Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sexta-feira, 23 de março de 2012

CPI da Saúde apresenta relatório parcial

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, criada pela Câmara de Vereadores de São Francisco de Itabapoana para apurar possíveis irregularidades na Secretaria Municipal de Saúde, apresentou nesta sexta-feira (23) relatório parcial dos trabalhos de apuração. E esse relatório parcial se foca nas denúncias de possível desvio de dinheiro na realização de exames médicos na Clínica Fênix. Mas, por que relatório parcial? Os vereadores que compõe a CPI alegam sonegação de informação por parte do Poder Público Municipal.

“Os demais casos que são o objeto desta CPI ainda permanecem sob investigação e análise, carecendo sua conclusão em razão da sonegação de documentos por parte do Poder Público Municipal, o que poderá acarretar a quebra do sigilo financeiro do Fundo Municipal de Saúde e da Folha de Pagamento, bem como busca por meio judicial, a busca e apreensão de tais documentos e outros sonegados a CPI”, disse em relatório a Vereadora Adriana Coelho.

O prefeito Beto Azevedo disse, através de Nota da Assessoria de Comunicação, que todos os setores do Executivo Municipal, incluindo as áreas financeira, jurídica e da própria pasta da saúde foram orientados a fornecer todas as informações solicitadas pela Comissão.

Em tudo o que já foi analisado, os vereadores acusam a Administração Municipal de causar um rombo de R$ 3,5 milhões. “Com os levantamentos dos fatos, cabe afastamento do prefeito, ou cassação, mas cada vereador tem seu posicionamento. Uns concordam outros não. A minha parte eu fiz e entendo que cabe cassação do prefeito. Mas vamos aguardar a conclusão da CPI. Até porque, CPI não é responsável por cassação, e sim, pelo levantamento dos fatos. Cabe agora uma CP (Comissão Processante)”, disse o presidente da CPI, vereador Fabinho do Estaleiro.

Ainda em nota o prefeito disse que nada tem a temer sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada na Câmara de Vereadores. “O prefeito não considera que a Comissão tenha produzido ou obtido qualquer prova que possa condená-lo judicialmente. Que todo esse resultado possa ser apreciado pela Câmara e pela própria Justiça, de modo que todos os poderes constituídos cumpram com suas responsabilidades de forma isenta e independente”, disse a Nota.

Com a morte de Chico Anysio, Brasil perde um de seus maiores humoristas

Rio de Janeiro e Brasília – Morreu hoje (23)  às 14h52, o humorista Chico Anysio, de 80 anos. Ele estava internado no hospital Samaritano, em Botafogo, zona sul da capital fluminense, desde o dia 22 de dezembro do ano passado, quando teve uma hemorragia digestiva. 

Segundo a assessoria de imprensa hospital, Chico Anysio teve duas paradas cardíacas. Ontem (22), os médicos chegaram a submeter o paciente a um processo cirúrgico para uma drenagem na pleura, a membrana do pulmão, já que ele sofria de um enfizema pulmonar provocado pelo uso excessivo de cigarros. 

Chico Anysio estava na unidade de tratamento intensivo e respirava com a ajuda de aparelhos. Os problemas de saúde do humorista começaram em agosto de 2010, quando foi internado para retirada de parte do intestino por causa de uma hemorragia e foi diagnosticado com pneumonia. Desde então, foram diversas internações.

Nascido em 12 de abril de 1931, em um pequeno sítio em Maranguape, no Ceará, Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho tornou-se um dos mais renomados humoristas do país. Aos 8 anos de idade, Chico Anysio e a família deixaram a pequena Maranguape e mudaram-se para o Rio de Janeiro. Na infância, ele já mostrava sua veia humorística ao imitar vozes e trejeitos de professores e colegas de classe. Na adolescência, ganhava concursos de programas de calouros nas rádios do Rio e de São Paulo fazendo imitações. Foi até impedido de participar dos concursos, pois sempre saia vencedor. Em 1947, conquistou o primeiro lugar no programa Papel Carbono, de Renato Murce, líder de audiência na Rádio Nacional do Rio, na época. 

A carreira no rádio começou por acaso. Ao acompanhar a irmã e atriz Lupe Gigliotti em um teste na Rádio Guanabara, acabou sendo aprovado e contratado como locutor e radioator. Ficou em segundo lugar no teste de locutor, perdendo para o apresentador Sílvio Santos. Na rádio, apresentava a programação musical e interpretava galãs nas radionovelas. Em 1949, passou a integrar os humorísticos da emissora, trabalhando ao lado de outros grandes comediantes, como Grande Othelo. 

Na década de 50, já na Rádio Mayrink Veiga, criou um de seus mais famosos personagens, o Professor Raymundo, com o bordão "E o salário, ó!". Passou também pelas rádios Clube do Brasil e Clube Pernambuco. A estreia na televisão foi no programa Aí Vem Dona Isaura, na TV Rio, em 1957. Depois, estrelou humorísticos na própria TV Rio e nas emissoras Excelsior e Tupi.

 No final da década de 60, ingressou na Rede Globo, onde comandou diversos programas de humor, como Chico City, Estados Anysios de Chico City e a Escolinha do Professor Raymundo. Em mais de 60 anos de carreira, foram mais de 200 personagens, em que satirizava tipos políticos e pessoas comuns do povo brasileiro, como o babalaô Painho, o galã Alberto Roberto, o deputado federal Justo Veríssimo e a professora Salomé. Chico Anysio também era escritor, pintor e compositor. Chico Anysio casou-se seis vezes e teve oito filhos, sendo um adotivo. Ainda não há informações sobre o local do velório e do enterro. (Agencia Brasil )

Justiça determina que Ampla restabeleça fornecimento de energia elétrica para prédios da prefeitura de São Francisco

A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana, através da Procuradoria Geral do Município, obteve liminar na Justiça determinando que a Concessionária Ampla restabeleça o fornecimento de energia elétrica nos prédios municipais que tiveram o fornecimento interrompido. 

A liminar foi concedida pelo Juiz Leonardo Cajueiro d’Azevedo da Comarca de São Francisco de Itabapoana na tarde desta sexta-feira (23/03). 

A liminar, que atendeu a um pedido de segurança através de mandado, determina ainda que a Concessionária se abstenha de proceder novos cortes. Ao ser notificada a Ampla tem um prazo de 10 dias para fornecer informações sobre o procedimento que foi adotado. A decisão judicial determina ainda uma multa de R$ 1.000, caso a empresa efetue novos cortes. (Ascom SFI)

Superporto do Açu recebeu mais de R$ 2,4 bilhões em investimentos

Montante foi aplicado entre 2007 e setembro de 2011

 A LLX, empresa de logística do Grupo EBX, divulgou hoje (22) o resultado anual de 2011. No período foram investidos R$ 785 milhões no Superporto do Açu, maior investimento em infraestrutura portuária das Américas, em construção pela companhia em São João da Barra (RJ). Entre 2007 e dezembro de 2011 foram investidos R$ 2,426 bilhões no empreendimento. O montante foi aplicado principalmente na dragagem do canal onshore (TX2), construção dos blocos de concretos que serão utilizadas para construção do quebra-mar, implantação da linha de transmissão e aquisição de terrenos. 

No mesmo período também foi realizada a montagem da correia transportadora, empilhadeira e recuperadora que serão utilizadas para movimentação de minério de ferro no terminal offshore (TX1). No período também foram registrados importantes marcos para o desenvolvimento do Superporto do Açu, como a obtenção de Licença Prévia e de Instalação para o canal onshore e a autorização da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para construção da Unidade de Tancagem e Tratamento de Petróleo (UTP) no empreendimento. “O ano de 2011 foi repleto de eventos de grande relevância para o desenvolvimento do Superporto do Açu. A obtenção de licenças que permitiram o início das obras do terminal onshore TX2, resultou em um extraordinário avanço na área comercial, com a assinatura de contratos de aluguel de área com empresas de apoio a indústria offshore de petróleo e gás. A celebração desses contratos e a localização privilegiada do Superporto - em frente à Bacia de Campos e próximo às Bacias de Santos e Espírito Santo, reafirmam sua vocação para o negócio de petróleo e gás”, destacou Otávio Lazcano, diretor-presidente da LLX. 

 Destaques Em 2011 também foi registrada a assinatura de memorando de entendimentos com a Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) para desenvolvimento de estudos técnicos de viabilidade para a recapacitação de ferrovia que ligará o Superporto do Açu à região de Ambaí, em Nova Iguaçu (RJ). Concluídos no final de 2011, os estudos verificaram a viabilidade para integração do empreendimento com a malha ferroviária nacional, beneficiando todas as empresas localizadas na região Sudeste, que concentra 75% do PIB brasileiro. Entre os meses de outubro e dezembro de 2011, a LLX celebrou três contratos de aluguel para áreas do TX2 no Superporto do Açu. Eles foram assinados com a NKT Flexibles (NKTF), terceira maior fabricante de tubos flexíveis no mundo; Technip Brasil, líder mundial em gerenciamento de projetos, engenharia e construção para a indústria de óleo e gás; e InterMoor, líder global no fornecimento de serviços de ancoragem, fundações e serviços subaquáticos. Em conjunto, estes contratos representam uma receita anual de mais de R$ 33 milhões com tarifas portuárias e aluguel de área. 

 Outro importante marco em 2011 foi a Licença Prévia (LP) concedida à Ternium para a construção de usina siderúrgica no Complexo Industrial do Superporto do Açu. A LP autoriza a produção de até 8,4 milhões de toneladas de aço bruto por ano. O projeto aprovado contempla uma pelotizadora e uma planta siderúrgica integrada para produção de aço em placas e laminados. “A obtenção, pela Ternium, de licença prévia para a instalação de uma usina siderúrgica com capacidade para até 8,4 milhões de toneladas, fará do Complexo Industrial do Açu o maior site siderúrgico brasileiro. Além disso, a conclusão dos estudos de viabilidade com a FCA para recapacitação da linha litorânea permitirá a ligação do Superporto do Açu à malha ferroviária nacional, possibilitando cada vez mais a atração de empresas de diversos setores que desejam uma logística integrada e eficiente.


 Estes eventos representam importantes marcos no desenvolvimento do projeto do Superporto do Açu, que se caracteriza como um grande centro de convergência, atraindo empresas líderes setoriais que lá terão à sua disposição uma solução logística completa e amplo acesso a matérias-primas,” comenta Lazcano. Resultado Mesmo em fase pré-operacional, o Superporto do Açu apresentou neste trimestre receita líquida proveniente da assinatura de contratos para locação de área no valor de R$ 15,6 milhões, um crescimento de 40,9% em relação a 2010. A LLX encerrou o ano com R$ 407,6 milhões em caixa. Já o ativo imobilizado da companhia cresceu R$ 459 milhões, passando de R$ 791,9 milhões em 2010 para R$ 1,25 bilhão em 2011.

 Este resultado reflete a execução das obras de dragagem do canal e quebra-mar do TX2, implantação da Linha de Transmissão, execução de obras civis no Complexo Industrial do Superporto do Açu e aquisição de terrenos e ações de sustentabilidade. Em 2011, a LLX registrou prejuízo líquido de R$ 53,9 milhões. Este resultado, característico de qualquer empresa pré-operacional, está associado principalmente às despesas gerais e administrativas de R$ 149,8 milhões.

Conheça a LLX
A LLX desenvolve o Superporto do Açu, um Complexo Portuário Privativo de Uso Misto, com dois terminais, em construção em São João da Barra, no norte fluminense. Com construção iniciada em outubro de 2007 e início de operação previsto para 2013, o Superporto do Açu contará com 17 km de píeres e até 40 berços para atracação de navios. Ele poderá movimentar até 350 milhões de toneladas por ano, o que o coloca entre os três maiores portos do mundo.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Entrevistas polêmicas e debate acalorado marca Jornal SF é Notícia

O blog disponibiliza os áudios do Jornal São Francisco é Notícia da Rádio São Francisco FM. Entrevistas polêmicas e um debate acalorado tomaram conta do programa desta quinta-feira, 22 de março de 2012. Clique nos links para ouvir os áudios.

Primeira entrevista: Barbosa Lemos

Segunda entrevista: Vereador Tininho

Terceira entrevista: Carlinhos Azevedo

Réplica Barbosa

Debate Barbosa e Carlinhos

Réplica Tininho

Dona Marlene dos Santos

A chapa esquentou!

A chapa esquentou! Nervos à flor da pele! Nunca na história do rádio sanfranciscano políticos trocaram tantas ofensas com direito a debates que transcenderam o campo político e invadiram questões pessoais. O Jornal São Francisco é Notícia da Rádio São Francisco FM desta quinta-feira (22) seguia com dois assuntos que norteavam a pauta principal: a convocação de entrevista coletiva pelo presidente da CPI da Saúde e o impasse da Ampla com o Município. Com base em informações passadas pela Procuradoria do Município, o programa abordou o assunto, suscitando que a dívida da Prefeitura com a Ampla se arrasta desde a primeira administração de São Francisco de Itabapoana.

Foi o suficiente para o ex-prefeito Barbosa Lemos solicitar um espaço para se pronunciar. Sem papas na língua, Barbosa disparou sua metralhadora e abordou vários assuntos. Criticou a administração Beto Azevedo por diversas vezes e acusou o presidente da Câmara Municipal, vereador Tininho, de desviar dinheiro da folha de pagamento da Prefeitura durante a administração do saudoso Pedro Cherene. A partir daí, pilhado com a acusação, o vereador Tininho pediu um direito de resposta e também disparou sua munição contra Barbosa. Tininho disse que se tem alguém que deu prejuízos ao erário público, esse alguém é Barbosa. Tininho chegou a chamar o ex-prefeito de débil mental. A troca de farpas e ofensas foi grande. Carlinhos Azevedo, secretário municipal de Fazenda e irmão do prefeito Beto Azevedo também participou e propôs um debate. Após certa resistência, Barbosa aceitou debater com Carlinhos. Os áudios das entrevistas e do debate estão sendo preparados para serem postados aqui no Blog ainda hoje.

Mais detalhes em instantes.

Prefeitura divulga Nota Oficial sobre corte de energia

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Francisco de Itabapoana divulgou no final da manhã desta quinta-feira (22) Nota Oficial sobre o corte do fornecimento de energia elétrica:

Nota Oficial

Sobre a polêmica de corte de energia elétrica nos próprios públicos de São Francisco de Itabapoana, o Executivo Municipal vem a público esclarecer que se trata de uma dívida contraída desde 1996, passando por governos anteriores, e que vem se arrastando através de demandas judiciais até os dias de hoje. A atual administração municipal já se reuniu por diversas ocasiões com representantes da empresa Concessionária de Energia Elétrica Ampla com o objetivo de buscar um acordo, mas até o momento não houve um consenso entre as partes. O Executivo Municipal já está adotando as medidas judicias necessárias e uma nova reunião está agendada para as 15 horas de hoje, na sede da Ampla, para que o assunto volte a ser discutido e as partes busquem uma solução definitiva.

São Francisco de Itabapoana, 22 de março de 2012

Vigilantes decidem por fim a greve e agências abrem nesta quinta-feira

Categoria conseguiu reajuste e outros benefícios reivindicados. Apesar da greve, bancos funcionaram normalmente em SFI.

Depois de nove dias chegou ao fim a greve dos vigilantes no Estado do Rio de Janeiro. Apesar de atingir 100 % das agências bancárias de Campos, o movimento grevista não realizou piquetes em São Francisco de Itabapoana, e durante o período da paralisação os bancos funcionaram normalmente em SFI. Primeiro houve a confirmação na capital o que se estendeu as demais regiões e ao Norte e Noroeste do Estado, o que foi confirmado ao Site Ururau por Luiz Rocha, presidente do Sindicato da categoria em Campos. A partir desta quinta-feira (22/03) os mais de três mil e quinhentos trabalhadores voltam a rotina de trabalho.

Em assembléia realizada na noite desta terça-feira (21/03), os vigilantes decidiram aceitar a proposta do Tribunal Regional do Trabalho (TRT/RJ) de 7% de reajuste sobre o salário, representando um aumento real de 1,32% acima da inflação, além da manutenção do escalonamento do risco de vida até 2015.

O piso sobe de R$ 864 para R$ 924,48 e o ticket refeição passa de R$ 8,60 para R$ 9,46. Com os 6% do adicional de periculosidade o salário base do vigilante passa para R$ 1.053 em todo Estado.

“No final da assembléia a decisão foi aplaudida, a luta valeu a pena nossa luta, saímos de cabeça erguida”, disse Luiz Rocha.

O Sindicato Patronal também fez assembléia e concordou com a sugestão da desembargadora do TRT, Maria de Lourdes Sallabery, feita nesta terça-feira (20/03) durante audiência no Tribunal do Trabalho entre patrões e os 15 sindicatos da categoria. Como a negociação foi conduzida pela conciliação do TRT que deu prazo de uma semana para vigilantes e patrões se entenderem.

O Sindicato já se comprometeu em não descontar os dias parados, não punir e nem demitir os trabalhadores que aderiram à greve que durou nove dias, fechando mais de 600 agências bancárias de Norte a Sul do estado.

Com informações do Site Ururau

quarta-feira, 21 de março de 2012

Concessionária de energia corta fornecimento de energia da prefeitura de São Francisco

O Blog foi informado na noite desta quarta-feira, 21-03, que por causa de uma dívida com a concessionária de energia Ampla, de quase R$ 5 milhões, herdada dos governos passados e também deste governo, a sede da Prefeitura de São Francisco de Itabapoana terá o fornecimento de energia interrompido a partir desta quinta-feira, 22-03.

A notificação da concessionária, segundo um porta voz da prefeitura, diz que o corte não atingirá o Hospital Manoel Carola e os Postos de Saúde do município.

A procuradora da prefeitura de São Francisco de Itabapoana, Dra. Maria Helena Jorgov disse que nesta quinta, 22-03, o departamento jurídico da prefeitura irá impetrar um mandado de segurança objetivando obter uma liminar na Justiça que determine o religamento imediato do sistema de energia elétrico nos prédios da Prefeitura de São Francisco de Itabapoana.

Atualizado às 11h24m. O Blog obteve informação, desde a parte da manhã, da assessoria de imprensa da prefeitura de SFI (Ascom), que em nenhum momento foi interrompido pela concessionária Ampla o fornecimento de energia dos prédios da prefeitura de São Francisco de Itabapoana. Dentro de instantes, a Ascom enviará uma nota à imprensa esclarecendo o caso. Entretanto, a concessionária Ampla havia distribuído uma nota ontem, 21-03, à noite aos órgãos de imprensa de Campos dos Goytacazes com a informação do corte. O Blog apurou a matéria e teve a mesma informação, mais tarde confirmada pela procuradoria da prefeitura. Agora, vamos aguardar o que diz a nota que a Ascom enviará a imprensa sobre o assunto.

Presidente da CPI da Saúde convoca imprensa para entrevista coletiva

O vereador Fábio das Neves Moreira (PSDB), que preside a CPI da Saúde em São Francisco de Itabapoana, convocou a imprensa local para uma entrevista coletiva na próxima sexta-feira (23/03) em que vai apresentar relatório parcial da Comissão Parlamentar de Inquérito. Composta em 10 de novembro de 2011, a CPI tinha 90 dias para concluir seus trabalhos de apuração de possíveis irregularidades na Secretaria Municipal de Saúde. Mas o prazo foi prorrogado, com base no Ato 001/2011 (documento assinado pelo presidente da Câmara, Vereador Tininho, DEM, que nomeou os vereadores que participam da CPI), que deixava clara a possibilidade de extensão dos trabalhos.

A CPI foi criada depois de pedidos de suplementação de verbas feitas pelo Executivo para sanar problemas de salários atrasados e falta de remédios. Os vereadores a favor das investigações criaram a CPI com base no gasto de todo orçamento destinado à Saúde antes de terminar o ano de 2011. O Executivo, por outro lado, alegou que as verbas que pedia aprovação da Câmara foram oriundas de recursos de superávit que chegaram para o Município, e que para serem usadas necessitavam de autorização do Legislativo. Com o impasse criado, os vereadores oposicionistas e governistas criaram a CPI por unanimidade, mas não deixaram de aprovar, após debates acalorados, os pedidos solicitados pelo Governo Municipal.

Durante a CPI pouca coisa foi divulgada pelos vereadores, e a imprensa não teve acesso aos depoimentos, com exceção da divulgação de uma auditoria na Clínica Fênix no dia 27 de dezembro de 2011. A empresa foi contratada pela Prefeitura de São Francisco de Itabapoana para a realização de exames clínicos. Os vereadores constataram a realização de 30 mil exames em um mês, e suspeitaram de possíveis irregularidades, já que o município conta com 41354 habitantes. O proprietário da Clínica Fênix, Fabel Silva se defendeu alegando que o fato de a sua empresa ter feito 30 mil exames em um mês não quer dizer que atendeu 30 mil pacientes. Ele argumentou, em depoimento à CPI da Saúde, que cada exame feito por um paciente pode conter vários outros, e todos esses outros são computados no relatório enviado ao SUS.

Cederj abre inscrição para isenção e cotas

_
Até 24 de março, a Fundação Cecierj/Consórcio Cederj recebe inscrições para pedidos de isenção do pagamento da taxa de inscrição no Vestibular Cederj 2012.2 e para pré-inscrição no Sistema de Cotas. As inscrições estão disponíveis no site www.cederj.edu.br ou direto aqui. Trata-se do vestibular de meio de ano, que atrai muitos interessados em ingressarem nos cursos de graduação à distância. O período de inscrições e a data da prova ainda não foram divulgados. No meio do ano passado as inscrições aconteceram entre 18/04 e 21/05 e a prova no dia 18/06, mas o Cederj ainda irá anunciar o cronograma deste ano. O Consórcio Cederj é formado por sete instituições públicas de ensino superior do Estado do Rio de Janeiro: CEFET, UENF, UERJ, UFF, UFRJ, UFRRJ, UNIRIO.

O Polo do Cederj de São Francisco de Itabapoana funciona no CIEP 470 – Celso Martins Cordeiro. Os cursos oferecidos são: Ciências Biológicas (UENF), Letras (UFF), Matemática (UFF) e Pedagogia (UNIRIO).

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 2789-1323 ou pessoalmente no polo CEDERJ SFI.

Colaborou nessa postagem a diretora do CEDERJ Marta de Fátima Silva.

terça-feira, 20 de março de 2012

SESC-MG divulga nota em que lamenta crime ocorrido em suas dependências


O SESC-MG divulgou nota à imprensa na tarde desta terça-feira (20) em que lamentou o ocorrido em suas instalações na noite desta segunda-feira. O jovem Franklyn Estevão Tavares Nunes, 22 anos, foi assassinado a facada, por volta das 20h desta segunda-feira (19), durante uma festa de confraternização do Restaurante Maquiné. De acorto com informações do Portal OZK News, Laurindo Márcio de Oliveira, 31 anos, autor da facada que tirou a vida de Franklyn, foi liberado da 145ª Delegacia de São João da Barra por volta das 15h desta terça-feira (20). Laurindo foi enquadrado no artigo 121 – Homicídio Culposo, quando não há intenção de matar – e irá responder em liberdade.

Confira a Nota na íntegra:

NOTA À IMPRENSA

O Sesc Minas lamenta o incidente ocorrido em suas instalações, na noite dessa segunda-feira (19/03), quando houve desentendimento entre duas pessoas que participavam de uma festa particular de confraternização de funcionários do restaurante Maquiné - empresa terceirizada - fato seguido do óbito de uma delas.

Consternados, manifestamos nosso respeito e solidariedade às famílias. Igualmente, estamos empenhados para que os fatos sejam devidamente apurados e concluídos pelas autoridades competentes.

Esclarecemos, em função das notícias que vêm sendo veiculadas, que o fato não envolve funcionários do Sesc Mineiro Grussaí, nem hóspedes e frequentadores habituais da Unidade.

O Sesc Minas reafirma seu papel social pacificador, por meio de ações educativas, culturais, saúde, turismo, esporte, meio ambiente e lazer. A entidade trabalha para o bem da coletividade, da paz e da harmonia.

Núcleo de Educação Ambiental da Bacia de Campos retoma trabalhos em SFI

A ambientalista Simone Pedrosa Galaxe, agente local do Núcleo de Educação Ambiental da Bacia de Campos - NEA-BC para Diagnóstico em São Francisco de Itabapoana, enviou ao Blog uma carta em que explica detalhadamente os trabalhos do Núcleo, retomados na última sexta-feira (16). No mesmo documento, Simone convida para a próxima reunião de trabalho, sexta-feira, dia 24 de março, no Restaurante Central, em Guaxindiba, das 9 às 16 horas.

CARTA CONVITE

O Núcleo de Educação Ambiental da Bacia de Campos - NEA-BC é um projeto de atendimento a uma condicionante de licenciamento ambiental, conduzido pelo IBAMA e executado pela Associação NEA-BC em parceria com a Petrobras e apoio técnico da empresa de consultoria Participar. O Projeto promove ações continuadas de educação ambiental em 13 municípios da Bacia de Campos, a fim de desenvolver uma consciência crítica e fortalecer o exercício da cidadania.

Por se tratar de um projeto participativo, o NEA-BC conta com treze Núcleos Operacionais - NÓs, um em cada município da área de influência do Projeto: Araruama, Arraial do Cabo, Armação dos Búzios, Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Carapebus, Casimiro de Abreu, São Francisco de Itabapoana, Macaé, Quissamã, Rio das Ostras, Saquarema, São João da Barra. Cada NÓ constitui-se em uma base institucional do Grupo Gestor Local, que promove ações ligadas às questões socioeconômicas e ambientais de seus municípios e da região.

O que você pode esperar do NEA-BC?

O estímulo ao protagonismo coletivo, para que os indivíduos se tornem líderes e representem sua comunidade nos espaços de decisão, reivindicando melhorias e promovendo mudanças de cunho socioambiental, através de discussões, debates, simulações e estudos de caso.

Por que participar?

Porque pela iniciativa do NEA-BC você tem a oportunidade de se apropriar de temas complexos como Estado, Políticas Públicas, Ética, Educação Ambiental, Direitos, Cidadania e outros, de uma maneira leve e dinâmica.

E o melhor você faz isso tudo em conjunto com a sua comunidade, que vivencia os mesmos problemas que você. Juntos, vocês podem se comprometer a encontrar soluções para as questões críticas da sua localidade/bairro, do
seu município, e por que não do seu estado ou do seu país!

Como acontece?

Uma das ferramentas é o Programa de Formação e Desenvolvimento de Lideranças (Pró-Lideranças NEA-BC), que é um mecanismo de apoio à iniciativa do NEA-BC. Este apresenta uma Etapa Formativa Local composta por um módulo introdutório e seis módulos temáticos, com duração de 08 horas cada. Simultaneamente, em âmbito regional, ocorrem os Seminários Regionais de Aprendizagem. Estes têm como objetivo reunir alguns jovens mais atuantes nos projetos locais para discutir, construir conhecimento e trabalhar questões que extrapolam o âmbito local, mas que também fortalecem a ação em cada um dos NÓs do NEA-BC.

Ainda este ano o Programa realizará Oficinas de Elaboração e Gestão de Projetos, visando construir os projetos de intervenção para o próximo ciclo do NEA-BC, que está previsto para iniciar a partir do segundo semestre de 2012.

O que vai acontecer agora?

Na sexta-feira, dia 16 de março de 2012, estivemos nos encontrando com os integrantes do Grupo Gestor Local de Guaxindiba, lideranças, jovens e moradores interessados em dar continuidade às ações de mitigação socioambiental da localidade. O encontro será realizado na Escola Municipal Dirceu Dias, das 18h00 às 20h00.

Este encontro marcou a retomada das atividades do Projeto NEA-BC em Guaxindiba no ano de 2012. Onde foram discutidas as próximas ações e atualizado nosso plano de trabalho.

Planeje-se para participar também das próximas ações do Programa de Formação. E para saber mais sobre o Projeto NEA-BC e o Pró-Lideranças NEA-BC acesse o nosso site: http://www.neabc.com.br.

Datas das próximas atividades que ocorrerão em sua localidade:

Dia 24/03/2012 – Módulo V das 9h00 às 16h00. Local: Restaurante Central

Agradecemos a sua atenção e contamos com sua presença e participação.

Simone Pedrosa

DRM-RJ faz mapeamento de área de risco em SJB e se prepara para fazer o mesmo em SFI

O Departamento de Recursos Minerais (DRM) deu início, na última segunda-feira (19/03), aos trabalhos de mapeamento das áreas de risco de escorregamento em São João da Barra. O trabalho faz parte de um levantamento promovido pelo Governo Estadual, para mapear as áreas de risco iminente de escorregamento em 18 municípios da região Norte e Noroeste do estado. Depois de identificadas as áreas de risco, os geólogos vão encaminhar às prefeituras possíveis soluções para evitar o problema.

A equipe do DRM fica na cidade até a sexta-feira e em seguida se encaminha para São Francisco do Itabapoana e depois Italva, dando seguimento aos trabalhos. Os municípios que serão mapeados, com recursos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano (FECAM) são: Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Campos dos Goytacazes, Cardoso Moreira, Italva, Itaocara, Itaperuna, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, Porciúncula, Santo Antônio de Pádua, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana, São João da Barra, São José de Ubá e Varre-Sai.

Uma reunião entre a Coordenadoria de Defesa Civil de São João da Barra e os geólogos responsáveis pelo estudo marcou o início dos trabalhos. Na ocasião foi identificado que o risco maior em São João da Barra, que é uma planície e não possui localidades com morros, está na orla de Atafona, devido ao avanço do mar que afetou residências, tombando algumas e deixando outras em situação de risco. Os geólogos estão mapeando a localidade e dentro de três meses vão entregar o trabalho concluído.

Felício Valiengo, coordenador de Defesa Civil de São João da Barra, pediu que fosse feito um estudo do dique de contenção do Rio Paraíba, que vai desde Barcelos até a localidade do Poço de São João. O dique se rompeu em 2007 e uma área de mais de 8km foi alagada no município. Os geólogos explicaram que nesse momento, nesse estudo que estão fazendo, dique não é objeto de análise porque o foco são os taludes naturais, mas que em outra ocasião esse levantamento pode ser feito.

- Já conversei com a prefeita Carla Machado e ela oficiou ao DRM o pedido de mapeamento dos riscos do dique. O pedido já foi aceito e agora vamos aguardar a equipe voltar para fazer esse levantamento. Um rompimento do dique é bem mais prejudicial ao município do que as dunas de Atafona, que hoje, devido ao afastamento do mar, oferecem menos risco que há alguns anos atrás - explicou Felício.

Com informações da Secom-SJB

CONJUBALEF 2012 no feriadão da Semana Santa




O Blog deseja a todos os jovens batistas que irão participar do Congresso da Juventude Batista Leste Fluminense (CONJUBALEF 2012) que estejam firmes no propósito da caminhada com Deus. O programa foi enviado via e-mail por Anderson Carneiro Machado. O evento acontecerá de 05 a 08 de abril, no Ciep 470, em São Francisco de Itabapoana. O feriadão da Semana Santa será especial para os participantes do Congresso.

Chegou o outono! Estação começa com o sol entre muitas nuvens e temperaturas amenas

O Blog dá as boas vindas ao outono. A estação começou oficialmente às 2h14 da madrugada desta terça-feira, 20 de março. Em São Francisco de Itabapoana os agricultores estão comemorando as chuvas que vem caindo na Região. Aliás, o verão, mais uma vez, foi atípico. Na estação do calor, que também é a estação com os maiores volumes de chuva, as pancadas mais fortes não passaram da segunda quinzena de janeiro, e após um período de aproximadamente dois meses sem grandes volumes d’água, enfim a chuva vem amenizando a secura.

E essas distorções não foram verificadas apenas por aqui. Segundo o Clima Tempo, Neste verão choveu de forma muito irregular no Sul do Brasil, mas a chuva ficou um pouco mais frequente no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, se comparada à primavera. Passamos por um verão onde podemos dizer que a Região Sudeste teve duas estações: a metade foi de muita chuva e relativo frio e a outra metade foi muito quente e seca.

Alguns dados anormais registrados ao longo deste verão: Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia houve registro de apenas 14,5°C de temperatura na cidade de São Paulo, no dia 30 de janeiro, valor este que significa 4 graus abaixo do normal. Em Belo Horizonte choveu entre dezembro e janeiro quase 1000 milímetros (aproximadamente 67% da chuva total esperada na região durante um ano inteiro).

Depois houve uma longa estiagem. A chuva só retornou de forma significativa no finalzinho da estação. No Rio de Janeiro a situação foi semelhante: muita chuva em dezembro e em janeiro, mas depois veio o escaldante calor em fevereiro e neste começo de março. Uma possível explicação para essa ocorrência é que no começo do verão estávamos sob o efeito do fenômeno La Niña, que facilitou o avanço das massas polares pela América do Sul e promoveu uma maior frequência e intensidade da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS).

Ao longo do verão esse fenômeno foi perdendo força. Com isso, as frentes frias ficaram mais fracas e bloqueadas: Consequentemente, a chuva diminuiu na Região Sudeste e não veio mais o frio. Com sol forte e pouca nebulosidade, a temperatura subiu.

A partir de hoje teremos pela frente o outono – estação de transição entre as condições de verão, que, climatologicamente, na maior parte do país é quente e úmida, para o inverno, que é normalmente frio e seco.

A La Niña está enfraquecendo e devemos ter um trimestre sob condições neutras. A tendência é que tenhamos pela frente chuva irregular, onde, gradativamente, os meses devem ficar cada vez mais secos e as primeiras massas polares devem começar a avançar pelo Brasil entre o finalzinho de abril e o início de maio.

Veja mais detalhes aqui mês a mês, Região por Região, no site do Climatempo.


Previsão do tempo para São Francisco de Itabapoana, segundo o Climatempo

segunda-feira, 19 de março de 2012

Jovem é assassinado a facada no SESC-MG de Grussaí na noite desta segunda

O jovem Franklyn Estevão Tavares Nunes, 22 anos, (foto) foi assassinado por volta das 20h desta segunda-feira (19), em uma festa de confraternização do Restaurante Maquiné, no SESC-MG, em São João da Barra.

Segundo informações de pessoas que estavam no local, Franklyn, com ciúmes de Laurindo Márcio de Oliveira, 31 anos, em relação a sua esposa, iniciou uma confusão que logo foi apartada por pessoas no local. Em seguida, o jovem Franklyn pegou uma garrafa e acertou na cabeça de Laurindo, que estava sentado, comendo, com talheres em mãos. Ao levar a garrafada, instintivamente Laurindo enfiou a faca no abdómen de Franklyn, que ainda correu e logo caiu em seguida. No local, desesperados, amigos ligaram para emergência e solicitaram ambulância, que encaminhou Franklyn desfalecido para o Pronto Socorro do município. O médico Kinaen Alexim Junior tentou reanimar a vítima, porém, Franklyn havia perdido muito sangue, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Laurindo Márcio está na 145ª Delegacia de Polícia de São João da Barra prestando depoimento. Ele alega que agiu em legítima defesa.

Franklyn morava junto com uma jovem e criava duas filhas. O corpo será encaminhado para o IML e liberado para sepultamento.

Fonte: Portal OZK

Natureza ameaçada pelo homem II


Blog recebe mais denúncias de degradação do meio ambiente




Recebemos mais um e-mail denunciando degradação ao meio ambiente. Quem nos escreve é o presidente da AMASS - Associação de Moradores e Amigos de Sossego e Sonho – João Manhães. As imagens mostram uma cena lamentável, o depósito de lixo numa área que há pouco tempo era utilizado por muitos para desfrutar de momentos de lazer na antiga Pinguela do Sossego. Confira:

Prezado senhor,

Estou enviando imagens do local onde existia uma ponte que era denominada como a pinguela do Sossego. Infelizmente as nossas autoridades não estão interessadas na reconstrução da ponte e muito menos na limpeza do local. Nas imagens, vemos muito lixo, e o pior estilhaço de vidro.

Solicito que postem essas imagens, afim de, as autoridades competentes tenham consciência da problematização.

Atenciosamente,

João Francisco da Silva Manhães
Presidente da AMASS (Associação de Moradores e Amigos de Sossego e Sonho)

Gestão de pessoal: Firjan divulga ranking das prefeituras

São Francisco de Itabapoana aparece em posição ruim. Prefeito atribui resultado à falta de receitas como royalties do petróleo.

São Francisco de Itabapoana apareceu em uma posição ruim em um ranking montado pela Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) com gasto de pessoal das Prefeituras do Estado do Rio de Janeiro. O Jornal O Dia produziu reportagens com base nesse levantamento. Os municípios com as melhores notas valorizam servidores, pagam em dia e nem por isso comprometem a receita com a folha de pagamento. O estudo revelou que as cidades do Estado do Rio têm, em média, uma boa gestão em seus gastos neste quesito. Entre os 84 municípios avaliados, Rio das Ostras e Porto Real conquistaram a nota máxima (1,0) e são exemplo.

Em um trecho da matéria extraído do site www.odia.com.br, o jornal ouviu os representantes de municípios entre os melhores colocados na pesquisa:

O prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto Carvalho Balthazar, comemorou: “A valorização do servidor público tem sido o nosso principal foco nos últimos anos. Trago empresas para a cidade para que o funcionário, em seu horário de trabalho, participe de cursos de capacitação”. Ele destacou que a cidade tem 70% de dependência dos royalties de petróleo. A folha de pagamento do município em fevereiro deste ano foi de R$ 17,1 milhões.

Para Jorge Serfiotis, prefeito de Porto Real, a cidade se reinventou depois de receber as fábricas da PSA Peugeot Citroen do Brasil e parte da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional). “Nossas receitas saltaram de R$ 48 milhões em 2004 para R$ 150 milhões em 2011 e há previsão que chegue aos R$ 240 milhões este ano. Com todos esses investimentos pudemos valorizar o bem mais precioso do nosso município, os servidores que trabalham todos os dias em busca de melhores resultados”, avaliou.

Entretanto, de acordo com a matéria, três cidades do Estado: Cantagalo, São Fidélis e São Francisco de Itabapoana aparecem entre as 384 do País que apresentaram as piores notas em gestão de servidores.

A reportagem de O Dia colocou alguns contrapontos de Prefeituras, todavia a de SFI alegou que precisava de um tempo maior para responder ao Jornal. O jornal então publicou: Cantagalo contestou o estudo e informou que pensa em processar a Firjan e defende que não extrapolou o limite de gastos com pessoal. São Fidélis faz coro e diz que seus gastos com pessoal atingiram 51% no período de estudado. Já a Prefeitura de São Francisco de Itabapoana não se pronunciou.

Mediante a reportagem, a Rádio São Francisco FM abordou a questão na edição desta segunda-feira (19) do Jornal São Francisco é Notícia. Nossa produção ligou para representantes do Governo Municipal para ouvir as explicações. Participaram do programa o Assessor de Comunicação Aurênio Nascimento e o próprio Prefeito Beto Azevedo. Aurênio alegou ser humanamente impossível levantar em um dia todos os dados solicitados pelo Jornal, como valor da folha de pagamento do município, quantitativo de servidores, valores de salários pagos a médicos e professores, percentual de reajustes salariais desde 2010, porcentagem da receita gasta com pessoal, entre outros. E que já solicitou à Controladoria do Município as informações para dar uma resposta ao órgão de comunicação carioca.

Já o prefeito Beto Azevedo se justificou, atribuindo a posição de SFI no ranking à ausência das mesmas receitas apontadas por Rio das Ostras e Porto Real para o sucesso na pesquisa. “Nós temos 61 poços de petróleo em produção na frente do território de São Francisco, e até hoje nós não conseguimos receber royalties do petróleo. Esse dinheiro está indo para outros municípios e faz muita falta ao nosso. Estamos em um município extenso, onde os serviços têm que chegar a diversos núcleos de moradores espalhados”, alegou Beto. O prefeito ainda se defendeu alegando que já foi publicada em Diário Oficial a licença ambiental para a construção de um Parque Industrial no município com o propósito de atrair empresas para geração de emprego.

Da Redação com informações do Jornal O Dia