Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sábado, 15 de agosto de 2009

Roberto Moraes em "Falando Francamente"

Herval Machado entrevista Roberto Moraes, professor engenheiro do IFF e dono do blog mais acessado de Campos. Assista a reportagem completa próxima segunda-feira, as 18 e 21h, na MULT TV, canal 8 da Via Cabo.

Cedae vai investir R$14,2 milhões em SJB

Além da perfuração de cinco novos poços para captação serão construídos seis reservatórios que abastecerão uma rede com extensão total de aproximadamente 80 mil metros.
Foto: Secom.
.
No próximo dia 25 técnicos da Prefeitura de São João da Barra e da Cedae – Companhia Estadual de Água e Esgoto iniciarão o detalhamento técnico para a concessão do abastecimento de água no Município. A reunião faz parte do cronograma que o poder público municipal e a companhia estabeleceram para os investimentos visando melhorar a infraestrutura local em razão da demanda originada pela construção do Complexo Logístico do Açu.
Ontem o presidente da Cedae, Wagner Victer, apresentou à prefeita Carla Machado os projetos que já estão em fase de captação de recursos junto à Caixa Econômica Federal. Juntos esses projetos totalizam R$ 14,2 milhões em investimentos, com quase cinco mil novas ligações beneficiando aproximadamente 30 mil pessoas. Serão perfurados pelo menos cinco novos poços: dois em Cazumbá, um em Pipeiras, um no Açu e mais um em Grussaí.
Wagner Victer garantiu à prefeita Carla Machado que as negociações com a Caixa Econômica Federal estão bem adiantadas. Confiante na liberação dos recursos, Victer antecipou que a previsão inicial para implantação dos novos sistemas era de quatro anos, mas acredita que com o aporte de recursos o tempo poderá ser encurtado em até dois anos.
Os novos sistemas de abastecimento de água potável de São João da Barra têm números gigantescos. Além da perfuração de cinco novos poços para captação serão construídos seis reservatórios que abastecerão uma rede com extensão total de aproximadamente 80 mil metros.
Para a prefeita Carla Machado os investimentos são fundamentais sob o ponto de vista do desenvolvimento econômico e social de São João da Barra. Ela destacou que o município vem se preparando para o boom de crescimento, mas ressaltou a importância de reduzir ao máximo os impactos negativos que também são decorrentes de grandes investimentos como o que vem ocorrendo no Município.( Matéria: Bruno Costa - Secom - SJB)

Mais um acidente com moto durante a madrugada deste sábado em SFI

Estado de saúde do motociclista é grave.

Elder Justo Gomes 24 anos, que reside em Bom Jardim, está internado na Unidade de Tratamento Intensivo – UTI – do Hospital Manoel Carola vítima de um acidente de moto por volta das 5 horas da madrugada na RJ-224, na localidade de Volta Redonda distrito de São Francisco de Itabapoana. Segundo a moradora de Volta Redonda a dona de casa Vanessa o acidente aconteceu em frente a casa onde mora. “Fui acordada com o barulho do impacto da moto no poste em frente a minha casa”, disse. Além de Vanessa outros vizinhos acordaram e foram ver o que havia acontecido. “Às margens do asfalto já encontramos o rapaz caído na pista. A ambulância chegou rapidinho e o levou para o Hospital Manoel Carola”, disse Vanessa muito nervosa com tudo que presenciou. Elder Justo é filho de Manoel Braz conhecido morador de Bom Jardim. Segundo informações da administração do Hospital Manoel Carola seu estado de saúde é grave.

Choque de motos termina com jovem de 16 anos morto em acidente em SFI

Tomografia indicou morte cerebral do jovem de 16 anos morador de Arueira.
Duas motos se chocaram em um acidente ocorrido sábado, 14, à noite, por volta das 21 horas, na RJ-224, próximo à localidade de Santa Rita em São Francisco de Itabapoana. Das duas motos envolvidas no acidente, uma era pilotada pelo jovem Rafael Monteiro de Souza, 16, que veio a óbito e tinha como carona Renan Rosa de 17 anos, ambos moradores de Arueira. Segundo o administrador do Hospital Manoel Carola, em Ponto de Cacimbas, Herivelton Duarte e Silva Junior, Rafael e Renan foram socorridos por uma ambulância e chegaram ao Hospital por volta das 22h30m. “Rafael Monteiro foi atendido pelo médico Hober Caminha, diretor clínico do Manoel Carola. Devido ao seu estado grave, Dr. Hober foi junto com o jovem, na ambulância, direto para o Hospital Ferreira Machado”, disse o administrador. Entretanto, segundo o médico Hober Caminha, no Ferreira Machado, após exame de tomografia computadorizada constatou-se que o jovem estava com morte cerebral. “Ele foi removido novamente para o Hospital Manoel Carola aonde veio a falecer de madrugada”, disse. Renan Rosa o carona da moto está na enfermaria e não corre risco de morte. O outro envolvido no acidentado é Eduardo Augusto dos Santos 36 anos, morador de Morro Alegre que após medicado foi liberado e já esta em casa.

Mpf pede a paralisação das obras de construção do mineroduto Minas-Rio

Encaminho notícia do Ministério Público Federal
Flavia Lilian.
Fotos: www.damianicomunicacao.com.br e www.rogeliocasado.blogspot.com
Belo Horizonte. O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL (MPF) ajuizou ação civil pública perante a Justiça Federal em Belo Horizonte para impedir a continuidade das obras de instalação do Mineroduto Minas-Rio. São réus ,na ação, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), o Estado de Minas Gerais, a MMX Minas-Rio Mineração e Logística Ltda, a AngloFerrous Minas-Rio Mineração, a LLX Açu Operações Portuárias S/A, a LLXMinas-Rio Logística Comercial Exportadora S/A e o Instituto Estadual do Ambiente (INEA), do Rio de Janeiro. O Mineroduto M
inas-Rio é um empreendimento minerário composto por três elementos: a mina, de onde será extraído o minério; o mineroduto propriamente dito, com cerca de 500 km de extensão; e o porto de Açu ,construído especialmente para viabilizar a exportação do produto. A mina está localizada em Minas Gerais, o porto no Rio de Janeiro. Ligando os dois extremos, o mineroduto, que começa em território mineiro, no Município de Conceição do Mato Dentro, e termina em território fluminense, justamente no Porto de Açu, em São João da Barra/RJ. Para o MPF, é óbvio que essas estruturas não existem de forma independente; elas são indissociáveis, uma não funciona sem a outra. "No entanto, o procedimento de licenciamento foi fragmentado. Apesar de ser um empreendimento único, a mina vem sendo objeto de licenciamento pelo Estado de Minas Gerais; o mineroduto foi licenciado pelo Ibama, como se tal duto pudesse funcionar sem o minério que provém da mina, e, finalmente, o Porto de Açu vem sendo licenciado pelo Estado do Rio ,através do Inea". A fragmentação do empreendimento foi totalmente ilegal, sustenta o MPF. "Um empreendimento que irá gerar impactos em mais de uma unidade dafederação, com significativa degradação ambiental, atingindo localidade reconhecida pela UNESCO como reserva da BIOSFERA, comunidades tradicionais, áreas de Mata Atlântica em estágio primário, áreas de preservação permanentes, além do próprio mar territorial brasileiro ,deve, por força da legislação nacional, ter o processo de licenciamento conduzido pelo Ibama. Em inusitada decisão administrativa, o empreendimento foi fracionado, gerando graves consequências.", sustenta a procuradora da República Zani Cajueiro Tobias de Souza. O MPF entende que o fracionamento ocorreu para driblar os diversos entraves ambientais que certamente teriam de ser enfrentados num procedimento de licenciamento único. No caso do Ibama, há ainda a agravante de que as licenças do mineroduto foram concedidas de forma açodada, inclusive com lacunas no EIA/RIMA, o qual foi analisado por equipe técnica multidisciplinar sem a formação exigida. Impacto em Mata Atlântica e em 600 cursos d'água O mineroduto, licenciado pelo Ibama, será construído em plena Serra do Espinhaço, uma área de extrema relevância ambiental que foi inclusive
declarada Reserva da Biosfera pela Unesco. Ele irá atravessar uma bacia hidrográfica de grande importância, impactando significativamente em cerca de 600 cursos d'água e, até, no próprio mar , já que a água que levará o minério será despejada no oceano através do Porto de Açu. E o que é mais grave: há ausência de informação, mesmo após a concessãoda licença de instalação, do traçado final do mineroduto. O parecer que fundamentou tal licença não é claro quanto à supressão de Mata Atlântica em estágio primário e secundário avançado de regeneração, o que é absolutamente proibido. A lei exige que a supressão de Mata Atlântica primária ou secundária somente ocorra por utilidade pública ou interesse social. Como o mineroduto - empreendimento de caráter exclusivamente privado - não se enquadra em qualquer dessas previsões legais, o Ibama ,na tentativa de viabilizar o licenciamento, classificou-o como uma espécie de "acessório da mineração", ainda que os estudos de impacto tenham sido realizados de forma dissociada dos estudos da Mina.Na verdade, o Ibama foi além: concedeu a licença prévia ante ocompromisso do empreendedor de alterar posteriormente o traçado originaldo mineroduto de modo a não afetar a área de Mata Atlântica. "Ainda quese possam aceitar pequenas correções em virtude de ocorrências imprevistas, como ocorrem em qualquer obra, o traçado final é o básico para o licenciamento. Seria o mesmo que uma prefeitura conceder alvará para construção sem projeto. Ou seja, após a concessão da licença,restou ao alvedrio do empreendedor apresentar o traçado final do mineroduto, sem maior controle por parte da autarquia federal", afirma aprocuradora Zani Cajueiro. Em audiência pública realizada no Município de Alvorada de Minas, o empreendedor afirmara ainda que não haveria qualquer interferência do mineroduto em patrimônio cultural e arqueológico. Contudo, após essa data, protocolizou relatório complementar ao EIA informando que o traçado do mineroduto "atingirá diretamente vários sítios históricos e arqueológicos", mas sem especificar o impacto exato do duto nessas áreas e se haveria demolição das construções históricas. As irregularidades não param aí. A atuação do Ibama acabou por facilitar também a desconsideração da existência de comunidadestradicionais na área de abrangência do projeto. Essas comunidades, como se sabe, merecem proteção especial do Estado, e não podem simplesmente ser ignoradas durante um processo de licenciamento ambiental. Sua existência foi detectada, inclusive, pela própria equipe do licenciamento estadual da Mina Sapo-Ferrugem, que propôs, como condicionante da licença prévia, um programa especial de negociação fundiária com as famílias. De acordo com o MPF, o Ibama teria chegado ao absurdo de afirmar que a autarquia não analisa impactos sociais se não for sob o enfoque dos recursos naturais, relegando tais análises a outras instituições. Na verdade, até a própria designação do responsável para realizar a análisedos impactos sociais desmascarou a formação de uma equipe multidisciplinar como exige a lei: um arquiteto, sem nenhuma formação em sociologia ou antropologia, foi o responsável pela elaboração da análisedo EIA/RIMA no que tange ao impacto social. A ação elenca ainda diversas falhas graves existentes no licenciamento estadual para a mina, desde a inobservância do zoneamento econômico ecológico de Minas Gerais até a formação inadequada da barragem derejeitos. Pedidos - O MPF pede que a Justiça conceda liminar determinando aparalisação imediata de qualquer atividade de construção do Mineroduto Minas-Rio e suspendendo os efeitos da licença prévia da Mina Sapo-Ferrugem, das licenças prévia e de instalação do Mineroduto e das licenças prévia e de instalação do Porto de Açu. Pede ainda que, ao final da ação, seja decretada a nulidade dos procedimentos de licenciamento e das licenças concedidas até o momento e que seja declarada a atribuição do Ibama para realizar o licenciamentodo empreendimento, considerando-o como um todo único e indissolúvel formado pelo conjunto Mina-Mineroduto-Porto. Maria Célia Néri de Oliveira Assessoria de Comunicação Social Ministério Público Federal em Minas Gerais. Outras notícias sobre o MPF em Minas em
http://www.prmg.mpf.gov.br/

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Resultado da enquete

Gripe A (H1N1): Você acha que o governo está correto em adiar o início das aulas?

O resultado da enquete durante três dias com a pergunta acima teve a participação de 56 internautas. A maioria considerou acertada a decisão do Governo em adiar as aulas. Lembrando, que na próxima segunda-feira, dia 17-08, está confirmado o reinício das aulas nas redes estadual e municipal. O Blog agradece aos internautas que participaram.
Sim 35 (62%)
Não 21 (37%)
Votos: 56

Dique ameaça romper em Barra do Itabapoana

Secretário de Meio Ambiente diz que governo do Estado tem que intervir.
.Fotos: Observatório ambientalista de Barra do Itabapoana.

A erosão destrói o dique às margens do Rio Itabapoana

Na Foz do Rio Itabapoana o mar já destruiu dezenas de casas.

.
Os moradores de Barra do Itabapoana que residem às margens do Rio Itabapoana, próximo à foz no Oceano Atlântico, estão preocupados com as condições precárias do dique de proteção de cerca de 50 habitações da área. Segundo a professora e ambientalista Eloísa dos Santos Rodrigues – moradora do lugar o dique está na iminência de romper no período de cheia ou de maré alta. “Estamos pedindo socorro para que não aconteça um desastre na comunidade”, disse. Segundo Eloísa, as casas correm risco de serem inundadas caso o dique rompa ou não seja recuperado urgentemente. “A maré alta e a abertura da boca da barra tem concorrido para a erosão do dique, com rachaduras em vários trechos. A situação do cais também é critica”, diz. Aliás, com relação ao cais, há informação de que um mergulhador de Guarapari no ES, no período das cheias mergulhou no Rio Itabapoana e constatou que a base do cais está toda destruída, sem nenhuma estrutura. “Caso o cais ceda a Rua Beira Rio pode ficar interditada”, disse a ambientalista.

Erosão começou com as fortes chuvas
Segundo os moradores a erosão começou no período das chuvas, depois que as águas começaram a passar por cima do Dique. Os moradores receberam a visita de dois secretários da prefeitura de SFI, respectivamente o de Serviços Públicos e Urbanos, José Carlos Silva de Azevedo e de Meio Ambiente, Lael Santos. Segundo o secretário de Meio Ambiente o investimento para recuperação do dique é muito dispendioso, no momento, para a prefeitura. “Na próxima semana vamos ao Rio de Janeiro em busca de recursos junto ao governo do Estado para as obras necessárias”, disse. Com relação a invasão do mar em áreas habitáveis, Lael Santos disse que é o resultado de ocupações irregular no litoral. Às margens do Rio Itabapoana o secretaria detectou a degradação da mata ciliar.

Emtransfi divulga calendário de cadastramento de taxistas

A Empresa Municipal de Trânsito de São Francisco de Itabapoana (Emtransfi), divulgou nesta sexta-feira (14), o calendário de cadastramento dos taxistas. O objetivo da medida é dar mais segurança a população, pois os cadastrados receberão uma carteira de identificação e que será afixada nos carros.
Para se cadastrar os taxistas deverão procurar a Emtransfi munidos de Dut, carteira de motorista, taxa de vistoria paga e nada consta da secretaria de Fazenda; os dois últimos documentos devem ser adquiridos na prefeitura. Anteriormente, a Emtransfi colocou faixas de identificação nos táxis.
De acordo com o diretor da Emtransfi, Joilson Melo, o cadastramento está em sintonia com a regulamentação dos táxis. O cadastro será feito de acordo com o número que consta no final da placa dos veículos conforme calendário abaixo:
Dia 24 – final de placa 0 e 1
Dia 25 – 2 e 3
Dia 26 – 4 e 5
Dia 27 – 6 e 7
Dia 28 – 8 e 9
Outras Medidas
Atendendo ao pedido do prefeito Beto Azevedo, as próximas ações da Emtransfi visam ordenar o transporte alternativo e a regulamentação do convencional. Na próxima semana Joilson Melo se reunirá com representantes da CDL, dos sindicatos e da sociedade civil organizada em geral para começar a estudar as políticas de transporte que serão implantadas através do Plano Viário do município.

Gripe suína causa adiamento da Campanha de Vacinação contra Poliomielite

Segunda dose da vacina será distribuída no dia 19 de setembro.
Órgão diz que adiamento não afetará saúde das crianças.

Da Agência Brasil
Brasília - A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite será realizada no dia 19 de setembro, quase um mês depois da data prevista inicialmente (22 de agosto). A mudança foi feita para evitar uma sobrecarga nos serviços de atenção básica, que atendem os pacientes com suspeita de influenza A (H1N1) – gripe suína. De acordo com a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Maria Arindelita Arruda, as crianças que precisam tomar a dose de rotina da vacina (aos dois, quatro e seis meses) devem procurar os postos de saúde na data indicada no cartão de vacinação.Segundo ela, a mudança na data da campanha não comprometerá a saúde das crianças nem o efeito protetor da vacina aplicada na primeira etapa, realizada em 20 de junho. A vacina contra a poliomielite é oferecida gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), durante todo o ano nos postos de saúde e durante as campanhas de vacinação de rotina. Os bebês devem receber a vacina aos dois, quatro e seis meses. Aos 15 meses, as crianças recebem o primeiro reforço. Mesmo assim, é importante que os menores de 5 anos de idade tomem anualmente as duas doses distribuídas na Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite. O Ministério recomenda, de forma sistemática, que crianças que estejam com febre ou alguma infecção procurem um médico antes da vacinação. A previsão do Ministério da Saúde é que ocorra uma queda gradativa no número de casos da nova gripe, especialmente com o fim do inverno no país. Com a redução da demanda, a segunda etapa da vacinação infantil poderá ser realizada sem qualquer prejuízo, em setembro. Essa etapa tem a meta de atingir cerca de 14,7 milhões de crianças (95% das crianças menores de 5 anos). A primeira etapa atingiu 95,7% do público alvo. A campanha envolverá cerca de 115 mil postos de vacinação no país. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), não há circulação do vírus da poliomielite no Brasil e em toda a América Latina, mas o Brasil mantém fluxo migratório com países onde ainda ocorre a transmissão da doença.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Secretarias de Educação e de Saúde decidem recomeçar as aulas no dia 17 no Estado

São Fracisco de Itabapoana acompanhará decisão.
Confira aqui o calendário de reposição das aulas nas escolas estaduais.
.
O município de São Francisco de Itabapoana acompanhará a decisão do Estado do Rio de Janeiro e vai retomar as aulas nesta segunda-feira (17-08). Nesse momento acontece uma reunião entre a secretária municipal de Educação e Cultura, Daise Tavares, e o secretário municipal de Saúde, Fabiano Córdova, para planejar as medidas preventivas no combate à nova gripe nas escolas municipais.
.
Em entrevista coletiva, os secretários de estado de Educação, Tereza Porto, e de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Côrtes, afirmaram que as aulas da rede estadual de ensino não serão adiadas novamente. O retorno será no dia 17 de agosto.

Segundo a secretária de Educação, os responsáveis não devem enviar os filhos gripados às escolas. As faltas serão abonadas mediante contato dos pais com a unidade de ensino, informando a situação de saúde do aluno. Neste caso, também não serão necessários atestados médicos.

Os professores serão orientados a afastar imediatamente os alunos que, porventura, apresentem sintomas de gripe durante as aulas. Estes alunos serão conduzidos a outro espaço e o responsável deverá ser contatado para buscar a criança ou adolescente no colégio. Se o estudante estiver com febre e sintomas da doença, o responsável será orientado a levá-lo para uma consulta em uma unidade de saúde.

- Desde ontem, a Secretaria está distribuindo nos colégios da rede 176 milhões de copos descartáveis, o suficiente para dois meses de utilização. Na segunda-feira, data de retorno dos alunos, todas as escolas já estarão preparadas para recebê-los -, disse Tereza Porto.

Ainda de acordo com a secretária, todos os diretores receberam orientações sobre os cuidados de higiene com os alunos, a ventilação das unidades, a lavagem das mãos nos intervalos das aulas e antes da alimentação, entre outras. Também foram distribuídas nas escolas 20 mil cartilhas, com informações sobre sintomas e transmissão da gripe.

Os 463 inspetores escolares foram treinados por profissionais da Secretaria de Saúde para dar orientação às escolas. Eles farão visitas regulares às unidades e serão multiplicadores dos procedimentos e cuidados necessários. A reposição das aulas será realizada com a utilização de oito sábados letivos, a partir de setembro, e uma semana a mais de aulas em dezembro.
.
Com informações da Secretaria de Estado de Educação

Convite

Recebemos e-mail do Wellington Cordeiro com convite da Uniflu/Fafic para aula magna de graduação superior tecnológica em logística com o palestrante Romeu Rodrigues, gerente geral de operações do Complexo portuário do Açu.

Carla Machado cumpre intensa agenda no Rio



O secretário de Estado de Habitação, Leonardo Picciani, afirmou em reunião com a prefeita Carla Machado que realizará a atualização do cadastro dos moradores da Cehab, em Atafona, e dentro de uma semana encaminhará propostas para regularização das residências, ocupadas, em sua maioria, por pescadores. Carla cumpre extensa agenda no Rio de Janeiro desde segunda-feira, onde já se reuniu com a diretoria do Sebrae e com a gerente regional da Superintendência de Patrimônio da União.

Na terça-feira (11), a prefeita se encontrou também com a cúpula da Secretaria de Estado de Educação e voltou a afirmar a necessidade de qualificar a população de São João da Barra, destacando a importância do ensino técnico. Para a secretária de Educação, Tereza Porto, a implantação de unidades de ensino médio integrado é um caminho para suprir possíveis carências diante do aumento da demanda por qualificação.

Em parceria com a Secretaria de Educação a Prefeitura vai mapear as necessidades de ensino técnico identificando a demanda que surgirá a partir do Complexo do Açu. A idéia é criar unidades em horário integral mesclando o ensino médio na parte da manhã com o técnico oferecido à tarde. No modelo de parceria, a Prefeitura oferecerá a área e o Estado construirá a unidade.

Tereza Porto garantiu à prefeita que as obras realizadas nas escolas estaduais estarão concluídas em breve e que isso não causará alteração no cronograma de aulas. O adiamento do reinício das aulas da rede pública estadual foi motivado pela gripe Influenza A (H1N1), mas uma reunião esta semana com a Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil será determinante para decidir se haverá ou não um novo adiamento.

Da Secretaria de Habitação a prefeita obteve a garantia de parceria na construção de unidades habitacionais para as camadas sociais com renda familiar até três salários mínimos. Leonardo Picciani garantiu a inserção de São João da Barra em programas do governo federal, como o “Minha casa, minha vida” que beneficia famílias com renda até esta faixa salarial. As casas são construídas em conjuntos com até 100 unidades, financiadas em até 10 anos e o valor da prestação varia entre R$ 50,00 e R$ 135,00.

Para a prefeita, Carla Machado a agenda do Rio tem sido extremamente proveitosa. Hoje (quarta-feira) ela terá reuniões com o vice-governador Luiz Fernando Pezão – em exercício da função de governador com a viagem do governador Sérgio Cabral à Europa –, com a nova diretoria da Fundação Ceperj – que realizou o concurso para profissionais da Saúde em São João da Barra e com a cúpula da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e da Codin – Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro – para tratar da desapropriação de áreas no 5º Distrito.

- Essa desapropriação é polêmica e não pode ser feita sem levar em consideração a ocupação das áreas por agricultores locais. Não se pode simplesmente chegar lá e dizer que as pessoas não residirão mais naquele lugar onde construíram as suas vidas. É preciso avaliar melhor a situação, afirma a prefeita, que se mostrou otimista. “Tenho certeza de que o secretário Júlio Bueno vai concordar comigo quando souber exatamente o que está acontecendo ali”, ressalta.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Uma idade para ser feliz

Neste início de noite, quarta-feira, 12-08, deixo aqui uma mensagem dedicada a todos que por aqui navegam que fala com profundidade sobre a idade de Ser Feliz.

A Idade de Ser Feliz

Existe somente uma idade para a gente ser feliz, somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos e ter energia bastante para realizá-las a despeito de todas as dificuldades e obstáculos. Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente e desfrutar tudo com toda intensidade sem medo, nem culpa de sentir prazer. Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida, a nossa própria imagem e semelhança e vestir-se com todas as cores e experimentar todos os sabores e entregar-se a todos os amores sem preconceito nem pudor. Tempo de entusiasmo e coragem em que todo o desafio é mais um convite à luta que a gente enfrenta com toda disposição de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO, e quantas vezes for preciso. Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se PRESENTE e tem a duração do instante que passa. (Autor desconhecido)

Constantino Fernandes comemora 50 anos

O Colégio Estadual Constantino Fernandes no Bairro do Jóquei está completando este mês 50 anos. Para comemorar a data, a direção da escola vai promover um almoço especial com professores, funcionários e convidados. A festa acontecerá na sexta-feira, dia 14 na sede do colégio.
Segundo o diretor do Constantino, professor Fernando Vasconcelos, a escola tem muitos motivos para comemorar já que o colégio tem conseguido grandes avanços na sua valorosa atividade de educar a juventude. “Atualmente são inúmeras as atividades extra-curriculares que desenvolvemos na escola, como ações educativas, culturais e esportivas que estão levando o aluno a ter mais entusiasmo com a educação e com a escola”, disse o diretor.
As comemorações serão desenvolvidas em dois momentos. A primeira etapa acontecerá nesta sexta-feira e contará com apresentações culturais, exibição de um vídeo com a história da Escola, homenagens à ex-diretores e funcionários, além de apresentação de projetos desenvolvidos pelos alunos como Banda de Fanfarra, Maculelê, Capoeira e Recital de Poesias.
Os alunos e a comunidade também terão a oportunidade de participar desta importante comemoração, mas em virtude do adiamento do início do semestre letivo, as festividades com o corpo discente acontecerão em setembro.
O Colégio Constantino Fernandes, fundado em 13 de agosto de 1959, iniciou suas atividades educacionais nas dependências do Hipódromo Lineu de Paula Machado - Jóquei Clube de Campos e, ao longo dos anos foi conquistando espaços, conseguindo sede própria e crescendo cada vez mais a capacidade de atender a comunidade. Hoje a escola possui mais de 900 alunos em três turnos, funcionando com o Ensino Fundamental, Médio e com a Educação de Jovens e Adultos – EJA.

Prefeitura publica decreto para instalação de Procon em São Francisco

A prefeitura de São Francisco de Itabapoana publicou, nesta quarta-feira (11), no Diário Oficial do município, o decreto de aprovação do regimento interno do Procon. Em 10 de junho de 1997, já havia sido publicada a lei nº10/97 que tratava sobre a organização do sistema municipal de defesa do consumidor e instituía o Fundo Municipal de Defesa dos Direitos Difusos.
O município já tem um Núcleo de Defesa do Consumidor, que funciona na sede da secretaria de Promoção Social, onde os advogados fazem o atendimento ao público. O Procon funcionará no mesmo local e contará ainda com fiscais, que atuarão junto aos estabelecimentos comerciais para fazer cumprir as normas do código de defesa do consumidor. A previsão é de implantação do órgão o mais breve possível.
Nas próximas semanas, o Procurador Geral do Município, Enaldo Barreto, se reunirá com representantes da CDL. O objetivo do encontro é conscientizar o comércio local e mostrar como será o trabalho do órgão no município. “Queremos estabelecer uma boa relação com o comércio local através da CDL. Primeiro faremos a conscientização e depois aplicaremos as sanções previstas no Código do Consumidor”, informou Enaldo.

Gripe Suína faz Prefeitura de SFI adiar Expo

A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana, como forma de prevenção ao contágio da gripe suína, em virtude da aglomeração de pessoas, adiou a exposição agropecuária em Praça João Pessoa, que seria realizada no final deste mês. Uma nova data foi marcada com a festa prevista para acontecer nos dias 17, 18,19 e 20 de setembro de 2009.

Palestra sobre vírus H1N1 hoje na Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia

A Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia (SFMC) promove nestaquarta-feira, 12, palestra sobre o vírus H1N1 com o professor da UFRJ, Celso Ferreira Ramos Filho. A presidente da SFMC, Angela Vieira, convida toda a classe médica de Campos e região. A palestra acontece às 20h, no auditório da SFMC (na Faculdade deMedicina de Campos). Mais informações: 2733-1227 / 2722-5074.

Nosso apoio ao Blog do Roberto Moraes

Estamos anunciando nosso apoio ao Blog do Roberto Moraes e já postamos nosso comentário sobre a notícia de que a Folha da Manhã acionou o Blog do Roberto Moraes na justiça pedindo indenização de 400 salários mínimos. Leia mais aqui referente ao assunto. Nosso comentário: Ao invés de procurar a justiça buscando processar o Blog penso que a Folha da Manhã , como órgão democrático e transparente como apregoa, perdeu uma grande oportunidade de postar comentários apresentando o contraditório em defesa do que foi dito. Mas por que não fez? Afinal a direção da Folha da Manhã é competente e, o jornal, tem história de trabalho jornalístico ao longo de sua existência. Bastaria, a meu ver, o contraponto, e ponto, ou não estamos numa democracia. Nunca gostei de governo que entra com notificação extra-judicial solicitando gravações de programas de rádio ou exigindo direito de resposta na mídia impressa. Fica parecendo intimidação. A constituição já garante o direito de resposta. De alguns políticos e governos, sem generalizar, tudo se espera. Entretanto de um órgão de imprensa, não dá para entender uma notificação judicial objetivando a punição de um outro formador de opinião. Se tiver errado, por favor, alguém me corrija.

Jovem encontrado morto entre Lagoa Doce e Barra

Policiais militares do DPO de Barra do Itabapoana encontraram na noite desta terça-feira (11-08-09), às 20h, na estrada velha entre as praias sanfranciscanas de Lagoa Doce e Barra do Itabapoana, o corpo do jovem Ângelo Viana, 22 anos. O cadáver foi encontrado com os pés amarrados e tinha sinais de estrangulamento. A Polícia ainda não tem suspeita da autoria e investiga se Ângelo tinha alguma rixa, envolvimento com a criminalidade ou se foi vítima da banalização da violência na região. O jovem residia em Barra do Itabapoana, em um bairro conhecido como “Favelinha”, e desapareceu na noite de domingo.

Câmara de SJB inicia trabalhos da CPI das obras

Foto: Jornal O Diário
Presidente Zezinho Camarão; o relator Kaká e o membro da CPI, Neco, iniciaram os trabalhos ontem.
.
Os vereadores membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instalada na Câmara de São João da Barra para investigar denúncias de possíveis obras pagas e não realizadas pela prefeitura, se reuniram na manhã de ontem, para definir os primeiros trabalhos a serem executados. A primeira ação dos vereadores foi solicitar que a prefeitura envie os documentos de todo o processo licitatório para a análise da comissão.

Atualizado às 08 horas: Segundo o jornal Monitor Campista em manchete na primeira página "a CPI pode convocar a prefeita Carla Machado".

Royalties: São João da Barra recebe hoje 25 milhões do repasse de participação especial

Repasse será feito hoje e é 47% maior que ao referente ao trimestre passado; SJB ficou com R$ 25 milhões e Campos com R$113 milhões.
.
O segundo repasse de Participação Especial do ano está sendo feito hoje pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) às prefeituras da região referentes à produção de petróleo e gás. Em Campos, por exemplo, o município está recebendo 113.012,075.80 milhões. O valor representa 47,6% a mais, se comparada ao repasse anterior, feito em maio, que foi de 76.582,579.85. Já, em São João da Barra, o valor do repasse foi de 25.580,258.00, ou seja, 51,9% a mais se comparado repasse trimestral anterior, que foi de 16.843,652.55. De acordo com Wellington Abreu, especialista na área de petróleo e tesoureiro da prefeitura de São João da Barra, este repasse é reflexo da produção e do preço do barril de petróleo nos meses de maio, junho e julho. “ A Participação Especial é a lucratividade das empresas ” , destaca Wellington, acrescentando que o preço do barril do petróleo teve um aumento significativo neste período, tendo oscilado entre U$S 60 e U$S 70, depois de ter chegado a U$S 50, no início do ano. Ele afirma que a próxima Participação Especial, prevista para novembro, poderá ficar neste mesmo patamar, dependendo das variações do mercado. “ Se o preço do barril se mantiver nesta casa dos U$S 70, nos meses de agosto, setembro e outubro, o próximo repasse ficará neste mesmo patamar ” , disse Wellington, destacando que a previsão de analistas financeiros é de que a crise financeira mundial esteja perdendo a força neste período. A Participação Especial é a compensação financeira extraordinária devida pelos concessionários de exploração e produção de petróleo e gás natural, nos casos dos campos de grande volume de produção ou de grande rentabilidade. (Fonte: Monitor Campista)

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Marcha para Jesus reune milhares em passeata que saiu da UENF

Evento este ano abordou temas como manifestação contra pedofilia.

Milhares de evangélicos participaram ontem, segunda, dia 10, da 3º Marcha para Jesus que saiu de frente da UENF – Universidade Estadual do Norte Fluminense com trio elétrico que seguiu até o Parque Alvorada em Guarus e fez seu ponto final na Praça São Salvador. Após a passeata pelos principais pontos da cidade aconteceu um show do Fernandinho, conhecido internacionalmente e membro da Segunda Igreja Batista de Campos. Este ano o evento abordou temas como combate a pedofilia e pedido de paz e saúde para o município. Os organizadores explicam que o evento não tem nenhuma conotação política. “É tudo voltado para honra e glória do Senhor”, disse um dos organizadores.

São Francisco debate aperfeiçoamento do SUAS em Conferência Municipal

Foto: Alessandra Lemos.
.
Nesta terça-feira (11), aconteceu em São Francisco de Itabapoana a VI Conferência Municipal de Assistência Social. O evento, que foi realizado no Colégio Estadual São Francisco de Paula, teve como objetivo avaliar a assistência social no município e propor medidas para o aperfeiçoamento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). O evento contou com a presença do prefeito Beto Azevedo e de seu vice, Frederico Barbosa Lemos, além de vários secretários e da assessora técnica da Secretaria Estadual de Assistência Social, Ana Lúcia Guimarães.
Durante a conferência a superintendente do Departamento de Proteção Social Básica da secretaria estadual de Assistência Social, Izabel Cavalcante Godinho, ministrou a palestra sobre a “Participação e Controle Social no Sistema Único de Saúde”.
Segundo a secretária de Promoção Social e presidente do Conselho de Assistência Social, Francimara Barbosa Lemos, a conferência é muito importante, não só para o município, como para todo o Brasil. “Este momento é muito importante porque avaliamos os avanços e as dificuldades de se implantar o SUAS em nosso município. Também elegemos delegados que levarão para conferência estadual as questões do município”, informou Francimara.
Foram eleitos oito delegados, sendo quatro representantes do poder público e quatro da sociedade civil. Na ocasião, também foi feita a leitura e aprovação do regimento interno. Os presentes foram divididos em grupos para discutir sub-temas. Após a apresentação e aprovação das propostas, a conferência foi encerrada com um coquetel. (Matéria: Ascom - SFI)

Curso de Mandarim começa pela Praia do Açu

"Ni Hao" = ...oi tudo bem

O Curso de Mandarim implantado pela Prefeitura de São João da Barra através da Secretaria de Educação e Cultura e em parceria com a Câmara de Comércio Indústria Brasil - China / Espírito Santo teve início n última terça-feira na Escola Municipal Crizanto Henrique de Souza localizada na praia do Açu. De acordo com a coordenadora do Curso Municipal de Mandarim, Florita Fernandes Moço, foram formadas seis turmas de 15 alunos que assistirão aulas todas as terças-feiras e quartas-feiras num período de 4 anos englobando o ensino básico, avançado e conclusivo.
“Na terça-feira as aulas serão ministradas das 10h às 12h, no Açú, das 14h às 16h, E.M. José Alves Barreto de Mato Escuro, e das 17h às 19h na E.M. Elízio de Magalhães em Barcelos. Já na quarta-feira, das 10h às 12h, na E.M. Amaro de Souza Paes em Grussaí, das 14h às 16h, E.M. Domingos Fernandes da Costa no Centro, e das 18h às 20h, E.M. Amália Soares de Almeida em Atafona” informou. A moradora do Açu, Carla Márcia, 28 anos, que estuda na 8º Série do Ensino de Jovens e Adultos, decidiu fazer o curso devido à necessidade de estar se atualizando visando futuramente ter um bom emprego. “Já trabalhei como copeira no Porto do Açu servindo a comida e auxiliando na cozinha e sei muito bem a importância de aprender a língua chinesa”, comentou. – Lembro quando recebemos um chinês na cozinha e ficamos sem saber o que fazer para atendê-lo. Sabíamos que ele queria comida devido aos gestos mais a quantidade e a variedade do cardápio ficamos sem entender – declarou.
São João da Barra está se destacando por ser o primeiro município do Brasil a implantar o curso de mandarim para a população. A intenção é capacitar os alunos e pessoas da comunidade preparando-os para a demanda de chineses que estão pra chegar com a vinda do Porto do Açu.
– Além de ensinar a ler e escrever, o curso passará noções da culinária chinesa, técnicas do Tai Chi Chuan, apresentação dos pontos turísticos da China, cultura chinesa, visão de comércio (forma em que os chineses se apresentam na negociação), entre outras questões – finalizou a professora de Mandarim Clare Huang. (Matéria: Fabrício Berto)

Campos é sede do I Fórum de Infectologia do Estado do Rio

Começa no próximo dia 27 o 1° Fórum de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro, que acontece em Campos no Teatro Municipal Trianon. Até o dia 29 serão abordados temas como Influenza A (H1N1), antibioticoterapia, DST/Aids, imunização, tuberculose, hepatites virais e toxoplasmose.
O evento é promovido pela Sociedade de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro (Sierj), Faculdade de Medicina de Campos (FMC) e Sociedade Brasileira de Infectologia. No mesmo período acontece também o 1° Encontro das Ligas de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro.
Confira a programação:
Dia 27/08
20h - Abertura
21h - Conferência
Impacto da imunização contra Doença Pneumocócica
Presidente da mesa: Francisco de Oliveira
Secretário: Charbel Kury
Dia 28/08
09h às 10h – Tratamento da Tuberculose sensível e multirresistente. Estado da arte.
Palestrante: Jorge Luis Rocha
Presidente: Luis Clovis Parente
Secretário: Aluisio Tinoco
10h às 10h15 – intervalo
10h15 às 12h
– Hepatites Virais B e C – Tratamento em mono-infectado
Palestrante: Eduardo Joaquim Castro
Hepatites Virais B e C – Tratamento em co-infectado com HIV
Palestrante: Dirce Bonfim de Lima
Presidente: Telmo Teixeira Garcia
Secretário: Lara Lemos
12h às 14h – almoço
14h às 15h – Aids – Resistência aos anti-retrovirais
Palestrante: Ricardo Diaz
Aids – Terapia anti-viral – Consenso Brasileiro
Palestrantes: Gustavo Magalhães
Presidente: Aparecida Castorino
Secretário: Oscar Lara Rocha
15h às15h15 – intervalo
15h15 às 17h – Doenças Sexualmente Transmissíveis
Palestrante: Mauro Romero
Presidente: César Ronald Pereira
Secretário: Edilbert Pellegrini
Dia 29/08
9h às 10h – Antibioticoterapia em Situações Especiais - Idoso e Gestante
Palestrante: Walter Tavares
Presidente: Glaura Florim
Secretário: Bianca Moreira
10h às 10h15 – intervalo
10h15 às 11h – Pandemia de Influenza A – H1N1
Palestrante: Alberto Chebabo
Presidente: Charbel Kury
Secretário: Rodrigo Carneiro
11h às 12h – Programa municipal para o diagnóstico, tratamento e prevenção da toxoplasmose em Campos dos Goytacazes: dos dados da pesquisa ao marco zero na Saúde Pública.
Palestrantes: Annelise Wilken, Ricardo Guerra, Nélio Artiles e Lilian Bahia Oliveira
Presidente: Osvaldo Cardoso de Melo
Secretária: Andreya Moreira
(Matéria da Assessoria de Comunicação da Fundação Benedito Pereira Nunes - Júlia Maria de Assis - Estagiária: Lara Manhães)

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Quotidiano nas bancas

Quotidiano, jornal de São João da Barra , com editoria a cargo do jornalísta Bruno Costa já está nas bancas. Clique na imagem para ampliá-la. Segundo informação do Bruno, brevemente Quotidiano estará com seu conteúdo disponível na internet no site http://www.quotidiano.com.br/ . Estamos aguardando.

Primeira morte com suspeita de gripe suína em SFI

Direção do Hospital Manoel Carola vai conversar com familiares de Adelma para saber se ela viajou recentemente.
Foto: divulgação - ultimosegundo.ig.com.br.

São Francisco de Itabapoana registrou a primeira morte com suspeita da Gripe Suína. Trata-se de Adelma dos Santos Guimarães, 37 anos, dona de casa, moradora em Batelão de Barra, localidade ao norte de SFI. O óbito aconteceu às 04h35min da madrugada de sábado, depois de uma parada cardíaca provocada pela insuficiência respiratória.

A paciente deu entrada no Hospital Municipal Manoel Carola na sexta-feira (07-08), à tarde, com os sintomas da gripe e falta de ar. A Secretaria Municipal de Saúde solicitou o Tamiflu junto ao Corpo de Bombeiros de Campos, local de distribuição do medicamento na região. (Fica uma pergunta: Por que não deixar estocado o medicamento nos hospitais? A vida não pode esperar um carro sair de nosso município para apanhar um remédio em Campos). Na sexta-feira mesmo Adelma foi medicada, entretanto o quadro piorou e ela veio a falecer rapidamente.

Segundo a administração do hospital, hoje funcionários da Secretaria de Saúde vão conversar com os familiares para saber se a dona de casa viajou recentemente, e quando os sintomas começaram a se manifestar.

O material para o exame (saliva e sangue) foi colhido na sexta-feira e enviado para o Rio de Janeiro. Há uma expectativa para que o exame fique pronto ainda esta semana. Só a partir do resultado, será possível confirmar o caso como gripe Suína ou não. Enquanto não há uma confirmação, os funcionários do Hospital Manoel Carola foram orientados a usarem máscaras.

A ironia da gripe A

Em e-mail enviado ao Blog o Dr. Carlos Alberto Morales Paitán questiona o noticiário que fala de uma pandemia da gripe A e ainda faz comparações da gripe chamada suína com outras doenças e levanta suspeita da realidade do que se lê e ouve nas rádios e tevês sobre a temática. Existe possibilidade de lucros por trás de tudo isso? Vamos a analise do articulista.
.
A ironia no seu melhor estilo.
.
2000 pessoas contraem a gripe suína e todo mundo já quer usar máscara.25 milhões de pessoas têm AIDS e ninguém quer usar preservativo...PANDEMIA DE LUCRO. Que interesses econômicos se movem por detrás da gripe porcina???No mundo, a cada ano morrem milhões de pessoas vitimas da Malária, que se podia prevenir com um simples mosquiteiro.Os noticiários, disto nada falam! No mundo, por ano morrem 2 milhões de crianças com diarréia que se poderia evitar com um simples soro que custa 25 centavos. Os noticiários disto nada falam! Sarampo, pneumonia e enfermidades curáveis com vacinas baratas, provocam a morte de 10 milhões de pessoas a cada ano. Os noticiários disto nada falam! Mas há cerca de 10 anos, quando apareceu a famosa gripe das aves......os noticiários mundiais inundaram-se de noticias...Uma epidemia, a mais perigosa de todas...Uma Pandemia! Só se falava da terrífica enfermidade das aves. Não obstante, a gripe das aves apenas causou a morte de 250 pessoas,em 10 anos...25 mortos por ano. A gripe comum, mata por ano meio milhão de pessoas no mundo. Meio milhão contra 25. Um momento, um momento. Então, por que se armou tanto escândalo com agripe das aves? Porque atrás desses frangos havia um "galo", um galo de crista grande. A farmacêutica transnacional Roche com o seu famoso Tamiflu vendeu milhões de doses aos países asiáticos. Ainda que o Tamiflu seja de duvidosa eficácia, o governo britânico comprou 14 milhões de doses para prevenir a sua população. Com a gripe das aves, a Roche e a Relenza, as duas maiores empresas farmacêuticas que vendem os antivirais, obtiveram milhões de dólaresde lucro.- Antes com os frangos e agora com os porcos.- Sim, agora começou a psicose da gripe porcina. E todos os noticiários do mundo só falam disso...- Já não se fala da crise econômica nem dos torturados em Guantánamo...- Só a gripe porcina, a gripe dos porcos...- E eu me pergunto-: se atrás dos frangos havia um "galo"... atrás dos porcos... não haverá um "grande porco"? A empresa norte-americana Gilead Sciences tem a patente do Tamiflu. O principal acionista desta empresa é nada menos que um personagem sinistro, Donald Rumsfeld, secretário da defesa de George Bush, artífice da guerra contra Iraque...Os acionistas das farmacêuticas Roche e Relenza estão esfregando as mãos, estão felizes pelas suas vendas novamente milionárias com o duvidoso Tamiflu. A verdadeira pandemia é de lucro, os enormes lucros destes mercenários da saúde. Não nego as necessárias medidas de precaução que estão a ser tomadaspelos países. Mas se a gripe porcina é uma pandemia tão terrível como anunciam os meios de comunicação. Se a Organização Mundial de Saúde (conduzida pela chinesa MargaretChan) se preocupa tanto com esta enfermidade, por que não a declara como um problema de saúde pública mundial e autoriza o fabrico de medicamentos genéricos para combatê-la?Prescindir das patentes da Roche e Relenza e distribuir medicamentos genéricos gratuitos a todos os países, especialmente os pobres. Essa seria a melhor solução.PASSEM ESTA MENSAGEM POR TODOS OS LADOS, COMO SE TRATASSE DE UMA VACINA, PARA QUE TODOS CONHEÇAM A REALIDADE DESTA "PANDEMIA". Pois os meios de comunicação naturalmente divulgam o que interessa aos patrocinadores, não aos ouvintes e leitores. (Dr. Carlos Alberto Morales Paitán. )

Gripe A: servidoras grávidas do estado poderão ser liberadas

Governador e prefeito recebem pedido para que gestantes sejam liberadas do serviço por 60 dias por causa da gripe suína.
.
Rio - Servidoras grávidas do estado e do município poderão ser liberadas por 60 dias do trabalho. O objetivo é protegê-las da contaminação pelo vírus Influenza H1N1, da gripe suína. O deputado Dionísio Lins (PP) encaminhou ao governador Sérgio Cabral e ao prefeito Eduardo Paes indicação legislativa para apreciação imediata que pede a suspensão, em caráter preventivo, das atividades profissionais de todas as servidoras públicas grávidas no estado e no município. (O Dia)