Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Quiosques do litoral de SFI. Opinião enviada ao Blog

Prezado Paulo Noel e leitores do Blog,O fantasma da demilição do quiosques assombra nossas praias há tempo, mas parece que agora ele está prestes a se materializar. Sei que a lei deve ser cumprida, entretanto isso deveria ser julgado até a última instância, pois deixar que essa decisão judicial logo executada não seria arbitrário demais?Em janeiro de 2007 os quiosques completaram 10 anos e somente agora que foram vistas as irregulariedades?Pelo que vejo, nosso município regredirá 10 anos se os quiosque da orla forem demilidos. Parece é que estamos em meio a um fogo cruzado entre vaidosos políticos. O atual governo é incapaz de nos ajudar a corrigir os erros do antigo governante!! Para ilustrar isso, uso a ponte da amizade como exemplo. Desde sempre reclamam que a ponte apresenta irregularidades, mas nada se faz para que esta esteja de acordo com as normas vigentes. O mesmo acontece agora com os quiosques do litoral de São Francisco. A prefeitura não abriu concurso para a fiscalização de postura? Onde estão esses concursados? Porque nunca agiram sobre os quiosques? Como não é possível candidatar-se a reeleição, estão querendo fechar com um "Grand Finalle". E quem paga o preço, em todos os sentidos, somos nós do povo. Estão alegando que as fossas dos quiosques são ineficientes e que estas poluem o meio ambiente. Pois bem... Se observerem atentamente, no outro extremo do calçadão existem casas, bares, pousadas e restaurantes. Para onde vão os degetos desses estabelecimentos? Para as fossas, claro. E muitas dessas fossas estão a menos de 50 metros das fossas dos quiosques. Será que vão derrubar todo o quarteirão da beira mar??? Gostaria que alguém me respondesse isso. Outras praias não terão seus quiosques demilidos pois possuem rede de esgoto. Então a prefeitura da nossa cidade não investe em saneamento básico e por isso os proprietários de quiosques perdem seu ganha pão? A vegetação que foi destituída não é de responsabilidade dos donos dos quiosques. Em Santa Clara pelo menos, todos os meses começam novas construções e muitos carroceiros retiram barrancos de areia para vender para os donos das obras. Os proprietários dos quiosques serão responsabilizados por esses atos também? Não sou hipócrita ao ponto de dizer que os donos de quiosques não tenham nenhuma culpa e que não excederam ao projeto inicíal. Muitos ampliaram os seus comércios, sei disso. Entretanto, acho muito mais fácil corrigir os erros do que ter que começar novamente do zero. Atenciosamente,Ruy Temberg.ruytemberg@yahoo.com.

Em Porciúncula idoso terá boletim com informações sobre sua saúde em caderneta criada pela Prefeitura.

A Secretaria Municipal de Saúde lança,na próxima sexta,dia 29-09, às 10h, no pátio da Prefeitura, a Caderneta do Idoso, um boletim com todas as informações sobre a saúde dos idosos do município.

A Caderneta do Idoso, a exemplo do Cartão da Criança, será o meio de conhecimento sobre a saúde, com informações sobre medicamentos, vacinas, consultas médicas, tratamentos realizados e outras que permitem o controle e o acompanhamento do estado de saúde do idoso.

Para que o idoso seja monitorado em qualquer Posto de Saúde ou médico que ele for, é necessário que ele faça um cadastro no PSF do bairro onde mora e peça a Caderneta do Idoso. Qualquer pessoa com mais de 60 anos deve procurar o PSF para se cadastrar para ter sempre por perto um registro de sua saúde.

O evento de lançamento da Caderneta do Idoso começa com uma caminhada saudável dos idosos até a Prefeitura Municipal. Lá, o Prefeito Carlos Sérgio, e o Secretário de Saúde Saulo Calzolari, entregarão as primeiras cadernetas aos idosos de Porciúncula.

Participe conosco deste evento, informe e encaminhe os idosos de sua família para a retirada da Caderneta do Idoso

SFI comemora semana do idoso com desfile em Guaxindiba.


As comemorações pela Semana do Idoso tiveram início em São Francisco de Itabapoana na segunda-feira com um desfile na localidade de Guaxindiba. Estiveram presentes grupos da Terceira de Guaxindiba, Coréia, Sonhos e Barra do Itabapoana. O evento contou com a participação, também, da banda de Fanfarra banda municipal de Fanfarra, formada por jovens que integram o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti).
A programação teve continuidade ontem com um outro desfile, desta vez na localidade de Barra do Itabapoana. Hoje, quinta e sexta-feira os desfiles acontecem, respectivamente, em Gargaú, na sede do município e em Praça João Pessoa. Um evento fecha a Semana do Idoso, sábado, no auditório do Colégio Estadual São Francisco de Paula, no centro da Cidade, a partir das 14h
São Francisco de Itabapoana possui hoje diversos grupos da terceira idade, totalizando aproximadamente 500 integrantes, que se reúnem no Centro de Convivência Nágime Jorge Abílio. Inaugurado no ano de 2003 pela prefeitura, o local disponibiliza uma série de atividades, como bailes e aulas educação física.
Também são oferecidos aos idosos manicure, cabeleireiro e sala de jogos. A prefeitura oferece transporte a todos os grupos da terceira idade que freqüentam o Centro de Convivência.

Começa a chegar o maquinário no canteiro de obras do Porto do Açu


A prefeita de São João da Barra, Carla Machado, o gerente geral do Porto do Açu, Romeu Rodrigues e o superintendente de obra do consórcio ARG-Civilport, Tadeu Brito Ribeiro, estiveram nesta segunda-feira (24) recepcionando as primeiras máquinas que serão utilizadas na montagem do canteiro de obras para construção do Porto do Açu e asfaltamento de 26 Km com início na estrada de Caetá.
O superintendente de obra da ARG, Tadeu Brito Ribeiro, informou que já se encontram no local várias máquinas entre elas: trator de esteira, pá carregadeira, moto niveladora e escavadeira. “Ainda esta semana estaremos recebendo outras máquinas como: rolo compactador, caminhão pipa e moto Scraper, entre outras”, disse.
A prefeita Carla Machado ressaltou que com a chegada do maquinário começa a sair do papel um dos mais importantes empreendimentos do país que vai representar o desenvolvimento não só de São João da Barra, mas de toda a região.
O gerente do Porto, Romeu Rodrigues, destacou que a princípio serão iniciadas simultaneamente a montagem do canteiro de obras e a construção da estrada. “A terraplanagem para instalação do canteiro será feito numa área de aproximadamente 210 mil metros quadrados e o asfaltamento de 26 km de estrada, que ligará a entrada de Caetá até a área do canteiro, será elevada a uma altura de um metro”, explicou.
– Já iniciamos os serviços topográficos para marcação do canteiro de obras e estrada. A nossa previsão é de que a partir da semana que vem as máquinas já estejam operando – comentou Tadeu acrescentando que os serviços deverão durar de 5 a 6 meses gerando 400 empregos diretos.
Segundo Romeu depois que o canteiro estiver pronto abrigará central de concreto, central de forma, central de ferragem, área de fabricação de estaca para execução dos trabalhos do Píer e Quebra Mar, instalações administrativas, além de toda infra-estrutura necessária para construção do Complexo Logístico do Açu.

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Do Blog do NOBLAT


Sequestro relâmpago em SFI com roubo de carro e dinheiro. Bandidos fugiram

Bando faz reféns, rouba carro e dinheiro e foge -- Fato aconteceu em Praça João Pessoa e Nova Belém (SFI). O carro tombou o poste com a batida.) Texto e fotos do Jornal Folha da Manhã. Reportagem de Sandra Santos Email: sandra@fmanha.com.br

O auxiliar administrativo da Prefeitura de São Francisco de Itabapoana Rogério Albuquerque de Mercês, 30 anos, e a esposa, Liliane Polbel Oliveira, 32, foram vítimas de um seqüestro relâmpago na tarde de ontem, no distrito de Praça de João Pessoa. Com o carro do casal, o bando ainda rouba cerca de R$ 3 mil de funcionário de uma rede de supermercados da região e, na fuga, colide com poste. Os três bandidos, então, escaparam a pé por um canavial. Do casal, os ladrões levaram, ainda, R$ 360 e um celular.
O casal, que acabara de chegar de Rio das Ostras, onde foi passar o final de semana com a família, estacionava o Corsa LNI 1658 em frente a uma agência bancária, no centro de Praça, quando dois homens em uma moto e usando capacete pararam ao lado e, armados com pistolas, colocaram Rogério na porta-malas do veículo, enquanto Liliane era mantida no banco de trás. Quilômetros à frente, ela foi abandonada em um matagal. — Eles, que já haviam agredido meu marido, ameaçaram matá-lo, caso eu ligasse para a polícia. Na hora, não pensei em nada. Corri e gritei, até que encontrei a estrada que liga Praça a São Francisco. Fui à minha casa, peguei a moto e tentei refazer o percurso. Eu só queria encontrar Rogério. Quando o vi andando na pista, agradeci a Deus por estar vivo — contou Liliane na 147ª DP (SFI).
Seis quilômetros depois de deixar Liliane e com Rogério ainda na mala, na localidade de Baixinha, os bandidos assaltaram, com apoio de um terceiro comparsa, o entregador de uma rede de supermercado Marcos Luiz Fernandes Xavier, 41, que ficou sem o malote com cerca de R$ 3 mil em dinheiro e cheques da empresa. Na fuga pela RJ 224, os bandidos, em alta velocidade, perderam o controle da direção do carro e bateram em um poste, na localidade de Carrapato. Com o acidente, os três bandidos, que já haviam abandonado a moto, fugiram por canavial