Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

terça-feira, 10 de junho de 2014

Conselho Municipal de Segurança realiza reunião itinerante em Sossego

Durante encontro, realizado na AMASS, delegada diz que polícia não tem poderes divinos. "É preciso que a comunidade informe a Polícia através do disque denúncia".

A reunião aconteceu às 10 horas desta terça-feira, 10, na sede da AMASS - Associação de Moradores e Amigos de Sossego e Sonhos e foi dirigida pelo presidente do Conselho de Segurança Pública de SFI,  Romário Teixeira Bernardo, que ressaltou os objetivos da reunião tendo como tema exclusivo segurança pública. 

Sobre os crimes de arrombamentos de casas nas Praias de Sossego e Sonhos, prática observada com frequência   no litoral de São Francisco de Itabapoana a delegada titular da 147ª DP Legal de São Francisco de Itabapoana, Ivana Morgado, disse que a Polícia não tem poderes divinos. “É preciso que a comunidade estabeleça um canal de comunicação com a Polícia através do disque denúncia. Viu um arrombamento avise a polícia. Esse procedimento ajuda a polícia a investigar e chegar aos arrombadores”.

Outro tema discutido foram as inúmeras rotas de fugas que existem no município, com destaque para a necessidade de ser reinstalado o posto policial da divisa dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Sobre este tema, o comandante da 3º Cia de Polícia Militar do 8º BPM, Oficial Aspirante Carmo, disse que está sendo providenciado. “Temos conhecimento da importância deste posto na divisa e vamos reativá-lo”, disse. Só não revelou em que data.

Sobre o tráfico de drogas, a delegada Ivana Morgado acabou fazendo uma “palestra” para os adolescentes e jovens, que estavam em grande número na reunião.  

“O usuário é fundamental na engrenagem do tráfico. Ele não só mantém, ele é atuante é participante. Vocês não tem noção da desgraça social que o usuário faz, não só na família desses traficantes "pés de chinelos" presos, mas nas famílias de vocês que vão sofrer as consequências desse uso. É uma coisa que muita gente perde o controle, principalmente quando se envolve com as drogas mais pesadas como o craque”, disse.

Em Seguida a delegada deixou um alerta a quem está iniciando no mundo das drogas. “É preciso repensar e se inspirar nos bons exemplos das pessoas que produzem honestamente, que trabalham nas mais variadas profissões”, diz.

A delegada abordou também a participação dos jovens em alguns crimes. “Muitos deles pensam que vão ficar impunes por ser menor de idade. Sobre as questões de indisciplina nas escolas fez o seguinte comentário: “Não se trata apenas de indisciplina. Estamos falado de um ato infracional que é o crime praticado pelo adolescente. Não só as brigas entre os colegas, mas as ameaças aos professores, os danos ao patrimônio público, tudo isso é ato infracional”, revelou.

Representando o prefeito Pedrinho Cherene, o chefe de gabinete do governo municipal, Roberto Pinheiro Acruche também deu uma importante mensagem com relação ao tema aos jovens.

O presidente da Emtransfi Empresa Municipal de Trânsito de São Francisco de Itabapoana, Coronel Amilton Barreto, explicou o porquê da restrição a veículos pesados na ponte de Sossego, sobre o Rio Guaxindiba, assunto provocado por uma moradora. Embora fora do contexto da reunião que tratava de segurança pública, o Coronel Amilton Barreto explicou que a prefeitura está cumprindo uma decisão do Tribunal de Justiça.  

“Alguns desordeiros retiraram as manilhas do centro do acesso da ponte que impedia o trânsito de veículos pesados. Voltamos e colocamos de novo. Agora chegamos à conclusão que temos que fixar a manilha para que não seja mais retirada”, comentou.

“É importante que a comunidade saiba que a ponte foi parcialmente interditada por questões de segurança. Ela está com a estrutura comprometida e não suporta peso acima de 3,5 toneladas. Por isso interditamos. Você poderia questionar: Então porque não se constrói outra ponte?  Nós temos problemas ambientais, os órgãos ambientais não permitem que mexemos naquela ponte”, disse.

Amilton disse que a solução é a construção de uma outra ponte mais acima que deverá sair com um novo traçado através da Rodovia 196, que estará chegando com a Ponte da Integração, unindo os municípios de São João da Barra a São Francisco de Itabapoana.

O comandante da 3º Cia de Polícia Militar de São Francisco de Itabapoana fez um alerta aos jovens de que está proibido por Lei, pilotar as motos chamadas “cinquentinha” sem a carteira de habilitação. “De 10 condutores destes veículos, 9 não tem habilitação. Eles são informados pelos vendedores de que estas motos podem ser pilotadas sem habilitação, o que não é verdade. Se forem pegos, as motos serão recolhidas”, disse Carmo.




Nenhum comentário: