Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Morador de Pingo D'Água morto a tiros em Grussai

Homem trabalhava como vigia em prédio em construção na Praia de Grussaí
Sepultamento foi às 9 horas no cemitério de São Francisco de Itabapoana.

Fotos: Site SJBOnline.
O morador da localidade de Maceió, em Pingo D'Água, zona rural de São Francisco de Itabapoana,  Jocimar Batista da Silva, 45, foi encontrado morto na manhã de quarta-feira, 7, no Bairro Nova Grussaí na Beira da Lagoa litoral de São João da Barra. 

Jocimar era filho de João Prego de Pingo D'Água,  e trabalhava há 10 meses como vigia da construção de um hotel em Grussai. O vigia entrou no serviço às 18h e foi encontrado morto na manhã de quarta-feira, 7.  Segundo a PM o trabalhador foi atingido por dois disparos de arma de fogo, sendo um na cabeça e outro no braço.

Segundo o site SJB Online, moradores contaram ter ouvido três disparos de arma de fogo por volta das 20h. Ninguém chamou a polícia, pois é de costume ouvir disparos na localidade durante a noite.

“Eu estava conversando com meu vizinho e ouvi os disparos, mas não dava para perceber que era daqui. Aqui é muito escuro à noite e mesmo que tivéssemos chamado a polícia eles não iriam encontrar nada no escuro”, contou um morador que não quis se identificar.

Vizinhos disseram que Jocimar  era presbítero da Igreja Assembleia, em Grussaí, e desde que veio da cidade de São Francisco de Itabapoana  frequentava a igreja. 

“Isso foi uma covardia. Um homem tão bom que não tinha nenhum inimigo, estava trabalhando e fizeram essa covardia”, lamentou um membro da Igreja. 

Nada foi levado do local e a televisão foi encontrada ligada. A vítima deixou mulher e uma filha. O caso foi registrado na 145ª Delegacia de Polícia em São João da Barra.


O sepultamento foi às 9 horas desta quinta-feira, 8, no Cemitério de São Francisco de Itabapoana. (Da redação do Blog com informações do site SJBOnline) 

Nenhum comentário: