Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Mais uma procissão pede chuva em SFI


Fiéis percorreram as comunidades de Santa Rita e Barro Branco.  (Fotos: Sidmar/Blog do Paulo Noel)


Na tarde desta terça-feira, 27, católicos de São Francisco de Itabapoana voltaram a realizar procissão para pedir chuva. Desta vez a iniciativa foi das comunidades de Santa Rita e Barro Branco, no entorno do Centro da cidade. Os fiéis caminharam cerca de duas horas, no trecho entre as duas localidades. Durante o trajeto orações e cânticos pediam chuvas aos céus.  

Como reza a tradição os santos padroeiros das capelas das duas comunidades são trocados, e, ao primeiro sinal de uma forte chuva as imagens voltam para suas igrejas de origem. Os católicos levaram a imagem de Nossa Senhora da Penha da Capela de Santa Rita até Barro Branco, enquanto a imagem de São Francisco de Assis foi transladada de Barro Branco a Santa Rita.

Participaram agricultores vindos de outras partes do município, como Amontado, Brejo Grande, Guarixima e Pingo D'água e outras comunidades. 

É a segunda vez este ano que católicos realizam procissão pedindo chuva. Na sexta-feira, 23, as comunidades de Alegria dos Anjos e Valão Seco realizaram o ato de fé cristã, como o Blog mostrou aqui.

Segundo o climatempo.com.br, nesta quarta-feira, 28, o dia será de sol e aumento de nuvens de manhã e pancadas de chuva à tarde e à noite. O volume d’água previsto é de 12mm e o instituto de meteorologia diz que a probabilidade de chuva é de 60%. Há alguns dias o Clima Tempo vem prevendo pancadas de chuva para São Francisco de Itabapoana, entretanto a água ainda não veio.

A cada amanhecer fica a esperança de um dia com chuva. Nesta terça-feira muitas nuvens foram vistas ao Norte de São Francisco de Itabapoana, na divisa com o Espírito Santo, inclusive algumas das imagens da procissão mostram essas nuvens ao fundo.

Como a agricultura e a pecuária são consideradas a mola mestre da economia sanfranciscana, o momento é de preocupação com os inevitáveis prejuízos do setor agrícola em 2015. A salvação da lavoura tem sido o aipim e o abacaxi irrigado. As demais culturas vão de mal a pior, já que a principal matéria prima da agricultura, a água, está cada vez mais escassa. Sem falar no gado que morre com sede e falta do pasto.


Veja mais fotos da procissão aqui

Nenhum comentário: