Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Datafolha, votos válidos: Pezão tem 56%, e Crivella, 44%



A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.
Segundo o instituto, indecisos no estado somam 8%.

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (16) mostra os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida para o governo do Rio de Janeiro no segundo turno:

Luiz Fernando Pezão (PMDB) - 56%
Marcelo Crivella (PRB) - 44%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos em branco, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

Votos totais

Se forem incluídos os votos em brancos e nulos e os dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

Luiz Fernando Pezão (PMDB) – 46%
Marcelo Crivella (PRB) – 36%
Em brancos/nulo/nenhum – 10%
Indecisos – 8%

Momento da decisão do voto

A pesquisa mostra em que momento os eleitores decidiram seu voto no primeiro turno nas eleições. Os percentuais são os seguintes:

Pelo menos um mês antes da eleição – 63%
15 dias antes da eleição – 11%
Uma semana antes da eleição – 9%
Na véspera da eleição – 5%
No próprio dia da eleição – 12%

Número para confirmar ou anular o voto

Foi perguntado aos eleitores qual o número eles vão digitar na urna eletrônica para confirmar ou anular seu voto para governador. A pesquisa mostra o seguinte resultado:

Menções corretas: 64%
Não sabe o número do candidato: 30%
Menções incorretas: 3%
Não sabe como anular o voto: 4%

Decisão de voto

Apresentados os dois candidatos que estão na disputa pelo governo do Rio, a pesquisa perguntou aos eleitores sobre sua decisão de voto. Os percentuais são os seguintes:

Luiz Fernando Pezão
Votaria com certeza: 41%
Talvez votasse: 21%
Não votaria de jeito nenhum: 36%
Não sabe: 2%

Marcelo Crivella
Votaria com certeza: 34%
Talvez votasse: 22%
Não votaria de jeito nenhum: 43%
Não sabe: 2%.

A pesquisa foi realizada nesta quarta-feira (15), com 1.493 entrevistados em 36 municípios. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de três pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número RJ-00069/2014 e BR-01098/2014.

Fonte: G1 Rio
Foto: SRZD

2 comentários:

Igor da Silva Veiga disse...

As pesquisas de opinião erraram mais da metade das "previsões" em todo o brasil e no nosso estado não foi diferente, e agora estão divulgando mais esta, e uma "piada" ter entrevistado somente mil e quinhentas pessoas num estado onde tem quase ONZE MILHÕES de eleitores. E o pior é que ainda existem eleitores infames que votam no candidato cuja pesquisa o classifica como primeiro...

SINDICATO DO SERVIDOR SFI disse...

Prezado Blogueiro, o anonimato realmente é uma forma de demonstrar a falta de coragem de dizer o que pensa, mesmo estando num país democrático. As palavras ofensivas de certos internautas são reflexos de pessoas mal educadas, ou sem capacidade de expressar algo construtivo, mesmo que seja uma crítica. Gostaria de elogiar a matéria sobre uma pesquisa que nunca vi, e que na minha opinião também pode ser decisiva no dia da eleição para definir quem será o(a) próximo(a) presidente da república, visto que o percentual de quem decidi no último dia foi superior a 10%. Se isso tem significado, a diferença do Aécio para Dilma que é de 2% e o percentual dos indecisos que é de mais de 5%, a decisão final ficará para dia 26 e isso confirma os erros dos Institutos de pesquisa nas eleições do dia 05/10. Prof. produtor rural e sindicalista Cirábio Ramos