Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

segunda-feira, 30 de março de 2015

SFI: pescador tem redes de pesca danificadas no mar no litoral da Praia dos Sonhos e denuncia desrespeito ao defeso do camarão

O pescador Ronis Gomes da Silva, em entrevista na manhã desta segunda-feira, 30,  à Rádio São Francisco FM, acusou pescadores de arrasto motorizado de camarões na praia dos Sonhos de danificarem suas redes de pesca que são lançadas ao mar após a arrebentação. Segundo Ronis, a prática da pesca de camarão neste período do defeso é ilegal.

“Nós trabalhos com rede de espera após a arrebentação. Eles, com rede de arrasto motorizado, acabam nos causando prejuízos quando cortam a rede que embolam no motor chamado de rabeta”, diz.

A pesca da espécie tainha e sarda está liberada.

Segundo o pescador só nesta segunda-feira,  contabilizou um prejuízo de R$ 500,00 valor de uma rede nova que ele lançou ao mar para a pesca de tainha.

O período do defeso do camarão teve início no dia 1° de março e se estende até o dia 31 de maio.

Durante este período, fica proibida a pesca de arrasto motorizado dos camarões branco, rosa, santana, sete barbas, entre outros. O objetivo desta paralisação temporária de pesca é promover a recuperação do estoque pesqueiro e evitar a extinção da espécie.

Os órgãos ambientais orientam aos pescadores, comerciantes e consumidores a respeitarem o defeso, uma vez que é nesse intervalo que ocorre a reprodução e crescimento dos camarões. Quem for flagrado desrespeitando o período de defeso poderá ser processado por crime ambiental e estará sujeito a multa, cujo valor varia de acordo com a quantidade de camarão, além da apreensão dos equipamentos de pesca.

O Defeso do Camarão é regulamentado pela Instrução Normativa IBAMA nº189/2008. A cadeia produtiva, que inclui pessoas físicas ou jurídicas responsáveis pela captura, conservação, beneficiamento, industrialização, comercialização e transporte de camarões deverá declarar à Superintendência Estadual do IBAMA, uma relação detalhada do estoque das espécies existentes, indicando os locais de armazenamento.

Nenhum comentário: