Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Reparação da erosão no Açu é motivo de reunião entre prefeito de São João da Barra, deputado Roberto Henriques e diretor do INPH

Fotos extraídas do Blog do Roberto Moraes.

O deputado estadual Roberto Henriques mediou uma reunião entre o prefeito de São João da Barra, José Amaro Martins de Souza, o Neco, e o diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Hidroviárias (INPH), o engenheiro Domenico Accetta, com o objetivo de solucionar a situação do avanço do mar no distrito do Açu . O encontro ocorreu na manhã desta terça-feira, dia 7, na sede do instituto, na cidade do Rio de Janeiro. Na ocasião o engenheiro também definiu que em dezembro será entregue ao prefeito o projeto final de recuperação da orla do balneário de Atafona, feito a pedido do deputado Roberto Henriques.

Domenico acredita que será relativamente fácil a reparação do processo erosivo na orla do Açu. “Enviaremos uma equipe ao Açu para avaliar a questão. Entretanto, de antemão digo que recompor os sedimentos de forma emergencial não será complicado, já que poderemos usar o maquinário do estaleiro que já está no local. Uma vez remediada a situação, faremos um estudo mais detalhado sobre as causas, para que não volte a ocorrer o avanço do mar, e encaminharemos para o Instituto Estadual do Ambiente (Inea)”, explicou.

De acordo com o engenheiro, ainda não há como afirmar se a instalação do complexo portuário no Açu foi a causa da erosão, mas frisou que a construção de qualquer estaleiro provoca escavação no mar. “É um problema que tem solução. Nisso que temos que focar”, frisou.

O prefeito Neco destacou a preocupação com os moradores do Açu, já que no último mês houve um avanço significativo do mar. “A empresa Prumo já fez um estudo da situação, mas achei melhor solicitar um novo. Recorri ao deputado Roberto Henriques e ele me colocou em contato com o INPH, que é o órgão oficial do governo federal e um instituto muito sério. Queremos que os moradores do Açu fiquem tranquilos”, pontuou o prefeito.

Para o deputado estadual Roberto Henriques, é dever dele, como parlamentar da região, interceder quando um problema desse porte atinge à população.        “Não queremos que ocorra no Açu o que aconteceu em Atafona, por isso estamos lutado para solucionar o problema no início. Já vimos, através do estudo do INPH, que Atafona tem jeito e vou batalhar sempre para que ela seja recuperada, mas não precisamos deixar que as famílias do Açu percam suas casas para agir e é isso que estamos fazendo aqui”, concluiu o deputado.

Erosão no Açu- Ao longo do ano a população, de aproximadamente dois mil habitantes, do quinto distrito de São João da Barra tem se preocupado com a erosão e a diminuição da faixa de areia na praia. Nos últimos meses o mar avançou algumas vezes, mas, no último dia 24 de setembro, a situação piorou. O mar invadiu várias casas, a Avenida Atlântica, as ruas do Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) e da Escola Municipal Chrisanto Henrique de Souza. Segundo a Defesa Civil, nenhuma família precisou ser removida de suas casas. (Ascom )


Nenhum comentário: