Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Manifestantes voltam a interditar RJ-224 em Imburi

Os manifestantes reivindicam a construção de mais quebra-molas
Fotos: Paulo André/Blog do Paulo Noel.
Um grupo de manifestante interditou a Rodovia RJ-224, no trecho próximo ao posto de combustíveis em Imburi, São Francisco de Itabapoana, colocando fogo em galhos e pneus. 

O protesto começou por volta das 16 horas desta terça-feira,  23,  e ninguém passa. O  congestionamento já é quilométrico nos dois sentidos.

Segundo informações apuradas pelo Blog, até o acesso a Estreito foi interditado com galhos e pneus velhos. Os manifestantes reivindicam a construção de mais quebra-molas na RJ-224.

Pelo telefone, o secretário municipal de Obras, Urbanismo e Serviços Públicos de SFI, Roosevelt Batista disse que fez contato com o engenheiro responsável pelo DER-RJ na Região, Dr. Ivan do Amaral Batista. 
“Dr. Ivan disse que já está nos planos do DER-RJ construir não só um, mais dois quebra-molas naquele trecho, o que não foi feito ainda porque o DER-RJ está aguardando as placas de sinalização vertical com indicação das lombadas”, explicou Roosevelt.

“Dr. Ivan Amaral disse, ainda , que os quebra-molas serão construídos não por causa das manifestações, mas porque o DER entende a necessidade destas lombadas naquele trecho”, disse o secretário.

Opinião do Blog

Já virou moda essas manifestações, interditando rodovias. Não somos contra as lombadas, mas entendemos desnecessário este tipo de protesto. Entretanto algumas autoridades regionais já deram um péssimo exemplo no passado, fechando a rodovia BR-101 na ocasião da luta pela manutenção dos royalties de petróleo. Penso que ninguém tem o direito de impedir o ir e vir constitucional do cidadão. Neste horário, milhares de trabalhadores estão cansados retornando para seus lares. Estudantes estão seguindo em direção às faculdades e universidades em Campos. Ambulâncias estão transportando pessoas em estado grave para hospitais, outros querem logo chegar a casa. Somos favoráveis a manifestação, desde que não interfira na vida de outras pessoas, como essa e outras manifestações têm interferido. E olha que as pessoas presas nesses congestionamentos não têm nenhum poder de decisão para construir um quebra-molas.

Atualizado às 19 horas. O Blog foi informado que terminou a manifestação por volta das 18h50m. A pista (RJ-224 ) foi liberada depois que o Corpo de Bombeiros apagou as chamas. O engenheiro chefe do DER-RJ prometeu aos moradores que os quebra-molas serão construídos. Disse ele que está apenas aguardando a confecção das placas de sinalização.


2 comentários:

rafael de Souza Silva disse...

Bom dia Paulo, é pelo prestigio do seu blog em toda região que venho manisfestar toda minha indignação em relação aos protestos, utilizo a rodovia todos os dias com minha motocicleta, pois participo das aulas realizadas pelo Pronatec em São Francisco, me desloco todos os dias de campos até o município São Franciscano, e é uma lástima ter que sair as pressas do emprego para poder chegar o mais cedo possível na aula e no meio do caminho me deparo com pessoas egoístas querendo revindicar algo que já foi revindicado, algo que está em processo e atuação pelas partes competentes, forçando as pessoas usuárias da RJ terem que entrar em desvios se expondo a perigos maiores do que a própria Rj já oferece.
Ontem um acidente ocorreu proveniente desses protestos, essa mania de protestar fechando rodovias só vai parar depois que alguém morrer por conta desses protestos, ai todos vão acordar, protestantes e autoridades, ai será tarde demais...

Chamo atenção aos leitores em relação a fiscalização da polícia na rodovia, um estado de completo abandono, caminhões que transportam cana de açúcar, se deslocam pela rodovia em baixíssima velocidade, em subidas já marquei 20km/h sendo que o agravante não é esses caminhões rodarem em baixa velocidade mais é a combinação de baixa velocidade e a falta de iluminação na traseiras dos caminhões onde motivou o acidente de ontem, graças a Deus só ficou no prejuízo material.

Na minha opinião considero esse fato um crime, é um crime o caminhoneiro "profissional do volante não manter seu caminhão em condições de trafegar em vias públicas, colocando em risco vidas alheias..

Espero que possa publicar esse manifesto em seu blog.
Grato Rafael Silva.

rafael de Souza Silva disse...

Bom dia Paulo, é pelo prestigio do seu blog em toda região que venho manisfestar toda minha indignação em relação aos protestos, utilizo a rodovia todos os dias com minha motocicleta, pois participo das aulas realizadas pelo Pronatec em São Francisco, me desloco todos os dias de campos até o município São Franciscano, e é uma lástima ter que sair as pressas do emprego para poder chegar o mais cedo possível na aula e no meio do caminho me deparo com pessoas egoístas querendo revindicar algo que já foi revindicado, algo que está em processo e atuação pelas partes competentes, forçando as pessoas usuárias da RJ terem que entrar em desvios se expondo a perigos maiores do que a própria Rj já oferece.
Ontem um acidente ocorreu proveniente desses protestos, essa mania de protestar fechando rodovias só vai parar depois que alguém morrer por conta desses protestos, ai todos vão acordar, protestantes e autoridades, ai será tarde demais...

Chamo atenção aos leitores em relação a fiscalização da polícia na rodovia, um estado de completo abandono, caminhões que transportam cana de açúcar, se deslocam pela rodovia em baixíssima velocidade, em subidas já marquei 20km/h sendo que o agravante não é esses caminhões rodarem em baixa velocidade mais é a combinação de baixa velocidade e a falta de iluminação na traseiras dos caminhões onde motivou o acidente de ontem, graças a Deus só ficou no prejuízo material.

Na minha opinião considero esse fato um crime, é um crime o caminhoneiro "profissional do volante não manter seu caminhão em condições de trafegar em vias públicas, colocando em risco vidas alheias..