Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sábado, 23 de maio de 2009

Bombeiros retiram 14 corpos dos destroços do avião na BA

Na foto, o avião do modelo semelhante ao da tragédia ocorrida no litoral baiano, nesta sexta , 22-05.



Salvador - O Corpo de Bombeiros da Bahia já confirmou a retirada de 14 corpos vitimados pela queda do avião bimotor King Air B350, prefixo PR-MOZ, em Trancoso, no litoral sul da Bahia. Eles foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) de Porto Seguro (BA) para perícia mais detalhada.
A assessoria da Light, companhia de fornacimento de energia do Rio de Janeiro, informou que Heloísa Alquéres Vaz Wright, filha do presidente da Companhia, José Luiz Alquéres, o marido dela, Felipe Wright, e o filho do casal embarcaram no avião King Air B350, que caiu na noite desta sexta-feira em Trancoso, na Bahia.
Roger Ian Wright era o proprietário e um dos passageiros do avião. Ele era sócio-diretor da Arsenal Investimentos, com sede em São Paulo, e ex-diretor do Banco Garantia. Segundo as informações preliminares, ele tinha uma casa no condomínio e estava com a sua mulher, Lucila Lins, e os dois filhos. A assessoria da Light não soube informar o parentesco de Felipe Wright com o empresário.

Após o fim dos trabalhos de busca, eles deverão ser encaminhados para o IML de Salvador, onde, se necessário, será possível realizar exames de DNA para identificar as vítimas. A empresa responsável pela aeronave ainda não divulgou os nomes e o número exato de vítimas. O bimotor tem capacidade para 11 passageiros, mas é possível que, além da lotação máxima, quatro crianças estivessem a bordo, viajando no colo de adultos. Segundo a assessoria do Departamento Estadual de Polícia Técnica, depoimentos de familiares das vítimas colhidos pela Polícia Civil reforçariam esta hipótese. O avião explodiu ao chocar-se contra o solo, a cerca de 200 metros da cabeceira da pista, quando estava prestes a pousar no aeroporto do Condomínio Terravista, um empreendimento turístico e imobiliário que reúne campo de golf, condomínios residenciais e três hotéis de luxo.Antes do pouso, a tripulação da aeronave fez contato com o Controle Aéreo de Porto Seguro e com a rádio do aeroporto, informando ter condições visuais para pousar no aeródromo. Segundo a assessoria do empreendimento, até a colisão, os controladores de voo do aeroporto não notaram qualquer problema enquanto monitoravam a aterrissagem.Uma equipe da Força Aérea Brasileira (FAB) chegou no início da manhã deste sábado ao local para dar início à investigação que irá apontar as causas do acidente. (Informações de agências e de O Dia online.)

Capacitação e meio ambiente

Campos está sendo representado, neste fim de semana, em Vitória (ES), no Simpósio Capixaba de Ecologia, que acontece na UFES. Seguiram pra lá, a fim de obter mais conhecimento, as profissionais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Ingrid Manhães, Michelle Mayrink e Simony Togneri, além do subsecretário da pasta, Humberto Samyn Nobre. Entre os temas que estão sendo abordados até domingo estão "Licenciamento Ambiental", "Unidades de Conservação", "Ecologia de Florestas", "Biocombustível", "Uso Sustentável dos Recursos Naturais" e outros. (Informação de Michelle Mayrink - Tel: (22) 8124-8389. MSN: michellemayrink@hotmail.com )

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Agricultura familiar mais forte

Vinícius Berto
Sou um ferrenho defensor da agricultura familiar. Vibro com projetos desenvolvidos para dar subsídios ao homem do campo. E nesse contexto, fiquei muito entusiasmado ao saber que o PAA – Programa de Aquisição de Alimentos do Governo Federal – já está rendendo dividendos aos agricultores de São Francisco de Itabapoana. É que a Amproac - Associação de Moradores e Produtores Agrícolas de Carrapato - com apoio do Sebrae-RJ, se inscreveu no projeto, que tem por objetivo incentivar a agricultura familiar, compreendendo ações vinculadas à distribuição de produtos agropecuários. Os produtores rurais (oito de Nova Belém e quatro de Imburi) vão entregar à CONAB – Companhia Nacional de Abastecimento - a primeira remessa de produtos. Nessa primeira fase do projeto, mandioca e laranja foram comprados pela CONAB e serão distribuídos a entidades do Município já nesta terça-feira (26-05). O dinheiro pago pela CONAB referente à produção, está na conta do projeto e será repassado para o produtor. Dentre as entidades que receberão os produtos estão: Colégio Estadual São Francisco de Paula, Colégio Estadual Pedro Cerqueiro, APAE, Associação dos Diabéticos, Arco Íris de Luz, Pinóquio e Colônia Z1.

Aliás, esse projeto vem consolidar a atuação de uma associação que se destaca e merece o reconhecimento de todos. As outras associações deveriam tomar como exemplo o bom trabalho da Associação de Nova Belém. E segundo o presidente Alaildo Gomes Barreto, vem novidades por aí. É aguardar pra ver. Parabéns!

Show da natureza

Imagens agora do por-do-sol no cais do Imperador no Rio Paraíba em SJB.




Burocracia

Tudo no Brasil é difícil. Quinhentas mil certidões, certificados de que está tudo bem, provar que você é você mesmo. Pois bem. Fui ao cartório tirar um documento. Foi exigido de mim a certidão de nascimento. Nada contra. O problema é que o documento no Brasil devia ter caráter de eliminação. Ou seja: tirou a carteira de identidade, some a certidão de nasciento. Aliás, para que tanto documento? Não seria melhor um cartãozinho que traria toda a vida do cidadão em dados? Bancos já fazem isso. Ih! Desculpe. Esqueci que os donos de cartório precisam ganhar dinheiro! E muito dinheiro. Viva o Raul Seixas. Plunct, plact, zum. Não vai a lugar nenhum! (Fonte: www.sindicatodanoticia.blogspot.com )

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Do Blog do Noblat


São Francisco envia mudas para reflorestamento do Tietê



Foto: Alessandra Lemos.

A secretaria de Agricultura de São Francisco de Itabapoana enviou nesta quinta-feira (21), 60 mudas de diversas espécies para os estados de São Paulo e Minas Gerais. Cordeirópolis (SP) receberá 30 mudas de Graúna que serão plantadas nas margens do rio Tietê. Já para a cidade de São Geraldo (MG) serão 10 mudas de cerejeira, 10 de graúna e 10 Inhaíba. Os compradores tomaram conhecimento das mudas pela internet.
Segundo o secretário de Agricultura, Nival Ornellas, este é apenas o começo. “Os compradores de Minas e São Paulo já manifestaram interesse em fazer negócios maiores com a gente. Temos mão de obra qualificada para atender a demanda florestal. E temos capacidade de produzir até um milhão de mudas de várias espécies”, afirmou Nival.
A secretaria conta com 15 funcionários responsáveis pela produção de mudas de plantas frutíferas, ornamentais, exóticas e mata nativa. Há inclusive mudas de espécies tiradas da Mata do Carvão. Para dar conta da demanda o secretário informou que trabalhará em parceria com a secretaria de Meio Ambiente.
Mudas Maracujá
O campo de produção de mudas da secretaria de agricultura obteve também um grande avanço quanto a produção de mudas de maracujá enxertado. A iniciativa tem dano certo já que a nova espécie é mais resistente a pragas e tem maior produtividade. A Pesagro tomou conhecimento dos experimentos e resolveu pesquisar. Agora cerca de 600 mudas de enxerto, produzidas na estufa da secretaria de Agricultura foram plantadas numa propriedade na região. O trabalho está sendo acompanhado pelo o engenheiro agrônomo da Pesagro, José Francisco Maldonado, especialista no assunto que comandou a pesquisa. Maldonado estará no município nesta sexta-feira (22), para avaliar o resultado do campo de pesquisa. (Ascom - SFI)

Extra online: "Provocação tricolor não abala no fenômeno"

Confira aqui.

Governador Sergio Cabral confirma visita a SFI dia 9 de junho

O governador Sérgio Cabral anunciou, no início desta semana, uma visita ao município no próximo dia 09 de junho.
O governador visitará o município para anunciar o início das obras de recapeamento asfáltico da RJ 224 num trecho de 25 quilômetros que liga o centro da cidade ao distrito de Praça João Pessoa. Outro trecho de 18 quilômetros, da RJ 224, que liga Barra do Itabapoana a Praça João Pessoa, já está em obras desde meados do mês de abril. Sérgio Cabral também irá visitar o canteiro de obras do Parque de Energia Eólica, na praia de Gargaú.

Em entrevista, por telefone, a Rádio São Francisco FM, Cabral destacou a importância da rodovia para o escoamento da produção agrícola do município e também anunciou obras de asfaltamento da RJ 196 que será transformada em rodovia federal (Br) para fazer o acesso a ponte João Figueiredo entre São Francisco e São João da Barra. “Vou me empenhar junto ao presidente Lula para que esta ponte seja concluída. Também já determinei ao meu vice, o Pezão, para que se empenhe junto ao Ministro da Integração Nacional, Gedel Vieira Lima para agilizarmos o asfaltamento da atual 196 entre Campos e Gargaú interligando a ponte. Em breve estaremos agendando com o Lula uma visita ao Complexo do Açu. O presidente está muito entusiasmado com este empreendimento e a ponte tem importância fundamental neste contexto para promover o desenvolvimento da região como um todo”, garantiu o governador.

“O governador aceitou o nosso convite de imediato e durante a visita vamos buscar outros benefícios para o município. Vamos pedir, por exemplo, para ele agilizar a implantação de uma unidade do Corpo de Bombeiros na entrada da cidade e ainda melhorias no sistema de abastecimento de água, além de parcerias nas áreas de educação, saúde e promoção social. Vamos sugar ao máximo do governador. Quero também esclarecer que estamos passando por uma fase muito difícil com a queda na arrecadação, mas estamos procurando compensar isso buscando recursos fora do município, através dos governos estadual e federal”, disse o prefeito Beto Azevedo. A audiência foi na residência oficial, no Palácio Laranjeiras com prefeito de SFI Beto Azevedo que estava acompanhado do deputado estadual João Peixoto e do secretário de Planejamento Marcelo Garcia.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Cedae vai investir R$ 2,5 milhões em São Francisco

Foto divulgação: Wagner Vícter, Beto Azevedo e João Peixoto.

A Cedae vai investir R$ 2,5 milhões em obras de ampliação de rede e melhoria da qualidade da água no município de São Francisco de Itabapoana. O anúncio foi feito na terça-feira (19), pelo presidente da empresa, Wagner Vícter, durante reunião com o prefeito Beto Azevedo.

O montante de R$ 2,5 milhões foi captado pela Cedae através da Funasa e vai ser investido na obra de uma estação de captação e tratamento de água em Barra do Itabapoana. A água passará a ser capitada diretamente do rio Itabapoana, já que atualmente a captação é feita através de poço. Através da estação de Barra, o sistema de distribuição será ampliado para os distritos de Travessão de Barra e Praça João Pessoa. O investimento prevê ainda, a construção de mais dois poços em Gargaú para ampliar o abastecimento e melhorar a qualidade da água distribuída no centro da cidade e nas praias de Gargaú, Santa Clara, Sonhos, Sossego e Guaxindiba.

O prefeito Beto Azevedo ficou satisfeito com o resultado da reunião. “Revelamos para o presidente da Cedae que a qualidade da água deixa a desejar. A água é ferruginosa e chega a queimar as resistências dos chuveiros. Com esses investimentos vamos melhorar significativamente o sistema de distribuição e oferecer a população uma água de melhor qualidade. São Francisco precisa do apoio do governo estadual e federal para realizar obras como a construção da rede de esgoto que também estamos buscando recursos”, declarou Beto.
Também participaram do encontro o deputado estadual, João Peixoto, o secretário e subsecretário de Planejamento do município, Marcelo Garcia e Fernando Crespo. Anteriormente, o prefeito já havia se reunido com o diretor de interior da Cedae, Heleno de Sousa reivindicando a melhoria no sistema de abastecimento e da qualidade da água. (Matéria da Ascom SFI)

Polícia Federal de Campos/RJ apreende mais de 306.000 mil maços de cigarros com suspeita de falsificação

Policiais federais lotados na Delegacia de Polícia Federal em Campos dos Goytacazes/RJ apreenderam nesta terça-feira, 19/05, aproximadamente 306.930 maços de cigarros com suspeitas de falsificação no Parque Leopoldina, próximo ao centro da cidade.
As investigações geraram as buscas realizadas na tarde hoje, e além dos cigarros foram apreendidos livros contábeis, notas fiscais e documentos diversos que indicam a movimentação das mercadorias.
Os responsáveis pela mercadoria apreendida responderão pelo crime de falsificação de produtos destinado a consumo, previsto no artigo 272 § 1º A do CP, além de eventual crime de sonegação fiscal na hipótese das mercadorias não corresponderem aos valores declarados nas notas fiscais, configurando o crime previsto no art. 1º inciso II da Lei 8.137/90.

LLX e MMX negociam siderúrgica com chinesa Wuhan Steel

SÃO PAULO (Reuters) - A LLX e a MMX anunciaram nesta terça-feira que assinaram memorando de entendimentos com a chinesa Wuhan Iron and Steel (Wisco) para uma potencial parceria comercial e estratégica que pode incluir a construção de uma usina siderúrgica integrada de 5 milhões de toneladas anuais no porto de Açu, no Rio de Janeiro.
As tratativas também envolvem a aquisição pela companhia chinesa de participação acionária na MMX, fornecimento de minério pela MMX à Wisco a preços de referência, serviços portuários pelas empresas brasileiras e siderúrgicos para construção de navios.
O presidente do conselho da LLX e da MMX, Eike Batista, afirmou em comunicado que "essa combinação de negócios, quando consumada, provavelmente representará o mais importante investimento chinês no Brasil, e uma das mais relevantes associações comerciais entre um grupo brasileiro e uma empresa chinesa".
Segundo a LLX e a MMX, a construção, controle e operação da siderúrgica será feita pela Wisco, e a EBX, holding que reúne as empresas de Batista, poderá ter participação minoritária relevante.
Além disso, o contrato de longo prazo e com preços de referência de minério de ferro envolve "praticamente a totalidade" da capacidade de exportação da MMX Sudeste Mineração, subsidiária da MMX.
Pelo plano de negócios para os sistemas de mineração da MMX, a empresa tem expectativa de alcançar capacidade de produção de 40 milhões de toneladas de minério de ferro em 2013.
As discussões também envolvem o fornecimento pela Wisco de produtos siderúrgicos para a empresa de construção de navios e equipamentos marítimos do grupo de Batista, a BEX.
As negociações da EBX com a Wisco acontecem em um momento em que a MMX retoma as operações da mina de ferro em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, que estava parada desde dezembro por conta da queda na demanda provocada pela crise financeira internacional.
(Por Alberto Alerigi Jr.)

terça-feira, 19 de maio de 2009

Polícia Federal de Campos/RJ prende um dos maiores traficantes da região

Policiais federais lotados na Delegacia de Polícia Federal em Campos dos Goytacazes/RJ prenderam ontem, segunda-feira, 18/05, o traficante de drogas Otoniel Gomes de Jesus, o “Xampôla”, de 27 anos, quando se encontrava na Praia de Jacaraípe, região metropolitana da Grande Vitória/ES. Considerado um dos maiores traficantes da região Norte Fluminense, “Xampôla” era estava foragido da Justiça Estadual carioca até ser surpreendido pelos Policiais Federais de Campos/RJ. Na sua captura foi apreendido um veículo Fiat/Siena além de algumas jóias. “Xampôla” havia sido condenado pela 3ª Vara Criminal de Campos/RJ à pena de cinco anos de reclusão pelo cometimento de crimes previstos na Lei Anti-Tóxicos, tendo sido encaminhado para o presídio Carlos Tinoco, em Campos/RJ, onde se encontra à disposição da Justiça.

Ônibus da leitura chega a SFI

Foto: Magno Paes -

O Ônibus da Leitura, da empresa 1001, chegou a São Francisco de Itabapoana, nesta segunda-feira (18), e percorrerá cinco comunidades. A viação possui uma biblioteca móvel intitulada “1001Histórias” que contém um acervo de mais de 1400 livros, gibis e vídeos educativos. O objetivo da empresa é atender estudantes da rede pública e de comunidades com dificuldade de acesso a leitura.
A escola municipal de Floresta foi a primeira comunidade a receber a biblioteca móvel. Nos próximos dias as localidades de Buena, Ponto de Cacimbas, Estreito e Brejo Grande também receberão o projeto. Crianças da educação infantil a 4º série terão acesso gratuito a todo o acervo do ônibus e ainda receberão de brinde revistas de passatempo.
Segundo a secretária de Educação, Dayse Tavares, a biblioteca móvel é um incentivo a leitura. “Queremos aproveitar este projeto ao máximo. Como não é possível levar o ônibus a todas as escolas, levaremos algumas escolas até o local para que um maior número de alunos aproveite esta oportunidade”, afirmou Dayse. (Texto - Ascom SFI. )

A estrada da economia e a ponte para o progresso e o emprego

Edilson Rocha, seguidor do Blog do Paulo Noel, enviou e-mail sobre um tema de suma importância para a nossa Região que deixo para o internauta ler e analisar. Grande abraço Edilson.

Caro amigo Paulo Noel,
Não poderia pensar em outro titulo senão este. Estive em Gargaú do dia 4 a 16/04 trabalhando em minha futura residência e certo dia ao passar pelo colégio, aquele colégio em frente à quadra que está com a cobertura, feita a mais ou menos um ano, desabando e condenada pela defesa civil, ao lado de outro grande colégio que está sendo construído. Parabéns para quem teve a iniciativa. Mas sem fugir do assunto, passando pelo colégio vi dezenas de jovens saindo ao final de mais um dia letivo. Então parei o carro e pensei: “Que futuro aguarda estes jovens? Será que igual ao meu, que ao finalizar o segundo grau, serem retirantes?”. No meu caso saí do Espírito Santinho para o Rio de Janeiro para ter oportunidade de trabalho, igual a outras centenas de jovens nos anos 70, 80 e 90. Voltando ao titulo do e-mail “a estrada e a ponte”. O que será que nossas autoridades estão esperando para que concluam logo a ponte ligando São Francisco à São João da Barra e pavimentarem a estrada da Muritiba? Estão castrando a oportunidade de muitos jovens. Será que estão esperando a EBX terminar seu grande empreendimento no Açu e ir buscar mão de obra fora?!
O nosso grande deputado federal Alair Ferreira, já previa um grande potencial nessa região quando iniciou esta obra (cujo nome de João Figueiredo) e sabe-se lá em que circunstância não pode concluir quando de seu falecimento. E voltando um pouquinho antes no tempo, ate mesmo nosso grande desbravador Cândido Mariano da Silva Rondon (Marechal Rondon) deve estar se perguntando: “Eu que ao final de 1800 e inicio de 1900 construí milhares de quilômetros de estradas e rodovias com toda precariedade, e hoje com tanta tecnologia e maquinário à disposição, não fazem logo alguns míseros quilômetros da estrada de Muritiba, o que eles esta esperando?”.

Se existiram estes dois grandes exemplos de brasileiros, quem sabe se alguma outra autoridade ler este e-mail, se espelhe neles e tome a iniciativa HOJE e não deixe para amanhã ou depois de amanhã. Nossos jovens não podem esperar mais e verem a oportunidade escorrer por entre seus dedos, sendo obrigados a se tornarem retirantes em busca de trabalho digno.
Estive conversando com vários Gargauenses, entre eles alguns comerciantes e precisa ver a expectativa e a esperança deles em ver estas duas obras concluídas, morarem tão perto de Campos e São João da Barra e ao mesmo tempo tão longe.
Que se inspirem no exemplo da Gargauenses por adoção que é minha prima com muito orgulho, Shirley Jardim, que com sua simplicidade e perseverança, leva o nome da nossa São Francisco para todo o Brasil – parabéns Shirley!
Acordem autoridades, nossa região não pode mais esperar! Perdemos a falésia da lagoa doce, vamos construir novas falésias que nos dêem orgulho.
Paulo Noel, assim como no dia 1º de maio, fique a vontade se quiser publicar este meu novo e-mail.
Muito obrigado deste seu seguidor,
Edison Rocha.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Grupo Tabua de São Francisco recebe prêmio Sebrae top 100 de artesanato

Artesãs do Bazar Social Itinerante estão entre as 100 melhores do País

Shirley Jardim recebe o certificado Top 100.




Fotos divulgação do arquivo do Blog do Paulo Noel
O Grupo Tabua de São Francisco, que congrega 25 artesãs do município de São Francisco de Itabapoana, recebeu, esta semana, o Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato. O grupo integra o Bazar Social Itinerante, projeto social apoiado pela Petrobras que viabiliza o escoamento comercial dos artigos artesanais produzidos por comunidades localizadas nos municípios da área de influência da Bacia de Campos. A cerimônia foi realizada na última semana, no Rio de Janeiro.
Esta foi a segunda edição do Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato.

Criado em 2006, o prêmio tem como objetivo reconhecer e valorizar o trabalho realizado por artesãos de todo o País, selecionando as 100 unidades produtivas mais competitivas do Brasil. Nesta edição, foram registradas mais de três mil inscrições. A avaliação dos trabalhos concorrentes considera itens que vão além da estética dos produtos, tais como: grau de inovação dos produtos, adequação econômica, adequação ergonômica dos postos de trabalho, adequação ambiental, eficiência produtiva, adequação cultural e logística, práticas comerciais, responsabilidade social e gestão estratégica. Na fase inicial, o Grupo Tabua de São Francisco apresentou três peças: uma bolsa, uma almofada e um cesto, todas confeccionadas com a fibra da tabua – planta aquática, facilmente encontrada em brejos, manguezais, várzeas e outros espelhos d’água. A agenda de eventos do Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato incluiu ainda duas Rodadas de Negócios, ocasião em que os artesãos realizaram encontros, de até 20 minutos cada, com potenciais compradores: “Fechamos uma grande encomenda de brindes para uma instituição bancária e mantivemos contatos comerciais com empresas de Brasília, São Paulo, Alagoas e cinco lojas do Rio de Janeiro”, informou Shirley Jardim, representante do Grupo Tabua de São Francisco. Para maximizar as possibilidades de negócios, foi feito um cruzamento de informações entre ofertantes e demandantes. As empresas foram analisadas por critérios como a localidade: o número de lojas e de consumidores e experiência na área. O levantamento das unidades, além dos produtos, também levou em conta o tipo de técnica e material utilizados e a capacidade produtiva. “Foi uma grande oportunidade para nosso grupo. Estamos todas muito orgulhosas com a premiação, que é o reconhecimento de um processo de muita luta, e de um trabalho feito em parceria. Devemos muito à Petrobras, que nos apoia através do Bazar Social, divulgando nosso trabalho e estimulando nossa produção. Nada disso estaria acontecendo se não tivéssemos o incentivo desta empresa”, afirmou Shirley.
Bazar Social Itinerante
O Bazar Social Itinerante começou em 2004, ano em que comunidades de Rio das Ostras e Campos, incentivadas pelo Voluntariado Corporativo Petrobras, passaram a desenvolver suas habilidades artesanais. Aquelas seriam as primeiras as primeiras localidades onde o grupo de voluntários, formado pela força de trabalho da Petrobras, aplicaria os recursos direcionados pelo então Programa Petrobras Fome Zero para desenvolver projetos de geração alternativa de trabalho e renda. A atuação do Voluntariado Corporativo expandiu-se e, já no ano seguinte, foram incluídas comunidades de Macaé e Quissamã. A diversidade dos produtos era grande. Mais uma vez, o Voluntariado atuou de forma a valorizar o trabalho daquelas mulheres, expondo os produtos em eventos realizados ou apoiados pela Petrobras. Os resultados começaram a aparecer. A produção começou a crescer, e a preocupação passou a ser o escoamento daqueles artigos. Foi então que surgiu a ideia do Bazar Social, tendo sido a primeira experiência em dezembro de 2006. A partir daí ficou evidente a necessidade de expandir a iniciativa e, para isso, foram convidadas as empresas parceiras da Petrobras e entidades públicas que, prontamente, abriram suas portas para a itinerância que vem resgatando a cidadania e contribuindo para melhorar a qualidade de vida de
várias famílias. Assim, em 2007, o Bazar Social se tornou Itinerante. Recentemente, dois outros grupos de artesãs foram integradas ao grupo: a Fundação Joanna de Angelis – que atende adolescentes grávidas residentes em Rio das Ostras, e Caminhos de Barro, de Campos dos Goytacazes. Em 2008, as vendas do Bazar Social Itinerante totalizaram R$ 33,5 mil.

Fim da falésia pode ter relação com ações de carroceiros

Morador local fez a denúncia na Rádio São Francisco. Antiga rocha de Lagoa Doce caiu no início do mês.

Foto: Maenilse Gonçalves

Um morador da Praia de Guriri de nome Guilherme, participou hoje do “Jornal São Francisco é Notícia” da Rádio São Francisco FM e denunciou que carroceiros de Barra do Itabapoana estão retirando pedra de Guriri. Segundo o ouvinte, esses trabalhadores migraram para lá depois que retiraram várias pedras de Lagoa Doce. Essas rochas são usadas irregularmente na construção civil. E ainda segundo ele, essa retirada ilegal pode ter relação com o desmoronamento de uma das falésias da Praia de Lagoa Doce. É que as rochas que ficavam no entorno da falésia amenizavam o impacto das ondas com o fóssil. E realmente nos últimos anos essas rochas, que funcionavam como um quebra-mar, já não eram vistas. Lamentável!

Dia do desmoronamento

Segundo Guilherme, o dia exato que a falésia caiu foi 04 de maio de 2009.

Começam hoje em SFI iscrições para curso de capacitação dos professores

Foto de Alessandra Lemos.
Começam hoje em São Francisco de Itabapona, as inscrições para um curso de capacitação dos professores do 1º ao 9º ano da rede municipal. A secretaria de Educação informa que são oferecidas 70 vagas e que a iniciativa faz parte do programa de formação continuada (Proeduc). Os professores que desejarem se inscrever devem ficar atentos ao horário de funcionamento da secretaria, de 9h às 16h, pois as inscrições serão realizadas apenas hoje. O curso, que terá duração de um ano, é gratuito. Todo material será doado pela secretaria de Educação.

Procedimento - Para se inscrever basta levar a cópia do diploma do curso normal. Cerca de 400 professores da rede municipal farão o curso. As vagas abertas agora se destinam às pessoas que terminaram o normal, mas não entraram no mercado de trabalho e não têm título. Segundo a secretária de Educação, Dayse Tavares, a intenção de realizar o curso no município partiu de uma preocupação do prefeito Beto Azevedo com a dificuldade de alguns professores em saírem do município para se capacitar. “Nossa preocupação é oferecer conhecimento ao nosso corpo docente. Queremos também dar oportunidade de estarem se atualizando àqueles professores que não conseguiram ingressar em uma faculdade ou no mercado de trabalho”, afirmou Dayse Tavares. Ainda de acordo com a secretária de Educação, o certificado que será dado ao fim do curso valerá como título.

domingo, 17 de maio de 2009

Reitora da Universo: Cinquenta milhões de brasileiros são analfabetos absolutos e analfabetos funcionais

O Blog do Paulo Noel em Niterói na cobertura da Conferência Distrital do Rotary Internacional

"O sujeito que lê e escreve é uma pessoa mais participativa socialmente e mais responsável, apresentando uma percepção mais aguda do sentido da vida"

O rotarianos e visitantes atentos à palestra da magnífica reitora da Universo - professora Marlene Salgado de Oliveira.
Autoridades rotárias observam da "mesa principal" a palestrante.
Palestrante muito aplaudida, recebe os parabéns dos presentes.
.
A reitora da Universo - Universidade Salgado de Oliveira - professora Marlene Salgado de Oliveira, disse em palestra proferida ontem, 16-05, na Conferência Distrital do Rotary Internacional na Casa da Amizade de Niterói que 50 milhões de brasileiros são analfabetos absolutos e analfabetos funcionais. O tema da palestra de Marlene Salgado foi “Alfabetização, educação e redução da mortalidade infantil”. Na opinião da reitora a escola está falida porque, dentre outros fatores, as crianças de hoje xingam os professores, batem nos professores... “É preciso uma conscientização de todos, educação é responsabilidade nossa. Não vamos responsabilizar os governos. A família tem que estar junto ao processo educacional. Toda a comunidade escolar tem que participar”, disse. A palestrante defende que as políticas educacionais têm que estarem voltadas para a educação infantil. “Esqueceram a educação infantil, que é a mola principal de todo o processo”, enfatizou. Para a reitora estão jogando as crianças na sarjeta e muitas delas não têm para onde ir. “Os pais precisam trabalhar e onde colocar as crianças? Quando surge este questionamento vêm os políticos com projetos: vamos construir uma creche. Mas sem nenhuma orientação pedagógica. E aí surge o horror que está acontecendo com as crianças. Deixam as crianças ao seu bel prazer”, diz. Na outra ponta Marlene Salgado lembrou a situação dos professores. “Temos professores mal pagos que recebem menos que uma empregada doméstica. Já vi professores entrando em fila para comer a merenda no vigésimo segundo dia do mês, porque não tem mais dinheiro do salário para pagar sequer a passagem”, revela. Segundo a palestrante, não adiantam congressos enquanto não se resolver a situação dos professores. “E como termos professores qualificados?”, indaga. Para ela não basta qualificar os professores da educação infantil, mas, sobretudo, valoriza-los. Numa visita à Câmara Municipal de São Gonçalo, a reitora, ao falar aos vereadores, exibiu imagens de crianças que passam fome na África e Índia. “Coloquei imagens bem forte e falei para os vereadores de São Gonçalo: pensem ali o retrato do seu filho, seu neto. Veja qual seria seu comportamento para ser realmente um autêntico legislador brasileiro”, pontuou. Sobre a internet, a reitora afirmou que é uma maravilha, mas é preciso que os pais estejam atentos ao que as crianças estão acessando. Sobre o sistema de cotas nas universidades: “Sou contra cotas. Estamos criando um fosso no Brasil, entre negros, branco e índios. Quero ensino de qualidade para todos, com igualdade", opina. Ao final da palestra a conferencista citou pensamento de Gabriela Mistral (poetisa chilena): “Cometemos muitos erros e muitas faltas, mas nosso maior crime é abandonar as crianças, negligenciar a fonte de vida”. E conclui: "Muitas coisas que necessitamos podem esperar; a criança não. Este é o tempo em que seus ossos estão se formando, seu sangue está sendo feito e seus sentidos estão se desenvolvendo". Para Marlene Salgado de Oliveira, dar a volta por cima não deve ser encarada como um "amanhã; seu nome é hoje!”

Mais uma foto de Lagoa Doce

Recebemos da leitora Laysa Ludi uma foto da linda praia de Lagoa Doce. Nesse ângulo Laysa retrata as falésias que restam (E) e os destroços da antiga que ruiu.

Desembargador fala sobre ética em Conferência Distrital do Rotary em Niterói

... Ser feliz é uma condenação da qual nenhuma pessoa deve ser “absolvida” sob pena de não entender o que fez aqui... (Gabriel Chalita)


O desembargador Antonio José Pinto.................Desembargador com esposa. O ex-governador e ex-prefeito de Niterói Valdenir Bragança e a esposa de Paulo Noel, Rosane Berto do Rotary Club de SFI.
.

Durante a segunda sessão plenária da Conferência Distrital do Rotary Internacional, na Casa da Amizade, em Niterói, ontem, 16-05, coube ao desembargador Antonio José Azevedo Pinto proferir palestra sobre ética. Segundo Antonio José Azevedo, falar sobre ética ou moral consiste em falar sobre valores humanos, valores que traduzem não apenas em palavras, mas em atitudes sólidas, formas de viver e conviver em sociedade. Citando Adolfo Sanches Vasquez, em sua conhecida obra sobre ética, leciona ser ela a teoria ou ciência do comportamento moral dos homens em sociedade. “Concluímos tratar-se da ciência de uma forma especifica de comportamento humano”, disse. Citando Gabriel Chalita autor de "Os dez mandamentos da ética", o desembargador Antonio José lembrou: “... o que diferencia o homem de todos os outros seres no mundo é a capacidade de buscar incessantemente, com base na virtude, fazer melhor a vida dos outros”. Ao concluir a palestra, voltou a lembrar Chalita: “... eis nosso sonho. Eis nossa ação. Viemos e estamos aqui. Iremos para não sabemos onde. Mas ser feliz é uma condenação da qual nenhuma pessoa deve ser “absolvida” sob pena de não entender o que fez aqui, nesse fascinante rincão chamado mundo. Que o universo nos dê o tom dessa harmonia e que a regência dessa orquestra nos motive a desafinar a sinfonia”.