Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

domingo, 8 de junho de 2014

Até quando?

Amanheço o dia, neste domingo, 8, caminho até a padaria no Centro da cidade. Lá em conversa com amigos, como sempre faço, após comprar o pão para o café da manhã, tomo conhecimento de mais um ato de violência na cidade. Dois homens armados se aproximam de um estabelecimento comercial, um salão de beleza, quebram a porta de vidro e roubam jóias, além de levarem um veículo Voyage zero quilômetro da cliente do salão, tudo isso diante do olhar de terror da cliente e da proprietária do salão que tinha fechado a porta de vidro para que eles não entrassem. Este fato aconteceu por volta das 20 horas deste sábado, 7, no cruzamento do trevo de acesso à Praia de Guaxindiba com a Rua Daud Salomão Acruche, próximo à entrada de Boca da Areia.

Familiares da cliente logo que souberam foram até o local. Apesar de buscas até a madrugada desde domingo, 8, inclusive com ajuda da polícia, não conseguiram localizar o veículo. Felizmente, tanto a proprietária do salão quando a cliente saíram ilesas deste episódio lamentável, apesar do trauma e do susto. A que ponto chegamos: as primeiras informações dão conta de que o homem, que estava com o revólver, deveria ser menor. Foi ele, quem utilizando a arma, quebrou a porta de vidro, e com ajuda do parceiro adentraram ao salão provocando terror com as ameaças.

Não vamos citar os nomes das vítimas até por questão de preservá-las. Mas o fato, infelizmente aconteceu. Precisamos de penas mais “duras”, acabar com a maioridade penal aos 18 anos e punição para estes elementos quando presos. Os deputados em Brasília precisam mudar este código penal.  Se este menor for pego pela polícia, caso condenado pela justiça, deve ficar detido por no máximo 3 anos. Solto pode sair por aí, matando, estuprando e assaltando. São nossas Leis que só podem ser mudadas no Congresso. Mas, e os políticos o que estão fazendo?

A Constituição Federal, art. 228, o Código Penal, art. 27 e o Estatuto da Criança e do Adolescente, art. 104, asseguram a maioridade penal somente aos 18 anos, enquanto lei mais recente, o Código Civil de 2002, reduziu para 16 anos a maioridade civil; a lei eleitoral e a própria Constituição asseguraram a maioridade política a partir dos 16 anos, quando permitem aos jovens, nessa idade, escolher seus governantes. Nada acontece   enquanto continuamos reféns das Leis e dos bandidos. Até quando?  

2 comentários:

Cadu disse...

Até quando?

Até quando trocarem votos por cimento e dentadura.

O POVO É ESCRAVO DAS SUAS ESCOLHAS.

leandro santos disse...

Enquanto isso hoje,domingo a policia esta na preocupacao de apreender motos em barra do itabapoana.Trabalhador no Brasil nao tem valor quando nao perde para o governo perde para a marginalidade.So nos apegando a Deus mesmo.