Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

segunda-feira, 23 de março de 2015

Um dia inesquecível para a vida de um botafoguense


Sanfranciscano portador de Síndrome de Down assiste à vitória do clube do coração e chega bem perto dos ídolos

Andinho ao lado do nome do jogo, o goleiro Renan, além do atacante Tássio


Não foi só o goleiro reserva do Botafogo Renan que teve uma tarde especial em Macaé, neste domingo, na vitória sobre a Cabofriense por 1 a 0. O sanfranciscano Anderson Nogueira dos Santos, o Andinho, 37 anos, esteve no Estádio Moacyrzão e jamais vai esquecer o dia 22 de março de 2015.

Apaixonado pelo clube da estrela solitária, este sanfranciscano, portador de Síndrome de Down, vibrou ao visitar um estádio de futebol pela primeira vez. Chegou bem perto dos ídolos, tirou fotos com o time, entrou no gramado de mãos dadas com o jogador Fernandes e até apareceu na transmissão da Rede Globo.

A viagem foi possível graças a uma promessa de um amigo de Andinho, Alex Gomes, mais conhecido como Chicão, outro apaixonado pelo Botafogo. “Disse que o levaria para assistir a uma partida do Botafogo, e o dia chegou. Fiz o convite, e, com a autorização de sua mãe, Dona Cacilda, fomos até Macaé, eu, minha esposa, o Andinho e mais um grupo de amigos. Passamos momentos especiais neste domingo”, conta Chicão.

Atacante Jobson entre os
amigos Chicão e Andinho
Segundo Chicão, a amizade com Andinho começou através da Rádio São Francisco FM. Chicão participa de um bate-papo de boleiro no Jornal São Francisco é Notícia, comentando de maneira descontraída sobre futebol. “E o Andinho quis saber quem é esse Chicão que fala tão bem de seu Botafogo. Tive o prazer de conhecê-lo em 2014 e posso dizer que temos muito que apreender com esse ser humano fantástico que é o Andinho”, revela.

Andinho fez questão de tirar foto com todos do Botafogo. “Do massagista até o presidente, Andinho falava com todos, demonstrando sua humildade em reconhecer a importância de todos no Botafogo”, reconheceu Chicão.

Galera de SFI com o atacante Jobson
Na manhã desta segunda-feira, 23/03, Andinho falou à Rádio São Francisco. “O momento mais emocionante foi na hora do gol do Botafogo. Soltei o grito de gol e comemorei muito. Agradeço ao Chicão por ele ter feito isso por mim”, agradeceu Andinho.

O nosso sanfranciscano, que mora na comunidade de Bom Jardim, distante cinco quilômetros do Centro de São Francisco, apareceu até na tela da Globo. Exibindo um cartaz que pedia ao jogador Jobson sua camisa, Andinho foi focalizado pela câmera. Até o narrador global Luiz Roberto se sensibilizou com o pedido do Andinho. “Jobson, dá a sua camisa ao Andinho”, dizia, durante a transmissão, o narrador.

Andinho não ganhou a blusa do Jobson, mas a diretoria do Botafogo prometeu enviar para ele uma camisa. Após a partida, no vestiário, Andinho e a caravana de São Francisco de Itabapoana tirou fotos com as estrelas do time, finalizando um dia inesquecível.

Matéria: Vinícius Berto
Veja aqui uma galeria de fotos da caravana de SFI no Estádio Moacyrzão

Nenhum comentário: