Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Um brasileiro e uma alemã numa aventura em duas rodas


Um sonho realizado a dois: casal pretende,
pedalando suas bicicletas, cruzar os países da América do Sul.

O casal Rafael Ramos, 34, morador de Piratininga Bairro de Niterói e Uli Kausch, 31, moradora numa cidade de 1.800 habitantes na Alemanha chamada Kikrkel, já está na estrada há dez dias numa jornada onde pretende passar por toda a América do Sul.

Na parada em São Francisco de Itabapoana, nesta quarta-feira, 15,  o Blog conversou com a dupla na banca de jornais do Carlinhos, na Praia de Santa Clara.

Foi um bate papo legal onde a alemã Uli Kausch, sem dominar ainda o idioma português, numa pequena intervenção durante a conversa provocou risos em quem acompanhava a entrevista. O Blog quis saber de Uli se até o final desta aventura, que inclui a passagem por dezenas de cidades brasileiras, ela aprenderia algumas palavras em português.

O namorado Rafael imediatamente traduziu em inglês a minha pergunta, no que ela respondeu:  “Já falo um pouquinho português”, disse.

Esse pouquinho seria o quê?  “Bom dia, boa tarde, boa noite, tudo bem, obrigado e 7 a 1”, disse, sorrindo, aquela simpática alemã, provocando risos ao nos lembrar a acachapante derrota imposta pela Alemanha ao Brasil. O papo prosseguiu em clima de descontração com Rafael Ramos falando da aventura.

O casal se conheceu a bordo de um navio da companhia Costa Cruzeiros, em que os dois trabalharam pela costa brasileira.

A partir do momento em que a companhia não disponibilizou o embarque dos dois no mesmo navio, para outras viagens, eles decidiram ir morar na Europa. Mas segundo Rafael Ramos, o prazo de permanência em países da Europa com visto de turista é de três meses.

“Diante desta dificuldade, decidimos voltar ao Brasil onde planejamos fazer uma viajem de bicicleta por toda a América do Sul onde o visto de turista disponibilizado é de noventa dias”, disse.

Conhecer a América do Sul pela cordilheira dos Andes, desde a Venezuela até a Patagônia, atravessando todo o continente sul-americano, conhecendo a paisagem do Chile, Argentina, Peru, Bolívia, Equador e Colômbia, na rota dos países Andinos, foi o que motivou o casal a realizar o sonho.  Rafael Ramos estima que a viagem dure um ano.

“Compramos as bicicletas e começamos a pesquisar itinerários, equipamentos. Entramos em sites de pessoas que já fizeram aventuras deste tipo e buscamos informações”, diz. Pelos amigos e familiares eles não sairiam de Niterói e foram taxados de malucos. Não recebeu incentivos, muito pelo contrário, foram alertados que na estrada os motoristas jogam o carro em cima, as pessoas não respeitam, podem roubar as bicicletas. Mas, apesar de todos os conselhos, o casal disse estar determinado.

Itinerário

“Por enquanto estamos no décimo dia de viagem. A gente saiu de Niterói e veio seguindo o litoral. Na Região dos Lagos paramos em Maricá, Saquarema, Rio das Ostras, Macaé, Cabo Frio e Campos”, diz. Temos um GPS e estudamos bem o roteiro que a gente programou.

Apesar da aventura, o casal mantém contato todos os dias com familiares através das redes sociais e whatsApp.

Desafios

Rafael Ramos falou sobre as dificuldades do percurso, mas em nenhum momento pensou em desistir.

“Quase todos os dias temos dificuldades. O primeiro dia, por exemplo, foi muito difícil. A gente treinou, mas só percebemos o quanto ficou pesada a bicicleta depois de equipada”, diz.

A bicicletas levam desde roupas de calor, de pedaladas, roupas para frio extremo até material de camping, de cozinha, de costura e de mecânica de bicicleta. “E sempre que chegamos numa cidade procuramos uma oficina para uma manutenção”, diz.

O casal que saiu de Campos dos Goytacazes às 7 horas da manhã desta quarta-feira, 15, chegou a Santa Clara por volta das 13 horas.

Sobre a viagem
Rafael explicou que não pretende fazer toda a viagem de bicicleta. “Nosso propósito é fazer grande parte do percurso em Bicicleta e conhecer o Continente. Na primeira fase vamos seguir até Recife em Pernambuco e de lá pegar um avião para Manaus. De Manaus vamos para o Peru. Temos bolsa específica para transportar as bicicletas no avião. Desmontamos as rodas e  o quadro que são encaixadas em uma bolsa”, diz

Do Peru eles vão conhecer a outra lateral da América do Sul pela Cordilheira dos Andes. “Vamos passar por Machu Picchu no Peru, Deserto de Atacama no Chile, depois pela Argentina até a Patagônia. Depois a gente corta para dentro da Argentina e vamos subir o Uruguai, o Sul do Brasil, Cataras de Iguaçu e  aí sim, retornamos ao Rio de Janeiro.  

O casal saiu de Santa Clara com destino a Marataízes (ES) por volta das 15 horas desta quarta-feira, 15. Desejamos ao simpático casal uma boa viajem e que Deus os acompanhe. O Blog pede aos moradores das cidades por onde eles passarem que os recebam com carinho.



Nenhum comentário: