Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

terça-feira, 6 de maio de 2014

Greve dos vigilantes atinge agências bancárias em SFI



Fotos: Paula Berto.
A greve dos vigilantes completa uma semana no interior do Estado do Rio de Janeiro com a adesão ao movimento por parte de vigilantes de outros municípios do Norte e Noroeste Fluminense. Em São Francisco de Itabapoana o Sindicato da categoria realizou piquetes nas portas das agências na manhã desta terça-feira, 06. Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Vigilantes de Campos, Rogério Barboza, que concedeu entrevista à Rádio São Francisco FM, 100% dos vigilantes das agências de São Francisco aderiram ao movimento, afetando o funcionamento das agências sanfranciscanas.

Para dar demanda ao processamento dos envelopes nos caixas eletrônicos, o Sindicato tem determinado a manutenção de um vigilante por agência. Entretanto esse número não é suficiente para fazer com que as agências abram.

A greve acontece em 13 sindicatos do Estado do Rio de Janeiro. Rogério Barboza justificou que o movimento de greve pede plano de saúde, redução na carga horária de trabalho para 44 horas, reajuste de 10% do ganho real mais a inflação e ticket de alimentação de R$10,20 para R$20.

"A nossa greve é um movimento legítimo, inclusive com notificação a vários órgãos, informando sobre a paralisação. Estamos dentro da lei, inclusive atendendo a uma determinação judicial com relação a manutenção de 40% do efetivo nas agências", comentou Rogério.

Ainda de acordo com Rogério, o Sindesp-RJ teria oferecido reajuste salarial de 7% para a categoria, além de tíquete refeição de R$ 13. "Com essa proposta não ha mínima condição de encerrarmos a greve. O movimento continua por tempo indeterminado", concluiu Rogério.
Da redação do Blog




Nenhum comentário: