Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sábado, 22 de setembro de 2007

Fazenda Legal ao "vivo" pela Rádio São Francisco FM.




O programa Fazenda Legal do Encontro de Produtores Rurais foi transmitido ao "vivo" pela Rádio São Francisco FM neste sábado, 22-09-07. Nas fotos momentos de abertura do Tribuna Livre especial apresentado na biblioteca das dependências do Ciep com as presenças do Dr. Rodolvo Tavares, presidente da FAERJ/ RJ, Dr. Enaldo Barreto, Dr. Pedro Nilson Alves Berto e Paulo Noel, diretor da Rádio São Francisco FM. Deputado João Peixoto, tendo ao fundo a produtora Rosane Berto e Paulo Noel entrevistando. Ao lado Beto Azevedo, presidente da Câmara Municipal de SFI e o empresário, produtor rural e ex-prefeito Barbosa Lemos com sua esposa Flávia. Ainda em outro momento, o Secretário Estadual de Agricultura, Abastecimento e Pesca, Cristino Áureo e o Ministro Carlos Lupe em entrevista a Paulo Noel. Nossos agradecimentos a diretora do Ciep professora Cintia por ter disponibilizado a biblioteca do Ciep para a instalação dos estudios da Rádio São Francisco FM. Nosso trabalho contou com apoio da Agro MB, Apoio Agrícola, Agro Terra e Sindicato dos Servidores Municipais de SFI. O Fazenda Legal foi uma realização da FAERJ/ RJ, Sebrae/RJ e Senar com apoio total do Sindicato dos Produtores Rurais de SFI tendo à frente o presidente Sigmaringa Reis.

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Fazenda Legal sábado em SFI no encontro de produtores.

A Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Estado do Rio de Janeiro – FAERJ e o SEBRAE/RJ apresentam o programa Fazenda Legal sábado,dia 22 em SFI, no Ciep Celso Martins Coreiro na séde do município.

O principal objetivo do Programa é transformar o pequeno e médio agricultor e pecuarista em empresário rural, melhorando o meio ambiente e as condições de vida no campo. Formalizando a atividade sob o aspecto produtivo de relações do trabalho e ambiental.

É importante destacar que em 2006, os Encontros de Produtores Rurais promovidos pelo Fazenda Legal, reuniram cerca de 3 mil produtores de todo o Estado. Sediaram o evento os municípios de Itaperuna, Valença, Campos, Cantagalo, Araruama, Natividade, Barra Mansa e Teresópolis.

Agora, São Francisco de Itabapoana foi o município escolhido para sediar o quarto encontro da Etapa 2007. Neste ano mais de mil produtores já participaram do Encontro de Produtores Rurais realizado em Bom Jardim, Paraíba do Sul e Miracema.

Estarão reunidos no evento produtores rurais e representantes dos municípios: Cambuci, Campos dos Goytacazes, Carapebus, Conceição de Macabu, Quissamã, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana e São João da Barra.

Nas tendas instaladas no pátio do Ciep, durante todo o dia serão realizadas as palestras. Nas pequenas tendas os produtores poderão conversar com os palestrantes sobre os temas: Previdenciário, Ambiental, Crédito Rural, Defesa Agropecuária, Trabalhista, Tributário e Fundiário.

Também será possível conhecer mais um pouco o sistema sindical rural no tenda da FAERJ e SENAR – Rio.

SFI vai ganhar posto de capitação de leite da CCPL.

O Secretário de Agricultura, Abastecimento, Pesca e Desenvolvimento do Interior, Cristino Áureo, traz a SFI o diretor da CCPL para implantação de um posto de capitação de leite em nosso município. “O posto vai facilitar a vida dos produtores de leite” anunciou Áureo. O diretor da CCPL participa com o Secretário, do Encontro de Produtores Rurais no próximo sábado no Ciep Celso Martins Cordeiro em SFI.

Avó 'barriga de aluguel' vai dar à luz netos

Fotos do G1 - Globo.com

A auxiliar de enfermagem Rosinete Palmeira Serrão, de 51 anos, está sendo a "barriga de aluguel" de seus netos, dois meninos. Rosinete, que mora no Recife, vai dar à luz os bebês da filha, a dona-de-casa Claudia Michele, de 27 anos, que tem um problema no útero. O óvulo de Claudia Michele foi fecundado com o espermatozóide do marido e colocado dentro do útero de Rosinete (Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Monitoras do PETI sem salários há cinco meses.

Na segunda, dia 16-09-07, uma mãe de uma monitora do PETI Programa de Erradicação do Trabalho Infantil de SFI procurou a Rádio São Francisco FM para denunciar que as monitoras do PETI, estão ha cinco meses sem receber seus salários. Ela pediu para não se identificar alegando que sua filha poderia sofrer represálias da Secretaria Municipal de Trabalho, Promoção Social. O motivo não sabemos ainda. O Blog está a disposição para alguém da Secretaria dar explicações sobre o fato lamentável.

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Mais um protesto que circula na internet

Quase sério
NOTA DE FALECIMENTO
Faleceu em 12 de Setembro de 2007 em Brasília o Senado Federal, acometida por infecção ética e moral generalizada. A instituição não resistiu à sessão secreta dos ilustres senadores e morreu longe do povo, por falência múltipla dos órgãos institucionais.
Que Deus nos dê forças para bradarmos a nossa indignação e nos ilumine para revertermos tamanha tragédia.
População brasileira.

Do Blogo do Noblat

Depois de desfilar em Los Angeles e no Sambódromo, visitar uma tribo indígena e ter a pele tatuada por temas típicos brasileiros, Gisele Bündchen, desta vez, é "vestida" de água em nova campanha criada para apresentar a coleção de sandálias que leva o nome da top model.

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

São Francisco vai sediar Encontro de Produtores Rurais.

O sábado, 22 de setembro, promete movimentar SFI. O Ciep 470 Celso Martins Cordeiro, vai sediar o Encontro de Produtores Rurais. O evento, que dura o dia inteiro, oferece palestras e atendimento gratuito ao produtor rural. Os temas previdenciário, ambiental, crédito rural, defesa agropecuária, trabalhista, tributário e fndiário serão abordados por especialistas com vivencia na rotina do homem do campo. Dentre as personalidades ilustres que participarão do Encontro que é o sexto, está confirmada a presença do Ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi. O evento conta com uma intensa programação com organização do Sindicato dos Produtores Rurais e Pescadores de SFI em parceria com a FAERJ - Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Estado do Rio de Janeiro, SENAR - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e do Sebrae, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas. A série de eventos é parte do programa Fazenda Legal que tem o objetivo de orientar o produtor rural com informações que ajudem a melhorar a qualidade de vida no campo e indicar o caminho para o empreendedorismo rural.
O Fazenda Legal é resultado de uma parceria entre a Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Faerj) e o Sebrae/RJ. A Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (Seappa), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/Rio), os Sindicatos Rurais Patronais e o Banco do Brasil também apóiam o programa.

domingo, 16 de setembro de 2007

Omissão.

Hoje, domingo dia 16-09-07, os comerciantes do litoral de SFI com certeza estão amargando prejuízo pelo corte do fornecimento de energia pela Ampla dos quiosques. Aliás, a Ampla cumpre decisão da justiça federal. E Lei é Lei, existe para ser cumprida e, não é este o meu foco neste comentário. Mas preciso discutir com os internautas o seguinte: se o “Projeto Orla 2000” era irregular porque foi permitida a sua execução? Vamos começar pelo inquérito aberto que trata da degradação de área de restinga no litoral sanfranciscano. Segundo os procuradores que estiveram vistoriando os quiosques em dezembro de 2006 o inquérito apura danos ambientais. Alega os procuradores do Ministério Publico Federal que há indícios de irregularidades. Eles citam ausência de licenciamento ambiental e estudo de impacto ambiental (EIA-Rima), destruição de vegetação fixadora de dunas, corte de dunas e iminente risco de graves danos à população. Quando o MPF aqui esteve buscando, com a realização da vistoria, evitar o crescimento da urbanização da orla marítima, estava claro a adoção de medidas para proceder ao embargo, interdição e demolição dos quiosques. E o que foi feito na epoca? Nada. Faltou a meu ver ação da Prefeitura Municipal. Será que naquele momento da vistoria, quando já era sugerida a demolição dos quiosques, não caberia um acordo com Termo de Ajustamento de Conduta com o Executivo? O compromisso de recuperar a vegetação original da área e, ainda, adequar os quiosques ao projeto original e até mesmo demolindo os irregulares? Pelo TAC, a Prefeitura Municipal se obrigaria a demarcar a área de vegetação rasteira e a fazer o Estudo de Impacto Ambiental (EIA-Rima) do projeto de revitalização de todo o litoral. O EIA-Rima atenderia à determinação do Ibama e o assunto estaria resolvido. Aí sim, caso o Executivo não cumprisse o estabelecido no TAC, que fosse punido com a multa diária de cinco mil reais. Faltou por parte do Executivo entendimento jurídico com o Ministério Publico Federal (MPF), Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Gerência Regional de Patrimônio da União (GRPU). O espaço está aberto para os comentários. Temos que lutar, dentro da legalidade, para que os quiosques não sejam demolidos ou então que os comerciantes sejam ressarcidos em seus prejuízos. Afinal os comerciantes pagam IPTU, Alvará de funcionamento, luz e possuíam laudo de vigilância sanitária, ou não? Alguém pode me responder então, de quem foi a omissão?

SFI carece de uma área para promoção de eventos

Um bom dia para todos. O Route Club de SFI encerra hoje a programação do III Route Feste – encontro de motociclistas de toda parte do Brasil. Parabéns aos organizadores pelo evento. Gostei do local escolhido para a festa próximo ao trevo das praias de Santa Clara e Guaxindiba. A área para a praça de alimentação ficou excelente. O palco com toda estrutura de som e luz ficou em local adequado, apesar dos três outdoor que tirou a visibilidade do palco e da área de alimentação. Mas, de qualquer forma valeu. Na verdade SFI carece de uma área para realização de eventos.