Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Prefeito de SJB corta 10% dos salários e 30% dos contratos

Redução objetiva gerar uma economia de R$ 5 milhões ao mês.
 Secom SJB.
O prefeito de São João da Barra, José Amaro Martins de Souza, Neco, anunciou nesta quinta-feira, 14, medidas de economia para diminuir os efeitos da grave crise financeira que assolam o país e, consequentemente, o município, principalmente os que são produtores de petróleo.   Os contratos com as empresas vão ter uma redução de 30% em seus valores. Além disso, será enviado para Câmara um projeto de lei que determina a redução de 10% no salário do prefeito, vice-prefeito, cargos comissionados e funções gratificadas. As medidas devem gerar economia de R$ 5 milhões por mês.

“Durante todo o ano de 2015, atuamos para diminuir o máximo os efeitos desta grave crise financeira que afeta todo nosso país. Todos os serviços essenciais mantidos, programas sociais funcionando, diferente de outros municípios vizinhos que demitiram, reduziram salários, acabaram com programas sociais, entre outros prejuízos. Chegamos ao nosso limite e é preciso ter responsabilidade financeira e é isso que estamos fazendo ao anunciar essas medidas”, disse Neco.

Em 2015, a prefeitura de São João da Barra esperava arrecadar R$ 347 milhões em receitas provenientes dos royalties do petróleo, porém, entraram nos cofres do município R$ 176 milhões, ou seja, uma perda de R$ 171 milhões. Ainda de acordo com Neco, as medidas priorizam, e cada vez mais, melhorar os serviços públicos disponibilizados para a população.

“É preciso manter os pés no chão, e continuar com as execuções dos serviços públicos, além disso, é necessário manter o nosso orçamento equilibrado para que não sejam cometidos erros financeiros. Toda minha equipe orçamentária busca de forma incansável aliviar ou diminuir os efeitos desta crise sem precedentes”, encerrou.

Segundo o secretário de Fazenda, Édson Cláudio, os ajustes anunciados pelo prefeito Neco confirmam a responsabilidade da atual gestão perante a população.


“Estamos enfrentando a crise com coragem, planejamento e responsabilidade. Infelizmente, a queda dos royalties está acentuada, o que nos obrigou a fazer ajustes para termos o cronograma de desembolso equilibrado e mantermos em dia a programação financeira de 2016”, ressaltou. (Secom SJB)

Nenhum comentário: