Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Policiais do BPRv participam da Operação Lei Seca


Curso de especialização em trânsito tem foco no uso do etilômetro e atendimento à população

Policiais do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) participaram de duas blitzes da Operação Lei Seca (OLS) realizadas na noite desta quarta-feira (17/6). A atividade faz parte do curso de especialização de Trânsito Rodoviário, destinado aos oficiais, e de Patrulheiro Rodoviário, para os praças.

Nas blitzes, os 55 policiais puderam colocar em prática os conceitos aprendidos em sala de aula sobre legislação de trânsito, abordagem segura de veículos, uso do etilômetro e atendimento à população. O curso tem duração total de 430 horas e inclui aulas, palestras e atividades práticas.

Coordenador da OLS e instrutor na capacitação continuada oferecida pelo BPRv, o tenente-coronel Marco Andrade destacou que o trabalho realizado pelos agentes da Lei Seca é referência estadual e nacional na fiscalização da alcoolemia.

- O objetivo do curso é fazer com que os policiais militares se aperfeiçoem e se qualifiquem com nossos agentes para atuar no trânsito e prestar um serviço de qualidade para a população. Nessa atividade eles puderam acompanhar o trabalho da Operação Lei Seca e lidar com situações comuns do dia-a-dia, desde documentação atrasada até crimes de trânsito - afirmou o tenente-coronel.

Durante as blitzes os PMs foram divididos em três grupos: abordagem de veículos, fiscalização de documentação e alcoolemia, e preenchimento dos autos de infração, dando apoio aos agentes do Detran.

Atendimento ao cidadão

Referência em cursos de especialização no trânsito, o BPRv fiscaliza 6 mil quilômetros de rodovias em todo o estado e possui 22 postos de atendimento no Rio de Janeiro. Instrutor do curso, o cabo Rodrigo Duque disse que outras unidades também enviam policiais para participarem do capacitação.

- Com a especialização em trânsito rodoviário, o policial está apto para lidar com o cidadão na rodovia, garantindo a abordagem de maneira segura para todos. Mesmo os policiais que já trabalham com trânsito sempre têm alguma coisa para aprender porque o trânsito é dinâmico, com novas resoluções e equipamentos. Temos que aprender sempre - disse.

Para a soldado Flávia Fraga, lotada no BPRv, o condutor é o maior beneficiário da especialização feita pelos policiais.

- Nossa função é garantir a segurança do trânsito e do usuário. Usamos o etilômetro e aperfeiçoamos a abordagem cordial. Tudo que aprendemos na Operação Lei Seca vamos usar nas nossas operações diárias - avaliou.

Já para a soldado Nubya Santana a formação continuada vai ajudar a aperfeiçoar o trabalho que ela já exerce no Programa de Educação para o Trânsito (Proet), voltado principalmente para crianças e adolescentes.

- O que aprendemos nas aulas também será útil nas palestras. Recebemos diversos jovens no batalhão e eles costumam levar para as famílias as informações que passamos nos nossos encontros. Dessa forma, promovemos o bom desenvolvimento do trânsito - afirmou.

Fonte: Núcleo de Imprensa RJ

Foto: Marcelo Horn

Nenhum comentário: