Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Ferrovia Rio-Vitória será apresentada em audiência pública nesta sexta-feira em Campos


Evento detalhará projeto de R$ 7,6 bilhões. Malha ferroviária cruzará o Norte Fluminense e possibilitará ligação com os Portos do Açu, em São João da Barra, e Central, em Presidente Kennedy.

Infográfico publicado no Jornal
A Gazeta - Ferrovia Rio-Vitória
representada pelo traçado
em vermelho
A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Secretaria de Estado de Transportes (Setrans) realizam nesta sexta-feira, dia 17, das 9 às 13 horas, a audiência pública da nova ferrovia Rio-Vitória (EF-118). O evento acontece em Campos dos Goytacazes, na Universidade Cândido Mendes, localizada na Rua Anita Peçanha, 100 - Parque São Caetano. O evento vai contar com a participação do secretário de Estado de Transportes do Rio de Janeiro, Carlos Roberto Osorio, e do representante da ANTT, Carlos Nascimento.

Na audiência pública será apresentado em detalhes o projeto de engenharia de implantação da nova ferrovia, incluindo traçado detalhado, infraestrutura da obra, potencial logístico, integração com a malha ferroviária nacional e com os portos do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, e o potencial de geração de negócios.

A malha ferroviária cruzará o Norte Fluminense e possibilitará ligação com os Portos do Açu, em São João da Barra, e Central, em Presidente Kennedy.

As audiências são a última etapa a ser vencida para que o projeto da nova ferrovia seja encaminhado para apreciação do Tribunal de Contas da União (TCU) e, posteriormente, colocado em licitação pública pelo Governo Federal para concessão por meio de parceria público privadas (PPP).


A nova ferrovia Rio-Vitória faz parte do Programa de Infraestrutura e Logística (PIL), lançado pela presidente Dilma no mês passado, que prevê a concessão, por parte da União, de ferrovias, rodovias, portos e aeroportos em todo o país.

Do Blog com informações da Ascom - Secretaria Estadual de Transportes  

Nenhum comentário: