Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sábado, 13 de dezembro de 2008

Mais imagens do Complexo Portuário do Açu capturadas pelo Blog do Paulo Noel

Leia aqui mais informações sobre o Complexo Portuário do Açu em SJB.


Visão do centro de visitantes da LLX onde toda a comitiva foi recepcionada com a exibição de um vídeo focalizando o andamento das obras do Complexo Portuário do Açu. Neste mesmo local, foi servido um coquetel aos visitantes.

Antonio Neves, chefe de gabinete de Carla Machado, Paulo Noel, Ninil e Gomes. Na foto seguinte Carla Cardoso de O Diário ouve Romeu Rodrigues gerente Geral de Operações da LLX. (Correção: a jornalista da foto com Romeu Rodrigues é Débora Batista de "O Diário". Carla Cardoso é do Monitor Campista. Peço desculpas pela falha e agradeço ao internauta que me chamou atenção)

Visão da área da ponte que vai avançar 3 quilometros para o mar.

Gomes, segurança do Beto, Beto Azevedo, o irmão Ninil, Dudu filho do Beto e a filha do Ninil. O ônibus chega ao Centro de Visitantes: Carla Machado, Rosinha Garotinho e Beto Azevedo.

O que está pronto da ponte do Complexo Portuário do Açu. No gabinete da prefeita Carla Machado, o diretor executivo da Câmara de Comércio Brasil-China, Carlos Eires.

Prefeitos eleitos visitam obras do Complexo Portuária do Açu em SJB

Em mar aberto as obras avançam com uma ponte com pilares de cerca de 50 metros.


A prefeita de São João da Barra Carla Machado recebeu, ontem, 14-12, sexta-feira, em seu gabinete e depois no Complexo Portuário do porto do Açu, a visita dos prefeitos eleitos de três municípios do Norte-Fluminense e a imprensa regional. O objetivo da visita foi conhecer as instalações do porto do Açu. O Blog do Paulo Noel e a Rádio São Francisco FM faziam parte da comitiva visitante. Essa foi a primeira vez que visitamos o complexo portuário. Trata-se de um investimento que impressiona principalmente a quem chega pela primeira vez. Diante daquela obra gigantesca dá para ficar analisando do que é capaz o homem com sua inteligência aliado a evolução tecnológica. Em mar aberto as obras avançam com uma ponte com pilares de cerca de 50 metros.

No gabinete da prefeita Carla Machado

O diretor executivo da Câmara de Comercio e Indústria Brasil-China, Carlos Eiras, presente ao encontro, disse que China é o segundo parceiro comercial do Brasil. O primeiro são os EEUU. “Se você não tiver um negócio com a China hoje com certeza vai ter amanhã”, diz. De acordo com Eiras a próxima meta do Câmara de Comercio e Indústria Brasil-China é implementar cursos do idioma mandarim no Brasil. “A língua chinesa é uma língua da família sino-tibetana. Existem vários dialetos, dos quais o Mandarim é o mais importante”, disse. Segundo ainda Eires, 30 milhões de brasileiros falam o idioma mandarim hoje. “Num período de oito anos esse numero deve aumentar para 100 milhões”, diz.
A expansão do mercado chinês e o conseqüente crescimento das exportações ao país estão determinando uma nova tendência no campo e nas cidades brasileiras: o estudo do chinês mandarim, língua oficial da China. Em todo o mundo, a língua chinesa é uma das mais procuradas na atualidade.

Ponte João Figueiredo.
O gerente geral de operações da LLX disse, no encerramento de seu pronunciamento ao exibir um vídeo sobre o Complexo Portuário do Açu, que há interesse da LLX em ver concluída as obras da inacabada ponte João Figueiredo que liga SJB a SFI. “Exportamos, pelo porto de Tubarão em Vitória grande quantidade de granito, produto que pretendemos, com a conclusão das obras da ponte, exportar pelo Porto do Açu”, disse.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Carla convida colegas prefeitos eleitos para visita as obras de consrução do porto do Açu

A convite da chefe do Executivo de São João da Barra, Carla Machado, os prefeitos eleitos de Campos dos Goytacazes, Rosinha Garotinho, São Francisco de Itabapoana, Beto Azevedo, e o prefeito reeleito de Quissamã, Armando Carneiro, estarão visitando, nesta sexta-feira (12), as obras de construção do porto do Açu. O encontro será, às 11h, na sede da prefeitura sanjoanense, de onde seguirão para o canteiro de obras.

O motivo da visita deve-se, de acordo com Carla Machado, ao fato do porto ser uma referência regional em termos de desenvolvimento, englobando nesse contexto os três municípios vizinhos. Essa é a primeira vez que autoridades de outros municípios fazem uma visita oficial ao local.

O Porto do Açu é o maior empreendimento que acontece no Brasil na área de logística marinha. É comparado ao de Roterdã, na Holanda. O orçamento é de R$7 bilhões, sendo que mais de R$1 bilhão já foi gasto até o momento, na primeira fase das obras. A previsão é de que o porto entre em operações no primeiro semestre de 2010, podendo embarcar 26,5 milhões de toneladas de minério de ferro por ano.

O porto tem possibilitado diversos investimentos na região. Segundo o secretário municipal de Planejamento, Victor Aquino, em breve a LLX investirá R$37 milhões em obra nas estradas. A prefeitura exigiu e a empresa concordou em diminuir os impactos sofridos no local pelo tráfego freqüente de máquinas pesadas. A Estrada do Galinheiro sofreu, recentemente, melhorias que custaram R$2,5 milhões. Com o restante do valor, serão construídos trevos de acesso na BR 101 para facilitar o transporte de pedras para a construção do píer. A BR 356 receberá melhorias. A RJ 240 sofrerá recapeamento. Estradas municipais também serão calçadas, num total de 24 quilômetros. A empresa também ampliará melhorias nas unidades de saúde de Mato Escuro e Açu, além da criação de uma área de preservação ambiental.

Audiência pública apresentará as alterações do mapa de zoneamento de SJB

Decreto do Governo do Estado criou Distrito Industrial

São João da Barra vai passar a contar com mais três distritos – 2º, 3º e 4º. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (11) pela assessora da secretaria municipal de Planejamento, Doralice Maria Gonçalves. Segundo ela, a nova divisão distrital ficou definida no Plano Diretor Municipal de 2006. Os três distritos que já existem, 1º, 5º e 6º, continuarão com suas confrontações antigas. Sexta-feira (12) uma audiência pública no auditório da Prefeitura, apresentará as alterações do mapa de macro zoneamento da cidade, às 19h. Desde a emancipação de São Francisco de Itabapoana, em 2006, o município ficou com uma lacuna distrital, já que 2º, 3º e 4º distritos pertenciam ao antigo sertão sanjoanense.
"A prefeita Carla Machado sabe da importância dessa nova divisão distrital, como forma de ordenamento espacial. O município demarcou os novos distritos através de coordenadas geográficas de confrontações. Isso apresentaremos na audiência pública", explica Doralice. De acordo com ela, toda a sociedade civil foi convidada a participar da audiência pública, publicada na edição da última quarta-feira do Diário Oficial do município. Ela informou ainda que é prevista a saída de um ônibus do 5º distrito e outro do 6º, transportando moradores dos locais.

Além disso, o Diário Oficial do Governo do Estado publicou no último dia cinco, um decreto criando o Distrito Industrial de São João da Barra em uma área com 7.329 hectares que irá abrigar lotes de terrenos na região do Açu, onde está sendo implantado o porto, lá, empresas poderão se instalar. "Com isso, o município teve que definir um novo zoneamento ampliando a área industrial, antes só existia na zona do porto do Açu", disse. Após a audiência pública, o projeto para apreciação e votação.

Verão 2009: Internauta de Grussai sugere à prefeita de SJB destinação de área para shows e eventos no chamado "Oval do Tele Santana"

Grussaí, Sao Joao da Barra-RJ. Verão 2008/2009 e seus eventos.
O internauta Salvador Arêas enviou sugestão, através do Blog do Paulo Noel, a prefeita Carla Machado sugerindo a destinação de uma área para shows e eventos, na orla do Bairro Nossa Senhora de Aparecida, no chamado "Oval do Tele Santana", compreendido entre a Rua da Ponte e a Rua da Creche. Diz ainda que seria ideal o local devidamente iluminado e com sanitarios quimicos, naturalmente respeitando-se o que determina o meio ambiente. Com isso iriamos "desafogar" o transito no inicio das Avenidas: Santo Amaro e Afonso Nunes, que no Carnaval 2008 foi um tumulto só. Quem desejar votar a favor ou contra essa ideia, é só acessar no ORKUT, a Comunidade:"Grussai-Lagoa:Melhorar pra que?". Salvador V. Arêas(Dodo Areas) - Campos dos Goytacazes/RJ

De quem é esta criança?

Projeto Aconchego procura pelos pais desta criança.
Chegou ao Blog do Paulo Noel um apelo da presidente do Projeto Aconchego, Soraya Pereira, que coordenada um grupo de apoio à adoção e ao apadrinhamento na cidade de Brasília, para que os internautas ajudem a localizar os pais desta criança. Segundo Soraya a campanha para localizar os familiares da criança começou após constatar a veracidade do fato com a diretoria do Abrigo 'Nosso Lar'. Soraya é que conta como conheceu o menor: “Em novembro, foi encontrada na rua, uma criança de aproximadamente dois anos muito bem cuidada e muito bem vestida”. Disse se chamar Tiago. Levado ao juizado, foi encaminhado ao 'Nosso Lar', onde trabalho. Temos informações de que diligências foram feitas na região onde a criança foi encontrada, e nada. Todas as delegacias notificadas, e nada. Não foi possível nenhum tipo de informação dessa criança. Como o tempo está passando, ela logo será encaminhada para adoção, mas não acredito que não tenha ninguém nesse mundo, pois quando ele chegou chorava muito e apresentava bons costumes. Já tentei com um amigo na Globo veicular a sua imagem, na tentativa de localizarmos a sua família, mas não é possível, pois a política da Globo não permite a divulgação de crianças desaparecidas, o que não é o caso, pois essa é “aparecida”. Segue foto da criança que foi encontrada em Brasília, mas pode ser de qualquer lugar do País.

O Nordeste é aqui. IDH de SFI favorece inclusão do município na Sudene.

O município de São Francisco de Itabapoana-RJ, foi citado em matéria de O Dia como município de IDH- semelhante ao de cidades como Maracanaú (CE). O projeto do deputado Hugo Legal prevê a inclusão de todo o estado na Sudene, mas o argumento do IDH favorece a inclusão por lista de municípios, pois algumas cidades do Rio têm índices semelhantes a regiões do Nordeste, já contemplados pela superintendência. São Francisco de Itabapoana e Natividade, por exemplo, são municípios com índices no patamar de cidades como Santa Cruz de Cabrália (BA), Taquaritinga do Norte (PE) . É que está em tramitação na Câmara dos Deputados projeto de lei que inclui o Rio na Sudene. Como a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste abriga também municípios do Espírito Santo e de Minas Gerais, castigados por climas que prejudicam o desenvolvimento agropecuário, associações, produtores e representantes de municípios do Norte e Noroeste fluminense também reivindicam a inclusão para obter benefícios fiscais e financiamento. Leia mais aqui.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Carla Machado participa de reunião em Brasília com Ministro Mangabeira Unger e mais 50 prefeitos

Apenas 50 municípios brasileiros foram convidados para a reunião. O município sanjoanense estava lá representado pela prefeita Carla Machado.



Carla Machado com os Ministros Mangabeira Unger e Patrus Ananias após a reunião.

O ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Roberto Mangabeira Unger, se reuniu nesta terça-feira (09), com 50 prefeitos do Brasil para tratar de assuntos relativos à gestão pública e São João da Barra foi um dos participantes.
“Ficamos felizes por nosso município ocupar esta posição estratégica. Isso mostra que estamos no caminho certo de um desenvolvimento sustentável que visa a qualidade de vida do cidadão, em todas as áreas, principalmente em Educação, Saúde e Assistência Social”, ressalta a prefeita.
Organizado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) e pelo Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM) a reunião teve como tema "As políticas públicas e o cidadão: uma visão federativa". Participaram além de Unger, o ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, e parlamentares.
Para o ministro Mangabeira, a melhor maneira para se atingir um patamar satisfatório na gestão é a aplicação simultânea das agendas do século 19, com a constituição de uma burocracia meritocrática; do século 20, com a introdução do método gerencial no setor público; e do século 21, com a democratização do poder público e as parcerias com a sociedade. "A temática da gestão pública continua marginalizada no Brasil. Precisamos descobrir como levar essa temática para o centro do debate e mudar o cenário da gestão pública", afirma.
Ainda segundo Mangabeira, os prefeitos desempenham papel central na discussão sobre a gestão e a flexibilização do federalismo. "A nossa tradição no Brasil é uma repartição rígida de competências entre o governo federal, os estados e os municípios. Para resolvermos nossos problemas, precisamos desenvolver um novo estilo de colaboração federativa, em serviço da construção de um novo modelo de desenvolvimento", aponta o ministro.
Debates, painéis e exposições fizeram parte da programação. “O importante é que todos os prefeitos presentes expuseram suas experiências à frente de suas cidades. Aprendemos muito e também mostramos que apesar de estarmos em um município pequeno, temos muito a oferecer ao país, em termos de desenvolvimento, crescimento com o cooperativismo e ações voltadas para a qualificação da mão-de-obra local”, finaliza Carla. (Matéria de Bruno Costa)

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Sobre entrevista com Paula Virginia

Internauta Ruy Temberg envia comentário sobre matéria em que entrevistamos a jornalista Paula Virginia. Tomamos a liberdade de postar, vamos assim considerar, "na primeira página do Blog" como forma de homenenagem a jornalista. Grande abraço Ruy. Continue interagindo com a gente.
Caro Paulo Noel, parabéns pela matéria e por ter escolhido a Paula Virgínia como sua entrevistada. Essa jornalista é figura conhecida e amada por todos de Santa Clara. Ter a Paula como freqüentadora de Santa Clara é motivo de muito orgulho para os moradores, pois a relação da Paula com a nossa praia é mesmo muito antiga e de puro amor. Tanto amor, que fez com que ela construísse em Santa Clara a sua casa de veraneio e descanso. Durante a alta e baixa temporada a Paula é fácil de ser encontrada por ali e sempre nos encanta com o seu bom papo e bom humor. É de pessoas assim que São Francisco precisa! Parabéns pela matéria! Um forte abraço,Ruy Temberg

Paula Virginia: uma campista apaixonada por Santa Clara

A jornalista Paula Virginia foi alvo de homenagens na Rádio São Francisco FM, pelo "Dia do Colunista Social".

O jornalista e locutor Vinícius Berto conversa com Paula Virginia

Pose para as fotos: Paula Virginia hoje foi a notícia. Ao seu lado a mãe Mercedes.
______________________________________________________
Sempre atuando nos bastidores da notícia, a jornalista e colunista social do Monitor Campista, Paula Virginia, foi à entrevistada da Rádio São Francisco FM nesta segunda-feira, 08, justamente na data em que se comemora o Dia do Colunista Social. Paula Virginia que tem uma relação de amor e paixão por Santa Clara, descobriu a praia há 20 anos. “Trabalho em Campos, mas é aqui em Santa Clara onde construí minha casa-de-praia e curto os finais de semana e feriados, sempre que surge oportunidade”, diz. E foi no feriado de Nossa Senhora da Conceição que encontramos a Paula pelo centro da cidade de São Francisco de Itabapoana. Na rádio São Francisco FM, no programa “Show da Galera”, Paula conversou com Vinícius Berto e Paulo Noel sobre o Dia do Colunista Social. Ainda existe algum preconceito com relação à coluna social? Paula foi enfática. “Felizmente este estigma esta sendo vencido”, diz com experiência de quem atua na área há 28 anos. “Quando comecei era assim. Mas com o passar dos anos, este espaço nobre da comunicação foi se transformando”, diz. Para concluir o assunto, Paula Virginia, cita uma frase do colunista Zózimo Barroso do Amaral de que a “coluna social é um jornal dentro do próprio jornal”. Lembrou também de nomes como Hildegard Angel e Ricardo Boechat. Sobre o município de São Francisco de Itabapoana Paula Virginia espera que, a partir de 2009, com o prefeito eleito Beto Azevedo possa haver a transformação de que tanto espera a população. Paula Virginia que ganhou notoriedade como jornalista no Monitor Campista teve, também, uma experiência em tevê como apresentadora de um informativo na Tevê Norte Fluminense. Define o jornal Monitor Campista como um órgão de imprensa com amplo conteúdo jornalístico, aliado a um competente designer gráfico. Mas, segundo Paula Virginia, antes de alcançar essa era de modernidade tecnológica, já passou também pela época em que o jornal era feito em máquinas linotipo e a fotos transformadas em clichês. “Quero aproveitar para parabenizar meus colegas colunistas sociais de Campos e Região”, concluiu Paula.

domingo, 7 de dezembro de 2008

Delegado doa 50 livros “O Outro Mundo” para campanha de criança com leucemia

Cada livro será vendido a R$10,00 com renda exclusiva para a família de Alessandro
A campanha em prol de Alessandro Campos Chagas encetada pela Rádio São Francisco FM no dia 2 de dezembro, ganhou mais um reforço. Esta semana, o delegado-escritor, titular da Delegacia Civil de São João da Barra, Dr. Carlos Alberto de Andrade Souza, aderiu à campanha doando 50 livros de sua autoria “O Outro Mundo” ao custo de 10 reais cada livro. “Tomei conhecimento do caso do menino com leucemia pelo Blog do Paulo Noel e fiquei sensibilizado”, disse o delegado. Os livros serão entregues numa visita que o delegado-escritor fará a São Francisco de Itabapoana em data a ser anunciada aqui. Leia mais sobre a campanha aqui.

Lançamento de “O Outro Mundo” em São João da Barra

No próximo dia 11 de dezembro, às 20 horas, Carlos Alberto de Andrade Souza lança “O Outro Mundo” em São João da Barra com noite de autógrafos no Palácio Cultural Carlos Martins. A renda do livro, no valor de R$10,00, será revertida para o Retiro São João Batista de São João da Barra.

Placa informando custo de reforma de abrigo de passageiros pichada por vândalos

A nova rodoviária de São Francisco de Itabapoana conhecida como "marquise"

No centro da cidade de São Francisco de Itabapoana, uma placa com informações do custo de uma reforma de abrigo de passageiros, com a imagem de pichação e vandalismo que não aprovamos. Quanto ao custo da reforma, só um engenheiro civil ou arquiteto para avaliar o projeto, para saber se foi caro ou não. Por se tratar de uma reforma, foi apreveitado bancos, alicerce e colunas do antigo abrigo com banheiros.