Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Internauta encontra pinguim na Praia de Buena litoral de SFI


O pinguim está cansado e com fome e foi entregue ao CTA Serviços em Meio Ambiente de SFI.




Um pinguim foi parar na Praia de Buena, litoral de São Francisco de Itabapoana. O animal foi visto pela manhã quando ainda estava nadando nas ondas do mar de Buena.

Segundo o internauta Gileno, que mora na Praia e Buena e trabalha em plataforma de exploração de petróleo,  o pinguim estava cansado quando chegou às areias da praia.

 — Fiquei observando ele nadar. A maré estava cheia. Haviam muitos curiosos também observando. Acho que ele estava com medo de chegar até as areias por causa das pessoas que aguardavam ele se aproximar — diz.

Entretanto, por volta das 15 horas desta segunda-feira, ele acabou nadando se aproximando até a Praia

— Acho que ele está com fome e muito cansado. Preciso que alguém da Secretaria de Meio Ambiente que venha aqui apanhar — disse.


O Blog fez contato com o CTA Serviços em Meio Ambiente de São Francisco de Itabapoana que enviou uma equipe ao local e recolheu o animal. O biólogo orientou para não colocar o pinguim em caixa com gelo quando for encontrado no litoral. .


O CTA - Serviços em Meio Ambiente de São Francisco de Itabapoana  conta com equipe de colaboradores composta por profissionais altamente qualificados, nas mais variadas áreas de atuação (biologia, oceanografia, arqueologia, engenharia, geologia, sociologia, geografia, comunicação, economia, entre outros), sendo a maioria formada por especialistas, mestres e doutores.

Saiba mais sobre nossos visitantes de inverno

Segundo o site bichos.uol.com.br, entre os meses de julho e setembro, um novo tipo de "banhista" costuma aparecer no litoral sul e sudeste do Brasil.

Desajeitado e de "casaca", ele parece deslocado nas nossas praias. Afinal, o pinguim é aquela ave engraçadinha que vive no gelo, certo?

Errado. "Há pinguins até mesmo nas Ilhas Galápagos, que estão muito próximas do Equador", afirma a bióloga Valéria Hadel, do Centro de Biologia Marítima da Universidade de São Paulo (CEBImar - USP). "Eles não são dóceis e podem atacar quando se sentem ameaçados", alerta o veterinário André Maia Sena, do Zoológico de Niterói.

Existem 18 espécies de pinguins. O que habita o imaginário da grande maioria das pessoas é o Imperial, aquele que ilustra o rótulo de uma famosa marca de cerveja e que virou personagem de desenho animado. Mas não é ele que costuma dar as caras no Brasil.


Quem chega por aqui todos os anos durante o inverno é o Pinguim de Magalhães, que recebeu este nome em homenagem ao explorador Fernão de Magalhães, primeiro europeu a observar estes animais, em 1519. Ele vive nas Ilhas Malvinas, na Patagônia e ao longo da costa da Argentina e Chile.


Nenhum comentário: