Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Obras da ponte: o blog retorna um mês após o início das obras anunciadas festivamente pelo governador

Tudo parado no local das obras da Ponte da Integração.

Dono de trailer de caldo de cana exibe os currículos deixados pelos jovens .

No próximo dia 6 de julho, completa um mês que o governador Pezão anunciou festivamente o início das obras da ponte da Integração, ligando os municípios de São Francisco de Itabapoana a São João da Barra. 

Vendedor de caldo de cana (foto) exibe pasta com dezenas de currículos deixados em seu trailer por jovens a procura de emprego nas obras da ponte. Ele promete entregar.


Há quatro dias de completar um mês do histórico lançamento da obra da Ponte da Integração, o Blog só encontrou no local, o gado pastando no cercado onde deverá ser o canteiro de obras, três contêiner pintados de amarelo numa Estrada vicinal e as seis vigas colocadas próxima a mesma propriedade onde, no dia da festa de lançamento, a PREMAG exibia em caminhões estacionados às margens da Rodovia BR-356.

Próximo ao trevo de acesso ao Porto do Açu, um prédio que deverá ser utilizado pela PREMAG para dar apoio logístico as obras, estava com as portas fechadas. O Blog conversou com um vendedor de pasteis e caldo de cana, que mantem um trailer bem na entrada onde surgirá a ponte.

Segundo o vendedor, desde a festa de lançamento da obra, nada foi feito. “Eu trabalho aqui vendendo salgados, pasteis e caldo de cana. Quase todo dia, chegam jovens trazendo currículos na esperança de conseguir trabalho nas obras da ponte. Como não tem a quem entregar, eles pedem que eu guarde para entregar quando o escritório abrir”, disse o vendedor exibindo uma pasta com dezenas de currículos que ele promete entregar tão logo o escritório da empresa seja aberto no local da obra.

Trabalhador rural acha que obra não começou
por causa dos jogos da copa do mundo.
Seguindo em frente, conseguimos falar com um trabalhador rural que mora próximo ao dique onde será erguida a cabeceira da ponte. Gentilmente, o seu Barreto, como se apresentou, concordou em abrir a cancela que permitiu que fossemos de carro até a demarcação da ponte.
O que verificamos é que continua tudo como estava no dia da visita das autoridades. “Acho que só após aos jogos da copa do mundo é que as obras vão começar. Eu vi uns homens pintando de amarelo aqueles contêiner e depois foram embora. Só isso”, disse seu Barreto.

O Blog tentou contato com a empresa responsável pelas obras da ponte, e, no entanto não conseguiu falar com nenhum dos diretores. O DER-RJ não soube informar o motivo das obras não terem começado.

Por enquanto o motivo das obras não terem começado,   na opinião de um morador, é a Copa do Mundo. Será? Estamos de olho e como dissemos vamos acompanhar tudo de perto. Até a próximo, após o encerramento dos jogos da FIFA.  
No marco da obra um cavalo pastando onde será a cabeceira da ponte.


Por enquanto onde surgirá o início da obra só vimos bois pastando.


Um comentário:

Fernando disse...

Espero que mais uma vez não fique somente na promessa!!!