Mundial 5, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da diretora-executiva do UN-Habitat, Anna Tibaijuka, do ministro das Cidades, Márcio Fortes de Almeida, do governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, do prefeito do Rio, Eduardo Paes e da prefeita de São João da Barra, Carla Machado.
São João da Barra, que já havia conquistado visibilidade nacional e internacional devido ao mega empreendimento do Complexo Logístico e Portuário do Açu, agora se destaca de vez no cenário mundial. O município vai ser uma das 25 cidades do mundo a participarem da Campanha Urbana Mundial: Iniciativa das 100 Cidades, promovida pela Organização das Nações Unidas – ONU. No Brasil só foram escolhidas duas cidades: São Paulo capital e São João da Barra.


A campanha é uma ação global organizada pelo Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos, UN-Habitat, a ser lançada durante o V Fórum Urbano Mundial, a realizar-se de 22 a 26 de março de 2010, na zona portuária da cidade do Rio de Janeiro. O programa objetiva apoiar as cidades no enfrentamento dos desafios gerados pelo crescimento urbano e econômico e pelas mudanças climáticas, na perspectiva do desenvolvimento sustentável.


“Facilitar o aprendizado e o intercâmbio de novos conhecimentos, tecnologias e métodos de trabalho entre as cidades parceiras, as comunidades e os atores que ajudam a formatar as políticas públicas são alguns dos objetivos. Demos a opção de São João da Barra para ser “laborató rio” neste projeto piloto e a sugestão foi aceita”, informa Marlene Fernandes, assessora internacional do Instituto Brasileiro de Administração Municipal – IBAM.
Ela acrescenta que o município está recebendo grandes investimentos portuários e industriais, em andamento e previstos para curtos e médios prazos e certamente irá enfrenta desafios para assegurar o desenvolvimento sustentável, em termos sociais, econômicos, urbanos e ambientais, podendo ser um exemplo para outras cidades do Estado, do Brasil e do mundo que vem enfrentando situações semelhantes.


A prefeita Carla Machado, que irá participar do Fórum, inclusive de uma mesa redonda com as outras 24 cidades do mundo, entre elas: Alicante, Livingston, Makati, Medellin, Philadelphia, Pushkino, Rabat, Rybnik, Rosario, Vienna, destaca a importância que o município vem conquistando no cenário mundial. “Durante dezoito meses a ONU estará focada nestas vinte e cinco cidades. O projeto vai ter continuidade depois deste período e, portanto, nossa responsabilidade aumenta ainda mais já que seremos exemplo para outras cidades do mundo que estejam passando por situação semelhante ou que venham a ter. No Fórum Urbano Mundial haverá organizações de todo o mundo como o BID, o Banco Mundial, entre outras”, ressalta.

BENEFÍCIOS DO PROGRAMA – Segundo a prefeita, inúmeros serão os benefícios da participação do município neste Programa da ONU: Exposição para uma rede global de parceiros que estão promovendo políticas e práticas inovadoras em desenvolvimento urbano sustentável; Reconhecimento nacional e internacional como uma cidade comprometida com inovação e mudanças; Insights sobre novas parcerias público-privadas e modelos de investimento; Oportunidades para aprender com um grande número de cidades e comunidades engajadas em oportunidades de desenvolvimento econômico sustentável, tecnologias e know-how; Acesso a um vasto conjunto de instrumentos, métodos e abordagens, já testados, para o desenvolvimento sustentável, o planejamento e a gestão urbana, a produção da habitação e dos serviços e equipamentos urbanos.


O FÓRUM – A organização do Fórum Urbano Mundial 5 (FUM5) inscreveu mais de 27,5 mil participantes. Segundo o balanço mais recente do ONU-Habitat os inscritos são de 161 países. A quinta edição do Fórum, o maior evento sobre urbanismo no planeta, começa no próximo dia 22 na Zona Portuária do Rio de Janeiro. As inscrições foram gratuitas e estiveram abertas ao público até o dia 14 de março. A prefeitura disponibilizou um link para o evento através do endereço www.sjb.rj.gov.br. Esta é a primeira sessão do fórum na América Latina e terá como característica principal a participação popular nas propostas que serão discutidas. O evento foi criado em 2001 pela Assembléia Geral das Nações Unidas, que previu a realização a cada dois anos de sessões de um Fórum Urbano Mundial, sob responsabilidade do ONU-Habitat. A edição brasileira tem o apoio do Governo Federal e do Ministério das Cidades. O tema central do FUM5 é "O Direito à Vida: Unindo o Urbano Dividido". As discussões são divididas em seis eixos: Levando Adiante o Direito à Cidade; Unindo o urbano Dividido; Acesso Igualitário à Moradia; Diversidade Cultural nas cidades; Governança e Participação; e urbanização sustentável e inclusiva. O fórum reúne regularmente agentes governamentais, representantes da sociedade civil e do setor privado para debater o problema da rápida urbanização. Hoje, é o congresso mais importante sobre gestão do crescimento das cidades.

domingo, 21 de março de 2010

Internet banda larga deve custar entre R$ 25 a R$ 35

Informação foi dada pelo Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo
Foto: Elza Fiúza/Abr
O governo quer criar um programa que garanta acesso à internet banda larga com preços acessíveis, afirmou o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, em entrevista a emissoras de rádio durante o programa "Bom Dia, Ministro". De acordo com ele, estão sendo discutidos preços na faixa de R$ 25 a R$ 35 por mês.

Segundo o ministro, deve ser utilizada a rede de fibra ótica da antiga Eletronet e que agora pertence ao governo. O mecanismo de acesso pode ser feito em parceria com empresas privadas. “[A empresa] terá o acesso à fibra ótica e vai fornecer para o usuário. Vamos condicionar que tenha um preço compatível.”

Para Paulo Bernardo, não poderá haver, nesse caso, venda casada, em que a operadora oferece a internet com o telefone fixo, uma vez que isso ampliaria os custos para o usuário. A ideia é que, depois de lançado, o projeto de uso da fibra ótica se dissemine pelo país em dois anos.

De acordo com ele, o debate sobre o assunto foi interrompido por conta da elaboração do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. Segundo o ministro, o assunto deverá voltar à pauta de conversa com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no final deste mês ou em abril, após o lançamento do PAC 2.

O ministro também afirmou que a utilização da cabos de eletricidade está sendo testada pelas distribuidoras de energia elétrica e pode ser mais uma opção de acesso à banda larga com preço menor.

Paulo Bernardo disse que em alguns locais onde não há cabos de eletricidade ou fibra ótica poderão ser usados sistemas de rádio ou acesso via satélite.

Para o ministro, o Plano de Banda Larga, que está sendo elaborado pelo governo, deve ser aprovado pelo Congresso Nacional com rapidez. “Temos observado que há uma demanda muito grande [pela banda larga]. Se a gente fizer uma boa proposta, com certeza o Congresso vai correr para aprovar. Todos sabemos que é muito importante diminuir o custo, facilitar o acesso”, disse. Fonte: Agência Brasil