Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sábado, 2 de janeiro de 2010

Ventos fortes derrubam amendoeira em rede da Ampla em SFI

Fotos: Blog do Paulo Noel.

.
Uma amendoeira caiu e destruiu a rede elétrica da Rua Júlio Gomes Marinheiro, próximo ao centro de São Francisco de Itabapoana deixando dezenas de residências sem energia. O acidente aconteceu no primeiro dia do ano, por volta das 14 horas e até hoje, (15h15m de 2-01) a Ampla ainda não recuperou a rede. Segundo a moradora Kátia, 18 pedidos de manutenção foram protocolados na Ampla sem que nenhuma providência fosse tomada. “A secretaria de Meio Ambiente da prefeitura de SFI enviou ao local dois funcionários para a retirada da árvore. Entretanto o trabalho não pode ser realizado. Os funcionários temiam levar choque”, disse a moradora. - Quando se consegue falar com o 0800 da Ampla a informação passada é de que a equipe de manutenção está chegando, disse um outro morador que não quis se identificar.
.

Atualizado às 08h40 de 3-1. Moradores da Rua Júlio Gomes Marinheiro informaram agora que, finalmente, a Ampla fez a manutenção na susbsitutição da rede que rompeu com a queda da amendoeira. O trabalho foi executado ontem, 2-1, às 20horas.

Moto atropela capivara e jovem de 21 anos morre no acidente

(Foto: arquivo )


O animal silvestre surgiu da propriedade que margeia a Estrada RJ-232 Barra a Guaxindiba.




.
(Colaborou com a foto: Emilce Nunes)
Mais um jovem morre em acidente de moto em São Francisco de Itabapoana-RJ. Luis Fernando da Silva Viana, 21 anos, (foto) que morava na Rodovia Simão Mansur, próximo ao cemitério da cidade. A esposa de Luis Fernando, Tereza Machado de Oliveira, 19 anos, estava na garupa e teve fratura do fêmur. Ela foi transferida do Hospital Manoel Carona, em Ponto de Cacimbas, para o Hospital Ferreira Machado em Campos onde será submetida a uma intervenção cirúrgica. Tereza está lúcida, mas ao ser socorrida estava desmaiada e somente recuperou os sentidos quando chegou ao Hospital Manoel Carola. Segundo a funcionária do Plano Familiar Boa Viagem, Vilma, que passava pelo local cerca de cinco minutos após, o comentário era de que a causa do acidente foi uma capivara que saiu correndo pela pista vindo de uma propriedade que margeia a Estrada litorânea RJ-232 que liga Barra do Itabapoana a praia de Guaxindiba. “O acidente ocorreu por volta das 17 horas. Quando cheguei ao local Luis Fernando ainda estava com vida, mas, apesar de socorrido, ao chegar ao Hospital Manoel Carola não resistiu aos ferimentos e veio a óbito”, disse Vilma. O corpo está sendo velado na casa da mãe de Luiz Fernando, Conceição de Fátima Teixeira Silva, e, segundo familiares, o sepultamento será as 16 horas deste sábado (2), no Cemitério de São Francisco de Itabapoana.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

O Globo: “Tragédia na virada do ano em Angra dos Reis deixa muitas pessoas soterradas no Morro da Carioca”.

TRAGÉDIA Chuvas no Rio de Janeiro: Deslizamento de terra soterra pousada e casas em Angra dos Reis e causa mortes.



Deslizamento no Morro da Carioca. (Foto: Danielle Viana Bartholomeu/VC no G1)



Estrada interditada em Angra do Reis. (Foto: Danielle Viana Bartholomeu/VC no G1)
Vista do Morro da Carioca. (Foto: Leonardo Okumura Pinella de Oliveira/VC no G1)
.
O governo do estado confirmou, em nota oficial, que o número de mortos nos deslizamentos de terra em Angra dos Reis subiu para 22. Na Praia do Bananal, Ilha Grande, já foram encontrados 15 corpos, incluindo uma criança de 4 anos e uma menina de 13 anos. Um deslizamento atingiu a pousada Sankay e casas vizinhas. Outros sete foram retirados no Morro do Carioca, no Centro de Angra. Segundo o secretário de Estado de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Côrtes, dez sobreviventes foram levados para hospitais de Angra, Rio e São Paulo. - Entendemos que as pessoas queiram saber notícias, mas ninguém deve vir a Ilha Grande neste momento para não atrapalhar as buscas, pediu o secretário. Oito corpos foram levados na tarde desta sexta-feira para o Instituto Médico Legal (IML) do Rio, que atenderá os casos que necessitam de identificação. Segundo a nota do governo estadual, os corpos que foram reconhecidos pelos moradores das localidades estão sendo levados para o IML de Angra. O Diretor do IML do Rio, Frank Perlini, informou que, entre os oito corpos há três adultos homens, três adultos mulheres, um menino de cerca de quatro anos e uma menina de aproximadamente 13 anos. As impressões digitais já foram colhidas e os técnicos aguardam a chegada de parentes para o reconhecimento oficial. Perlini explicou que há três possibilidade de identificação dos corpos: através das impressões digitais, das arcada dentária e exame de DNA. Segundo ele, como os corpos estão em bom estado de conservação, deverão ser facilmente reconhecidos, sem necessidade de exames de DNA. Veja imagens da região após o deslizamento Veja o vídeo no G1 De acordo com o governo do estado, mais de 80 bombeiros trabalham no resgate na Praia do Bananal, com o apoio de 20 policiais militares e civis. Ainda não se sabe quantas pessoas continuam sob os escombros. No Morro do Carioca, 40 bombeiros trabalham nas buscas. O vice-governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão, que acompanha os trabalhos em Angra, informou que um estaleiro da região vai mandar equipamento para a Praia do Bananal para auxiliarem na retirada dos escombros. - É um cenário muito triste. Moradores nos disseram que as casas da praia estavam alugadas para turistas. O resgate hoje (sexta-feira) deve varar a noite - disse o vice-governador. Pezão também informou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva colocou a Marinha a disposição para ajudar no resgate das vítimas em Ilha Grande. Já o Governo do Estado está apoiando o município de Angra com bombeiros e máquinas para desobstruir estradas e auxiliar resgates pelo município. Chuvas causam deslizamentos e mortes também em São Paulo e Minas Gerais Pelo Twitter, Preta Gil comenta tragédia em Angra dos Reis O chefe de Relações Públicas da Defesa Civil de Angra, Francisco Judice, afirmou em entrevista ao Jornal Hoje que uma mulher de 18 anos foi resgatada com vida dos escombros. No Centro de Angra dos Reis, a Defesa Civil disse que 22 pessoas estão desaparecidas no Morro da Carioca, onde um deslizamento de terras atingiu várias casas. O vice-governador, o secretário estadual de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Côrtes, o prefeito Tuca Jordão e o ex-prefeito Fernando Jordão estão acompanhando os trabalhos dos bombeiros no Bananal. Pezão acredita que o número de vítimas pode chegar a 40. Morre menina socorrida num deslizamento em Cascadura, no Rio de Janeiro - A encosta desceu sobre a pousada, que é uma das mais luxuosas da Ilha Grande. O deslizamento ocorreu às 3h30m. A maioria dos hóspedes estava dormindo - disse Fernando Jordão. Casas e pousadas sob toneladas de lama Mais de 80 bombeiros participam das buscas, com o apoio de 20 homens das polícias Militar e Civil, além da Marinha. O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Pedro Machado, disse que ainda não há informação precisa sobre quantas pessoas continuam soterradas. Fonte: (Publicada em 01/01/2010 às 16h50m Melina Amaral e Paulo Roberto Araújo - O Globo, GloboNews TV, TV Globo e CBN RIO -)

Réveillion de São Francisco atrai multidão

Vice-prefeito Frederico Barbosa Lemos na saudação ao público na virada do ano na Praia de Santa Clara. Ao seu lado o secretário municipal de Turismo, Jairo Batista.


A Banda Os Piratas abriu a progração seguida da Banda Sedução. Milhares de turistas e sanfranciscanos saudaram a chegada de 2010 em clima de paz e muita animação.
.
As praias sanfranciscanas receberam um número recorde de visitantes para a passagem do ano novo. Na quarta-feira (30), á tarde, e na manhã desta quinta-feira (31), o trânsito chegou ficar engarrafado no Centro da cidade. Nem mesmo uma forte tempestade que aconteceu horas antes da virada desanimou o público. Por volta das 23h, a chuva deu uma trégua e as pessoas se apressaram para conferir a queima de fogos e saudar a chegada de 2010.
Em Santa Clara, praia que tem a maior concentração de público do litoral sanfranciscano, dois shows animaram a noite de réveillion. Quando o locutor oficial Vítor Sarlo, da Band FM, abriu a contagem regressiva, a multidão contou junto e logo teve início o show de fogos. O vice prefeito Frederico Barbosa Lemos, representou o prefeito na abertura oficial. Frederico também percorreu outras praias para saudar os visitantes.
Além de Santa Clara, outras praias como, Gargaú, Sossego, Guaxindiba , também tiveram shows e queima de fogos durante o réveillion. Segundo o secretário de Turismo, Jairo Batista, mais uma vez o número de visitantes superou as expectativas. “Nós não temos como competir com outras praias de municípios vizinhos com grandes shows. Mas somos competitivos quando se trata de atrativos naturais e carisma para receber bem os visitantes. Além disso, temos um litoral com 62 quilômetros de extensão e doze praias urbanizadas e isso também ajudar a fazer a diferença”, constatou Batista.
A grade de programação de shows prossegue durantes todo o feriado prolongado com cinco bandas regionais se revezando com shows entre as principais praias do município. (Matéria da Assessoria de Comunicação da prefeitura de SFI. As fotos são de Alessandra Lemos).

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Concurso de São João da Barra: edital sofre pequenas mudanças

As provas estão marcadas para o dia 24 de janeiro
A Prefeitura de São João da Barra retificou o edital de abertura do concurso que oferece 445 vagas mais formação de cadastro reserva em diversos cargos na área de educação. Os salários dos aprovados variam de R$ 537,10 a R$ 1.481,95.A retificação alterou o e-mail para envio de uma cópia do comprovante de pagamento da taxa, juntamente com os dados pessoais, somente em casos de indeferimento da inscrição. Agora, o e-mail passa a ser concurso.pmsjb@funrioconcursos.org.br .Além disso, também foi modificado o conteúdo programático e a bibliografia para os cargos de bibliotecário, professor de música e musicoterapeuta.Lembrando que as vagas estão distribuídas entre as funções de assistente social, bibliotecário, contador, fisioterapeuta, musicoterapeuta, nutricionista, orientador educacional, pedagogo, psicólogo, psicopedagogo, supervisor de ensino, inspetor de alunos, auxiliar de creche e professor em várias áreas.Do total, 5% das chances são reservadas a portadores de deficiência. As inscrições podem ser realizadas até o dia 6 de janeiro, das 9h às 17h, por meio do site http://www.funrio.org.br/ ou no Posto de Inscrição, no CIEP Municipalizado Gladys Teixeira, que fica na Rua Barão de Barcelos, 295, no Centro de São João da Barra. As taxas variam de R$ 35 a R$ 65.Etapas - Para todos os candidatos haverá prova objetiva composta de 40 questões, e apenas para aqueles que concorrem aos postos de professor haverá avaliação de títulos, de caráter classificatório.A aplicação dos exames está marcada previamente para o dia 24 de janeiro de 2010, no município de São João da Barra, em locais e horários divulgados a partir de 18 de janeiro.AS VAGAS ESTÃO DISTRIBUÍDAS ENTRE AS SEGUINTES FUNÇÕESnível superior – assistente social (3), bibliotecário (2), contador (1), fisioterapeuta (3), musicoterapeuta (2), nutricionista (3), orientador educacional (20), pedagogo (25), psicólogo (3), psicopedagogo (10), supervisor de ensino (20) e professor I nas áreas de educação artística (20), história (20), ciências (20), educação física (20), espanhol (15), geografia (20), inglês (20), matemática (35), música (10), português (35); nível médio/ normal – inspetor de alunos (20) e professor II para 1º ao 5º ano (36), atendimento a educação especial (7), educação infantil - creche (30) e educação infantil – pré-escola (25); nível fundamental – auxiliar de creche (20).

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Orgânicos - Certificação obrigatória só será exigida a partir de 2011

Bananeira cultivada pelo método de produção orgânica Brasília
Foto: Valter Campanato/ABr
.
A certificação obrigatória dos produtos orgânicos, que será exigida a partir de 31 de dezembro de 2010, vai além de seu objetivo – a regulamentação do mercado, inclusive com os mecanismos de controle a cargo do Estado. A exigência entraria em vigor hoje (28), mas o prazo para os produtores se adaptarem foi prorrogado até o final do ano que vem.Para os envolvidos no processo, é preciso também derrubar mitos, dos quais o principal é a crença generalizada de que os produtos orgânicos são muito mais caros do que os convencionais.Apesar da crescente demanda, a agricultura orgânica ainda ocupa pouco espaço nas 5,2 milhões de propriedades rurais do país.Dados do Censo Agropecuário 2006, divulgado em setembro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indicam que apenas 1,8% do total de produtores usam tal técnica. Os ramos mais frequentes são a pecuária e criação de outros animais (41,7%) e a produção de lavouras temporárias (33,5%). A maior parte dos produtos, no entanto, é voltada à exportação (60%), especialmente para o Japão, os Estados Unidos e a União Europeia. A preocupação com a saúde e o meio ambiente é um dos fatores que explicam o aumento da procura por alimentos orgânicos, em todo o mundo. Na produção orgânica, não podem ser usados agrotóxicos, adubos químicos e sementes transgênicas, e os animais devem ser criados sem uso de hormônios de crescimento e outras drogas, como antibióticos. Além de produzir alimentos considerados mais saudáveis, na agricultura orgânica, o solo se mantém fértil e sem risco de contaminação. Os agricultores também ficam menos expostos, já que a aplicação de agrotóxicos, sem os devidos cuidados, é nociva à saúde.Para controlar esse modo de produção, ainda com carência de dados sobre a quantidade de produtores e a área ocupada e de políticas públicas para seu desenvolvimento, o governo criou o Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (Sisorg), cujo selo será permitido a partir do momento em que o produtor estiver de acordo com as novas regras. O selo deverá estar em todos os produtos orgânicos brasileiros. A exceção é para os produtos vendidos diretamente por agricultores familiares.

domingo, 27 de dezembro de 2009

Show do Padre Fábio de Melo leva milhares de pessoas à Praça de São João Batista

O telão acabou sendo a única opção para quem não conseguiu visibilidade do palco de show. (Foto: Blog do Paulo Noel)
O show de Fábio de Melo, além do espetáculo de público e de carisma do padre cantor, serviu também de alerta para Secretaria Municipal de Turismo da prefeitura de SJB de que eventos de nível nacional não são mais viáveis na Praça de São João Batista. Além de falta de espaço e conforto para o público, muita gente acaba assistindo ao show pelo telão ou ouvindo na rádio local, no caso a Rádio Barra FM, que fez a transmissão ao vivo. Após a apresentação do show esse era o consenso entre muitos sanjoanenses e turistas. A indagação de todos era uma só: será que não temos outra área onde este tipo de show possa ser realizado, onde o público possa ter melhor visibilidade? Muita gente deixou de assistir, preferindo ficar em casa porque já sabe o que vai encontrar: desconforto e mal humor de quem procura o melhor espaço e não encontra no espremido corredor humano que se forma a Avenida Joaquim Thomaz de Aquino Filho em São João da Barra.

Contra a vistoria anual de veículos do Detran

Projeto de João Pedro ganha força na Alerj

A vistoria anual de veículos está com os dias contados no Estado do Rio de Janeiro. Tramita na Assembleia Legislativa do Rio - Alerj, o Projeto de Lei nº 1190/2007, de autoria de João Pedro (foto) que cria o Licenciamento Eletrônico de Veículos.- O Rio é o único estado da federação que obriga os donos de veículos a comparecer, anualmente, a um dos 44 postos de vistoria do Detran. Com o licenciamento eletrônico, a população ganhará em comodidade e facilidade, podendo fazer tudo pela Internet. O Estado também vai ganhar, economizando mais de R$ 9 milhões por mês com prestadores de serviços - disse o deputado.De acordo com a justificativa do projeto, há um verdadeiro "aluguel" de itens de automóvel com o objetivo específico e temporário de aprovação na vistoria. Após a aprovação, os veículos, deficitários, voltam às ruas.- É por isso que a vistoria anual é ineficiente. O correto é vistoriar os carros no dia-a-dia, nas ruas. A atual vistoria gasta recursos do povo e o tempo do cidadão. Já está mais do que comprovado que esse modelo não gerou uma melhora na qualidade dos veículos que vemos nas ruas - disse o parlamentar, reafirmando as vantagens do licenciamento eletrônico: - Após o pagamento da taxa, o novo documento de licenciamento será entregue na casa do dono do veículo, em prazo determinado, pelos Correios. Esse sistema existe em quase todos os Estados brasileiros e permite licenciar o veículo de forma on-line - afirmou o deputado.População apóia a medidaA proposta de instituir o licenciamento eletrônico de veículos vem sendo aprovada pela população. Para Andiara Vilhena, a vistoria é um transtorno para a sociedade. “Além disso, todos conhecem as ilegalidades das vistorias e os postos que 'dão um jeitinho' para termos os carros aprovados", afirmou. Já o advogado Sérgio Vieira questiona o destino do valor das taxas pagas. “Dou total apoio para o projeto se tornar lei. O nosso dinheiro vai para onde no Detran?".
Parlamentar estuda proposta em relação ao IPVA
Além de sugerir o licenciamento eletrônico de veículos, o deputado João Pedro pretende apresentar uma proposta para equiparar o valor do IPVA pago no Rio de Janeiro em relação a outros Estados. “Temos informações de que existe um grande número de pessoas, principalmente das regiões Norte e Noroeste do Rio, que emplacam veículos no Espírito Santo e em Minas Gerais devido ao valor do IPVA. Comecei a estudar uma proposta para apresentar na Alerj de forma a equiparar esse valor e garantir que as pessoas emplaquem os carros no Rio de Janeiro, o que vai permitir o aumento da arrecadação estadual, além de gerar comodidade à população”, concluiu o deputado.
.

Meu comentário

Geralmente o Estado, os Governos, não concordam em perder receitas. Além do mais podem até surgir projetos como o do Deputado João Pedro. Mas, no momento da votação vem a questão: quem tem maioria da Alerj? Com certeza o Governador vai orientar a Liderança na Casa a convencer seus Pares a não aprovarem a matéria. É simples: o Governo não gosta de perder receita. Se puder, apóia um projeto para aumentar ainda mais o IPVA. Essa é minha opinião. Com relação a vistoria está mais do que provado que não está servindo para nada. É só dar uma boa olhada em nossas cidades: muitos carros estão sem condições de rodar. Vistoria tem que ser feita, a meu ver, todos os dias nas ruas pela Polícia. Mas é lamentável que o Estado do Rio seja o único da Federação que ainda realiza vistoria e cobra um IPVA tão caro. Mas acho que é sempre bom discutir e avançar. Uma boa oportunidade é agora em 2010, com as eleições. Veja o programa de governo do candidato ao Governo do Estado. Peça para incluir a redução do IPVA. Apesar de tudo vamos acreditar, mobilizar entidades e exigir do futuro Governo que reveja essa situação do IPVA e da vistoria. (Paulo Noel)