Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

domingo, 29 de março de 2015

Seca faz prefeito de São Francisco de Itabapoana decretar estado de emergência no município

Prefeito espera que governo reconheça o decreto.

O prefeito Pedrinho Cherene entregou em mãos, ao secretário estadual de Agricultura, Christino Áureo, cópia do decreto de estado de emergência do município. A entrega foi feita após a solenidade de inauguração, na tarde de quinta-feira (26), do saneamento rural que beneficiou cerca de 200 famílias que residem no assentamento da Tipiti na localidade de Morro do Bode, na zona rural de São Francisco de Itabapoana.

Em entrevista ao Blog, após reunião promovida pela Ampamac - Associação de Moradores e Produtores Rurais de Macuco de São Francisco, na sexta-feira, 27, o prefeito Pedrinho Cherene disse que o município sanfranciscano é um dos mais prejudicados do estado com a seca que assola a Região com lavouras queimadas pelo sol e cabeças de gado morrendo devido à falta de água e pastagem para alimentação.

“Assinei o decreto neste mês de março e também entreguei ao deputado Federal Paulo Feijó e ao deputado estadual Bruno Dauaire e espero que as autoridades reconheçam este estado de emergência”, disse.

Segundo o prefeito foi feito um relatório amplo de todos os prejuízos dos produtores com todos os dados. Por outro lado, independente do decreto de estado de emergência o prefeito disse que de 2014 até hoje, o município já investiu mais de R$4 milhões na agricultura.

Em relação ao subsídio da cana o prefeito disse que esteve semana passado em Brasília com o deputado Paulo Feijó quando abordou a questão que é uma Lei federal já aprovada e sancionada pela presidente. “Sabemos que este subsidio de R$12 reais não vai resolver o problema do pequeno produtor, mas, chegando hoje, com certeza vai possibilitar o produtor dar uma “respirada” tendo em vista a crise econômica atual”, diz.

O deputado estadual Bruno Dauaire (PR) disse que vai levar o decreto de emergência para a comissão de agricultura para que possa debater a questão da seca no município.  “Iremos nos manifestar na “tribuna”, no plenário e tentar despachar com o secretário de Agricultura e o governador por ser tratar de uma situação realmente de emergência a que vive o setor de agricultura do município.


O deputado federal Paulo Feijó disse com relação ao subsídio da cana de açúcar que fará uma articulação junto ao Ministro de Planejamento para que ele autorize o pagamento desse subsídio referente a 2012.

“Estamos sintonizados com a bancada do Nordeste e vamos aprovar este ano uma Lei tornando o pagamento do subsídio permanente. Não é promessa é uma bandeira que vamos priorizar”, concluiu. 

Nenhum comentário: