Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sábado, 2 de agosto de 2008

Mutirão da próstata em SFI atende 375 homens



Segundo os médicos, cinco por cento dos pacientes atendidos estão com suspeita de inflamação na próstata.




A convite da Associação de Apoio aos Diabéticos de SFI, os médicos urologistas Edson Horvate, Waldir Simões e José Henrique Mariano da cidade de Campos dos Goytacazes, participaram do mutirão da próstata neste sábado, de 08:00 as 12:00 na sede da Ong no centro de São Francisco. O mutirão foi um sucesso e chegou a atender 375 homens. Porém, segundo os médicos, com um resultado indicando cinco por cento dos pacientes com suspeita de inflamações. Segundo o médico Edson Horvate o mutirão da próstata, na realidade, existe no Brasil inteiro. “A Sociedade Brasileira de Urologia estimula que os especialistas promovam campanha nesse sentido, visando fazer exames nas próstatas dos homens de mais de quarenta anos”. Para Dr. Edson, as campanhas de esclarecimento na mídia têm contribuído para reduzir o preconceito dos homens com relação ao exame bem como a prevenção do câncer da próstata. “Quanto mais espaço a gente tem nos jornais, no rádio e na tevê, para esclarecimento de que a próstata é um órgão sujeito a infecção, mais o homem se conscientiza de fazer seu preventivo” diz. Dr. Edson Horvate revela que as mulheres nesta questão de saúde, são sempre mais cuidadosas. Os homens sempre fugiram, preferindo esperar ter o sintoma para procurar o médico. “Quando a doença é diagnosticada logo no inicio, as chances de cura são de até noventa e nove por cento. Por isso, a importância desse mutirão”, diz. O médico José Henrique Mariano participou da campanha pela primeira vez. “Atualmente os homens procuram mais os consultórios, o que não acontecia há bem pouco tempo” disse. Dr. José Henrique revela que dentre as origens de câncer no homem, primeiro vem o câncer de pulmão, associado ao vício do tabagismo, e, em segundo, o câncer de próstata. “Por isso a importância do diagnostico precoce, que estará salvando vidas”, concluiu. Varias pessoas da comunidade participaram como voluntários da campanha. Foi servido a todos um lanche e, após o encerramento, os médicos e voluntários participaram de um almoço em Guaxindiba, no Bar do Noelson. Para a presidente da Associação de Apoio aos Diabéticos, Lenisia Cardoso, o mutirão foi um sucesso. “Lamento que após o encerramento, ainda compareceram cerca de 50 homens em busca do exame”, disse. Para Lenisia Cardoso, campanhas idênticas deveriam ser estimuladas pelos órgãos públicos de saúde, para facilitar a vida das pessoas. “Se o poder público não faz, sobra para as Ongs que, muitas vezes, não tem nenhum tipo de apoio das autoridades. Tudo fica por conta do apoio comunitário”, concluiu.

São Francisco vai sediar 4ª Route Moto Club em setembro

O Route Moto Clube de SFI é o único no Brasil que recepciona os motociclistas, no portal da cidade, com uma equipe fornecendo água de coco aos visitantes.


O município de São Francisco de Itabapoana-RJ vai sediar de 12 a 14 de setembro próximo, o 4ª Route Moto Club evento que reúne motociclistas de vários estados do Brasil. Segundo Marcos Antonio Ribeiro Batista (Marquinho Relêpa), integrante da diretoria do Route Moto Clube, a programação do encontro de motociclistas em São Francisco de Itabapoana inclui shows com bandas de roque, Welling, camping 0800 (coberto e fechado), churrasco e café da manhã 0800 tudo com segurança total. “O Route Moto Clube de SFI é o único no Brasil que recepciona os motociclistas, no portal da cidade, com uma equipe de motociclistas fornecendo água de coco aos visitantes” diz Marquinho Relêpa. A diretoria do Route Moto Club tem como presidente Janilson da Hora Manhães. Edio Ferreira Fren, (na foto, na garupa com Marquinho Relêpa) é também um entusiasta do motociclismo. “Sempre que posso, estou viajando tendo como companhia, minha esposa”, diz Edio que através dos encontros de motociclistas já conheceu vários estados do Brasil. “O último encontro de que participei foi na cidade de Manhuaçú-MG” conta. Já Marquinho Relêpa é outro viajante. “Participei na cidade de Prado na Bahia onde fiz muitas amizades” conta Marquinho. A festa do encontro de motociclistas em São Francisco de Itabapoana já se tornou tradicional no município. “O evento acaba se tornando em mais um investimento no turismo da cidade já que movimenta hotéis, restaurantes, pousadas e o comércio de um modo geral, além de divulgar a cidade na mídia nacional” ressalta Marquinho. “Cinco dias antes do evento a cidade já começa a receber turistas que movimentam a economia local” conclui Marquinho.

O Route Moto Club é uma Ong sem fins lucrativos.
Criado em 2003, o Route Moto Clube de São Francisco de Itabapoana, é uma Organização Não Governamental, sem fins lucrativos que trabalha em prol da educação e conservação das leis de trânsito, do bem-estar dos cidadãos, da promoção do turismo e lazer dos seus integrantes bem como de toda a população. As ações desenvolvidas pela Ong são de entretenimento, turismo, instrução, cooperativismo e ação social. O entretenimento é uma parte importante do Route Moto Clube de São Francisco de Itabapoana, pois através dele é desenvolvida a união, confraternização e a amizade da comunidade local com os motociclistas de várias partes do Brasil. O objetivo é demonstrar o potencial turístico da cidade a todos os motociclistas, assim como desfrutar das belezas turísticas das cidades que organizam eventos semelhantes.

quinta-feira, 31 de julho de 2008

Carro da Souza Cruz assaltado em Floresta


Motorista foi obrigado a entrar em um canavial na estrada do Morro da Ameixa.




Um carro da Souza Cruz foi assaltado, hoje, por volta das 9 horas, próximo a localidade de Floresta em São Francisco de Itabapoana. Segundo o motorista do veículo da Souza Cruz, Alexandre Peixoto Passos, 35, que estava em companhia de um ajudante, a abordagem foi feita na RJ-224 por um Vectra cor verde escuro. “O Vectra ultrapassou o nosso veículo com seus ocupantes ordenando que parássemos. Não tivemos alternativa. Dois dos três ocupantes desceram com arma em punho apontada em nossa direção”, disse o motorista. Ele contou os detalhes da ação na 147ª Delegacia de Polícia de São Francisco de Itabapoana. “Foi tudo muito rápido. Fomos obrigados a entrar em um canavial próximo a localidade de Floresta”. O canavial fica localizado na estrada do Morro da Ameixa. Com o auxílio de um “pé-de-cabra”, os elementos abriram a porta traseira do veiculo e levaram parte da carga: 13 caixas de maços de cigarros de diversas marcas e 620 unidades de cartões de recarga da vivo. O veiculo é monitorado via satélite, e só abre as portas no local de destino. Após o assalto os elementos foram embora. As vítimas procuraram o Posto 15 do BPRv (Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual) em Imburi e de lá foram até a 147ª DP, onde registraram o assalto.

Associação dos Diabéticos promove mutirão da próstata em São Francisco

O mutirão da próstata começa neste sábado, às 8 horas e será encerrado quando o último paciente for atendido

A Associação de Apoio aos Diabéticos de São Francisco de Itabapoana, promove neste sábado, dia 2 de agosto, mais um “mutirão da próstata” em São Francisco. Segundo a presidente da entidade, Maria Lenisia Cardoso esta será a terceira campanha de saúde objetivando atender aos homens do município com a participação de três urologistas. “A campanha tem o apoio do médico Edson Orvate da cidade de Campos dos Goytacazes que contará com ajuda de mais dois colegas médicos” diz Lenísia. O mutirão da próstata já cadastrou cerca de 400 homens segundo a presidente Lenisia Cardoso. “Estamos com uma lista extra de cinqüenta nomes” comenta. A presidente da Associação de Apoio aos Diabéticos disse que um dos motivos da campanha foi o alto índice de mortalidade de homens com câncer de próstata no município segundo dados médicos. “Infelizmente na última campanha, os médicos detectaram cinco casos de câncer da próstata, sendo que três destes pacientes já morreram” relata Lenisia. O importante é que os homens estão deixando de lado o preconceito com relação ao exame. “Acho que está havendo uma conscientização não só dos homens, mas também dos seus familiares, pois muitas das consultas foram marcadas pelas próprias esposas” diz . O mutirão da próstata começa neste sábado, às 8 horas e será encerrado quando o último paciente for atendido. “Todos os pacientes terão direito a lanche doados por voluntários à Associação de Apoio aos Diabéticos” concluiu Lenisia.

Termelétrica de Porto do Açu ganha Licença Prévia

A termelétrica a carvão Porto do Açu Energia, será o centro de escoamento da produção de minério de ferro do sistema integrado MMX Minas-Rio.
O Norte Fluminense ganhou ontem quarta-feira (30/07) a Licença Prévia para a construção de um dos seus maiores empreendimentos: a Unidade Termoelétrica (UTE) do Complexo do Açu, em São João da Barra. A cerimônia, presidida pelo governador Sérgio Cabral, foi o primeiro passo para a conclusão do maior investimento privado em terminal marítimo da história recente. A LP foi assinada e entregue ao empresário Eike Batista (presidente do grupo EBX, responsável pelo empreendimento) pelo presidente da Feema, Axel Grael.
A termelétrica a carvão Porto do Açu Energia, que deverá entrar em ação em 2013, ficará situada na fazenda Saco Dantas e será o centro de escoamento da produção de minério de ferro do sistema integrado MMX Minas-Rio. Além disso, favorecerá a importação e a exportação de produtos também da Região Centro-Oeste e dos estados do Paraná e de Santa Catarina, que representam 75% do PIB brasileiro.
- Trata-se de um projeto estruturante, que vai ajudar e muito a prosperidade do Brasil. Não há saída fora do capitalismo pujante, moderno e transparente. Estamos falando de uma região pobre, em que um projeto como esse tem um alcance que não conseguimos imaginar – disse o governador.
Para o empresário Eike Batista, o maior foco do empreendimento está no respeito ao meio ambiente.
- Temos que agregar valor às matérias-primas brasileiras. Plantamos 18 mil árvores por dia e pretendemos dobrar esse número – anunciou Eike.
A secretária do Ambiente, Marilene Ramos, afirma que foi achado um ponto de equilíbrio para conseguir levar esse empreendimento a uma região que demanda desenvolvimento, sem criar problemas ambientais.
- De novo, a área ambiental é protagonista ao trazer aqui hoje a Licença Prévia da maior usina termelétrica do Brasil. É uma termelétrica de 2.400 megawatts, quase tão grande quanto as usinas do Madeira. Agradeço a sensibilidade do Eike Batista de levar esse projeto respeitando o meio ambiente – disse Marilene.
A próxima etapa do procedimento de licenciamento ambiental, que é entrar com o pedido de Licença de Instalação (LI), será feita pela empresa MMX, responsável pela construção do projeto.
O Complexo do Açu
O projeto do Complexo do Açu compreende, entre outras instalações, um porto em Barra do Açu, município de São João da Barra, e um mineroduto a partir do interior de Minas Gerais. O investimento da MMX, empresa responsável pelo empreendimento, será de US$ 2,35 bilhões. A previsão de geração de empregos é de 1,3 mil diretos e 3,8 mil indiretos na construção, e 600 diretos e 1,8 mil indiretos na operação.
Projetado para ter 525 quilômetros, o mineroduto – praticamente todo ele subterrâneo - será o maior do mundo. Transportará a produção de minério de ferro da MMX, extraída em Conceição do Mato Dentro, Minas Gerais, até o Porto de Açu, cortando 32 municípios.
O complexo terá capacidade para receber navios cape size (capacidade igual ou superior a 80 mil toneladas, que são grandes demais para cruzar o Canal do Panamá) de até 250 mil Tpb (toneladas de porte bruto). Pelo porto serão escoados até 26,5 milhões de toneladas/ano de minério de ferro de alto teor, a partir de 2011.
Estiveram presentes à cerimônia o vice-governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão; o presidente da Firjan, Eduardo Eugênio Gouveia Bueno; o secretário chefe da Casa Civil, Regis Fichtner; a prefeita de São João da Barra, Carla Machado, o conselheiro da empresa do grupo EBX, Rafael de Almeida; e o presidente da ACRJ, Olavo Monteiro de Carvalho

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Declaração de Isento pode ser extinta

Já está pronta uma instrução normativa do órgão para acabar com a declaração e, com isso, evitar custos desnecessários, principalmente para o cidadão de baixa renda. A posição sobre a viabilidade técnica da medida deve ser divulgada em breve. (Leia mais aqui)

Atendimento telefônico ao consumidor terá de ser gratuito

As operadoras não poderão mais cobrar por pedidos de informação, reclamações ou solicitações de cancelamento de contrato. Essa e outras regras entram em vigor amanhã, quinta (31). Leia mais aqui na Agência Brasil.

Corpo achado no mar era do padre baloeiro, confirma exame de DNA


Pároco Aldenir Carli estava desaparecido há três meses
A delegacia de Macaé confirmou ontem que restos mortais — duas pernas e um quadril — encontrados no início do mês, por um navio rebocador na Bacia de Campos, são do padre baloeiro Aldelir Carli. Na ocasião, Marcos de Carli, irmão do padre cedeu amostras de sangue para comparação do DNA. O pároco estava desaparecido há três meses quando levantava vôo suspenso por mil balões. De acordo com a Polícia Civil, o Instituto Médico Legal de Macaé e familiares do padre já foram comunicados do resultado do exame e a partir de agora, o “corpo” já pode ser liberado. Padre Aldelir, em 20 de abril, último, saiu de Paranaguá, no Paraná e seu destino era Dourados em Mato Grosso. Ele estava sentando em uma cadeira de parapente suspensa por mil balões. A suspeita é de que ventos tenham desviado o percurso para o mar, em São Francisco do Sul (SC). (Fonte O Diário)

terça-feira, 29 de julho de 2008

Acidente de Biz com Monza fere jovem no centro de São Francisco

A funcionária de um supermercado de São Francisco de Itabapoana, Beatriz Mendes de Oliveira, 25 anos, saiu ferida ao colidir com a Biz placa LOF- 5987 com um Monza placa KSK – 9864 dirigido pelo antenista Genilson Azeredo Araújo de Barra do Itabapoana. O acidente ocorreu, ontem, 28-07, no centro da cidade por volta das 18 horas, em frente a Praça de São Francisco. Beatriz ao colidir com o Monza, caiu na pista onde chegou a desmaiar. Segundo populares, a jovem permaneceu no asfalto por cerca de dez minutos aguardando resgate. O motorista do Monza, Genilson Azeredo disse não viu a Biz. “Estava manobrando para entrar na Praça de São Francisco, quando fui surpreendido por um vulto preto. Era a Biz que surgiu do nada, e colidiu com meu carro já parado”, disse. O local do acidente fica próximo ao Posto de Saúde da cidade de onde uma enfermeira veio caminhando para dar os primeiros socorros à vítima. Segundo uma testemunha que ajudou a colocar Beatriz na Ambulância a maca não desarmou para chegar até ao asfalto. “O motorista da ambulância fez o que pode, já que alegou não saber manusear a maca. A vitima teve que ser erguida até a uma altura de um metro”, disse a testemunha. Segundo apuramos no local, falta treinamento nas equipes de resgate que trabalham nas ambulâncias, o que pode comprometer o resgate com risco de morte da vítima. Uma guarnição da PM e uma viatura do BPRv – Batalhão de Polícia Rodoviária – estiveram no local. Beatiz foi socorrida para o Hospital Manoel Carola em Ponto de Cacimbas. Uma hora após ficamos sabendo que Beatriz seria transferida para o Hospital Ferreira Machado porque o Raio-X estava com defeito.

Grupo Imne volta a protestar contra intervenção em frente ao novo Fórum em Campos


Funcionários do Instituto de Medicina Nuclear e Endocrinologia (IMNE) foram novamente às ruas de Campos na tarde de ontem pedir a volta do empresário e médico Herbert Sidney Neves à direção do grupo. Cerca de 1.200 pessoas, entre funcionários e familiares, saíram de frente do Hospital Doutor Beda e caminharam até o fórum, onde entregaram documentos e um abaixo-assinado, destinados ao juiz que julga da intervenção judicial no grupo.

A disputa envolve herdeiros do IMNE. O então presidente, Herbert Sidney Neves, foi afastado e já foi nomeado um interventor até que saia a decisão da Justiça.

Durante o percurso, os trabalhadores gritavam frases como “fora interventor, queremos Doutor Herbert” e “o Beda unido jamais será vencido”. Os manifestantes percorreram as principais vias da cidade com carros de som e um trenzinho, passando pela Rua Saldanha Marinho, Avenida Pelinca, Rua Barão da Lagoa Dourada e Avenida 15 de Novembro, em frente ao Fórum. Depois, voltaram ao hospital, o ponto de partida.

De acordo com Fernando Malacarne, funcionário do IMNE, os funcionários querem que a população tome conhecimento do que está acontecendo. “Os trabalhadores aqui presentes estão de folga, o hospital está funcionando normalmente. Não questionamos decisões judiciais, mas queremos testemunhar sobre o trabalho sério do doutor Herbert”, disse. (FONTE: JORNAL O DIÁRIO - 29-07-08)