Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

terça-feira, 19 de maio de 2015

Secretaria de Estado de Saúde alerta para baixa procura de vacinação contra a gripe

Em São Francisco de Itabapoana vacinação pode ser feita no Posto de Saúde.


Faltando menos de uma semana para o fim da 17ª edição da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, a Secretaria de Estado de Saúde alerta à população sobre a baixa procura pela vacina contra a gripe. Até a tarde desta segunda-feira (18), apenas 28% do público-alvo se vacinou. Do grupo prioritário, gestantes e crianças, de 6 meses a 5 anos, foram os que menos se vacinaram. A próxima sexta-feira (22) é o último dia para que o público-alvo da ação de imunização vá até os mais de 1.500 postos de saúde nos 92 municípios em todo estado do RJ para garantir a proteção.

A meta estipulada pelo Ministério da Saúde é vacinar 80% dos grupos prioritários – percentual que representa 4,1 milhões de pessoas. A campanha deste ano vai imunizar contra os três subtipos de vírus da gripe que mais circularam no último inverno: A/H1N1 (gripe suína); A/H3N2 e influenza B.

A Região do Médio Paraíba - formadas pelos municípios de Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda – segue sendo a de menor cobertura para gripe: menos de 19,7% do público-alvo se vacinou.

- Estamos mobilizados para conscientizar a população sobre a importância dessa campanha. A gripe é uma doença aparentemente simples, mas que pode evoluir para formas mais graves, principalmente entre crianças e idosos. A prevenção é a forma mais segura de evitar complicações – ressalta o secretário, Felipe Peixoto.

Neste ano, a campanha recebeu o slogan “Contra a gripe, seu escudo é a vacinação”. O grupo prioritário é formado por pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses às que ainda não completaram 5 anos, indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias do parto, população carcerária, profissionais de saúde e profissionais que atuam no sistema prisional, além de doentes crônicos.

- A vacina protege contra os principais tipos de vírus da gripe, de forma extremamente segura e eficaz. No ano passado, superamos a meta estipulada pelo Ministério da Saúde. Nossa expectativa é manter a cobertura vacinal no estado – destaca o superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Nenhum comentário: