Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Ambulância da prefeitura de SFI colide com carro parado na RJ-224 em Volta Redonda

Mãe que estava no interior da viatura com o filho, saiu ferida com corte no joelho. Motorista de ambos os veículos e a criança saíram ilesos do acidente.

Ocupantes da ambulância e do veículo para na pista foram levados para o Hospital
Uma ambulância da Secretaria Municipal de Saúde da prefeitura de São Francisco de Itabapoana ficou bastante avariada na parte frontal do veículo, quando colidiu com veículo sem sinalização que estava parado na pista da RJ-224 próximo a localidade de Volta Redonda em São Francisco de Itabapoana. O acidente aconteceu por volta das 23h40m de quinta-feira, 12/02, quando o motorista da ambulância não identificado pela reportagem retornava do Hospital Municipal Manoel Carola para São Francisco de Itabapoana.

No interior da ambulância estava a jovem dona de cana A.G.P. de 27 anos com o filho de 8 anos. “Eu tinha ido ao hospital levar meu filho que estava com diagnóstico de diarreia. Ele foi medicado e retornamos para casa na ambulância que estava vindo para São Francisco de Itabapoana.

A dona de casa contou a reportagem do Blog do Paulo Noel como tudo aconteceu.

“Foi obra de Deus não ter acontecido o pior. Acompanhava meu filho no interior da ambulância retornando do Manoel Carola. Quando o motorista da ambulância chegou em Volta Redonda, próximo ao Estádio Municipal, ele foi surpreendido com um veículo parado no asfalto totalmente no escuro. O motorista aparentemente alcoolizado estava no interior do veículo sem nenhuma sinalização, o que acabou provocando o acidente”, diz. O carro foi arrastado por 300 metros pelo acostamento.

“Com o impacto, só deu tempo agarrar meu filho e gritar. Depois que paramos, verifiquei que tive um corte profundo no joelho. O resgate municipal foi acionado e todos nós, inclusive os dois motoristas, fomos levados para o Hospital Manoel Carola”, conta.

A jovem disse ainda que ouviu o motorista do veículo que estava parado na pista, perguntando por outro pessoa que estaria com ele. Entretanto, apesar de procurada pelo mato às margens do asfalto essa pessoa não foi encontrada. 

A Polícia Militar foi chamada, compareceu ao local e não achou ninguém. Suspeita-se  que deve ter ido embora a pé para casa. Todos os envolvidos no acidente, foram liberados de madrugada após serem atendidos pelos médicos de plantão. Ninguém corre risco de morte.

O professor Aroldo Leandro, que apresenta o programa dominical na Rádio São Francisco FM, disse que passou logo após o acidente. No local havia muitos curiosos e a Polícia Militar. “Um carro totalmente apagado na pista é um perigo para qualquer motorista. É preciso mais cuidado. O veículo deveria estar no acostamento”, diz o professor.



Nenhum comentário: