Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

domingo, 9 de agosto de 2015

Ato ecumênico reúne líderes religiosos católicos e evangélicos em caminhada pelo Dia Municipal da Família

 

Com faixas exibindo mensagens pela unidade das famílias, cristãos evangélicos e católicos participaram neste sábado, 8, de uma caminhada alusiva ao Dia Municipal da Família que, agora é Lei em São Francisco de Itabapoana, graças a um projeto de autoria da vereadora Yara Cintia, aprovado pela Câmara Municipal e, por unanimidade, sancionado pelo prefeito Pedrinho Cherene.

Esta foi a primeira vez que um evento em São Francisco de Itabapoana, com foco para a família, contou com um ato ecumênico em plena Praça de São Francisco.

Compartilhando o mesmo palco e espaço, lá estavam líderes religiosos católicos e evangélicos.

O primeiro a falar foi o padre Lucas Mendes quem presidiu o evento convidado os líderes religiosos e autoridades presentes para que fossem até o palco. Diante de um público que lotou a praça de São Francisco de Paula o padre Lucas Mendes ressaltou a importância da família unida.

O pastor Ademir Ramos da 1ª Igreja Batista de São Francisco destacou que "quando se trata de família nós devemos trabalhar sempre e intensamente juntos".

— Nunca se viu na história, um momento em que a família esteja tão afrontada como hoje. Enquanto pastores, sabemos que a família é a base. Assim, um projeto como este tem que sempre ser defendido por nós — enfatizou.

Para pastor Ademir Ramos, foi uma ideia brilhante tornar Lei, o Dia Municipal da Família. Com relação ao evento ecumênico, pastor Ademir disse que desde que chegou a São Francisco de Itabapoana, tem admirado o trabalho do padre Lucas Mendes pela união de todos.

— Um trabalho extraordinário de suma importância de aproximação das igrejas — disse.

A vereadora Yara Cíntia disse que foi lançada uma semente pela unidade família.

 — Fico feliz com a decisão do padre Lucas Mendes em ter tido a ideia de, juntos com os pastores, promover este ato ecumênico — e concluiu dizendo que o cristão é cristão, com a mesma base familiar.

O prefeito Pedrinho Cherene, o seu vice, Amaro Barros e o presidente do Legislativo sanfranciscano Renato de Buena, participaram da caminhada e foram unanimes em suas falas enaltecendo os pastores e o padre pelo ato ecumênico em que se transformou o evento. Participaram ainda os pastores Rogério e Wilson Cardoso além de centenas de católicos e evangélicos.


Após as homenagens, a coordenadora do evento anunciou um grupo de dança que apresentou uma dança corografada e,  em seguida, um show católica com a banda “Pela Graça” que se apresentou no palco.  

Nenhum comentário: