Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Solidariedade de ouvintes da Rádio São Francisco ajuda borracheiro a se reerguer após incêndio


Campanha na Rádio São Francisco já arrecadou cerca de R$ 7 mil, entre dinheiro, ferramentas e máquinas.

Léo Gomes na São Francisco FM com o
pastor Robert, Júnior e pastor Adílson
“O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã”, Salmos 30:5. Terça-feira, 22/07, 20h30, o jovem Léo Gomes, proprietário de uma borracharia, chega ao trailer onde funcionava o seu estabelecimento e encontra tudo em chamas. Na companhia da esposa e do filho, Léo não suportou ver o seu negócio, suas economias, o seu patrimônio virar cinzas. Vivendo uma semana especial, já que o incêndio aconteceu na véspera de seu aniversário de 27 anos e a quatro dias de seu casamento, pareceu que o mundo desabou em sua cabeça.

Léo foi pra casa, e não foi uma noite agradável, obviamente com o incêndio em sua mente. Mesmo sem ter estado com Léo, a equipe de reportagem da Rádio São Francisco, ainda no local, ofereceu a emissora para realizar uma campanha com o intuito de ajudar o jovem a reerguer o seu negócio. Eis que ainda na noite do incêndio o telefone tocou. Era o Pastor Adilson Sacramento se colocando a disposição para levar o Léo no dia seguinte aos estúdios para realizar a campanha.

Naquela manhã ensolarada de quarta-feira, 23 de julho, o aniversariante Léo Gomes chegava à Rádio, visivelmente abatido, sem ter muito o que comemorar. Na companhia do pastor Robert da Igreja Assembleia de Deus da Ilha dos Mineiros, a qual Léo é membro, do pastor Adilson e de seu irmão Júnior, o jovem borracheiro recebia o nosso carinho. “Pastor, prepara o caderno e a caneta para anotar as doações, pois a solidariedade do povo de São Francisco é grande”, disse Paulo Noel ao Pastor Adilson.

A campanha para ajudar o borracheiro que havia perdido todo o seu negócio foi um sucesso. Destaque para a solidariedade da população de São Francisco de Itabapoana. Em uma hora e meia de campanha foram cerca de 100 participantes. O telefone não parou de tocar. A maioria dos ouvintes doou dinheiro e alguns doaram até ferramentas e máquinas como jogo de rodas, compressor de ar, furadeira, esmerilhadeira, pneu e dois macacos hidráulicos. Muito emocionado, mas desta vez com lágrimas de alegria, Léo agradeceu a todos que ajudaram.

Até o momento, entre recursos financeiros, máquinas e equipamentos a campanha já arrecadou cerca de R$ 7 mil. Na manhã desta quinta-feira Léo esteve em Campos sondando a compra de um novo trailer para montar novamente a borracharia.

Léo Gomes, 27 anos, é filho do saudoso Salvador de Souza Batista, que era conhecido como “Dodô de Palmeirinha”, grande desportista da região de Praça João Pessoa, em São Francisco de Itabapoana. Léo era funcionário de uma borracharia em São Francisco de Itabapoana, e recentemente havia montado o seu próprio negócio. Atualmente mora na Ilha dos Mineiros com a esposa Jéssica e o filho do casal, Daniel de 4 anos. Neste sábado Léo e Jéssica sobem ao altar. Irão oficializar a união sob as bênçãos de Deus. O casamento será realizado na Igreja Assembleia de Deus da Ilha dos Mineiros.


A Rádio agradece a todos que contribuíram para o sucesso da campanha. A passagem bíblica que abriu está matéria foi citada pelo vice-prefeito Amaro Barros, que participou da campanha. Na próxima semana será feita uma prestação de contas e um agradecimento na Rádio São Francisco FM pelo sucesso da campanha. O blog deseja que Deus abençoe o Léo nessa nova jornada da vida deste jovem borracheiro. O seu desespero após o incêndio e a sua vitória com a ajuda de Deus e a solidariedade dos ouvintes da Rádio São Francisco provaram que o “choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã”.

Fotos e matéria: Vinícius Berto
Além de dinheiro, foram doadas máquinas. O borracheiro não teve como conter as lágrimas pela apoio que recebeu.


Como era a borracharia antes do incêndio (foto: Google Street View)


Como ficou a borracharia após o incêndio



Nenhum comentário: