Clique abaixo para ouvir a Rádio São Francisco direto no site

________________________________________________________

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Artesã morre e marido fica gravemente ferido em acidente em Lagoa Doce


A artesã mora na Ilha dos Mineiros.
Uma mulher morreu em um grave acidente ocorrido na RJ-196, em Lagoa Doce, São Francisco de Itabapoana, por volta das 17h15 desta quarta-feira, 11-11. Um casal que residente na Ilha dos Mineiros são as vítimas deste acidente. Eles estavam em uma motocicleta, quando ao passarem por Lagoa Doce sofreram o acidente.

As vítimas foram socorridas pela unidade do Resgate Municipal de Barra do Itabapoana. A artesã Maria Neuza Teixeira dos Santos, 54, chegou sem vida ao Hospital Manoel Carola, enquanto o marido dela, Gilberto Carlos Andrade Mendes, 63 anos, foi levado para o Hospital Ferreira Machado (HFM) em estado gravíssimo.

Não se sabe ao certo a dinâmica deste acidente, ou seja, se foi uma queda de moto ou uma colisão com outro veículo. Em apoio ao BPRV, uma viatura da 3ª Cia da Polícia Militar percorreu a RJ-196 e não encontrou vestígios do acidente. A motocicleta pode ter caído em alguma ribanceira ou retirada do local do acidente. Uma equipe do BPRV estaria em contato com a equipe do Resgate Municipal para apurar o ponto exato do socorro.

Segundo apurou o Blog, o casal tem duas filhas. Elas já tomaram conhecimento do ocorrido. Trata-se de uma família tradicional de São Francisco de Itabapoana e muito conhecida na Ilha dos Mineiros. Maria Neuza era artesã e trabalhava com artesanato em conchas. 

Sepultamento (Atualização às 16h50 de 12/11/15)

O Corpo da artesã Maria Neuza Teixeira dos Santos foi sepultado na tarde desta quinta-feira, 12-11, no Cemitério do Centro de São Francisco de Itabapoana, após velório na Igreja Católica de Guaxindiba

O Blog conversou com Shirley Jardim, artesã de Gargaú. Shirley disse que Maria Neuza estava muito entusiasmada com a profissão. "Eu havia encontrado com ela a pouco tempo. Ela estava muito entusiasmada, pois havia chegado da Região Sul, onde participou, com um grupo de nove artesãs, de uma troca de conhecimento sobre artesanato. Perdemos uma grande amiga e o município uma grande artesã", contou Shirley.

Marido segue em estado grave no HFM

O Blog acompanha as notícias sobre o estado de saúde de Gilberto Carlos Andrade Mendes, 63 anos, que estava com a esposa no trágico acidente. Às 16h45 desta quinta-feira, a Assessoria de Imprensa do Hospital Ferreira Machado informou que segue grave o estado de saúde de Gilberto. Ele teve traumatismo craniano encefálico devido à queda de moto, informou o HFM. 

Um comentário:

Antonio Peruzzi Netto disse...

A moto nao caiu em ribanceira nenhuma, ela ficou caída dentro do mato, o acidente aconteceu, na primeira curva acentuada de quem vem de barra para sfi pelo litoral, eu estive no local, logo depois do acidente, eles ainda estavam com vida, mas estavam engasgando com o proprio sangue, pois se machucaram na regiao do rospo, estavam sem capacete.
A moto estava caída no mato lado direito mesmo sentido de quem vem de barra, pelas marcas no mato, antes das pessoas começarem a pisar e danificar o local do acidente, para que a pericia possa tentar desvendar o que aconteceu.
pelas marcas o condutor da moto perdeu o controle na curva, assim nao conseguindo realiza-la, entrou mato a dentro...
a moto pode sim ter sido removida, ate porque a policia ou o bprv demorou muito a chegar ao local, e logo assim que paramos o carro ja ligamos para a policia e o resgate, mas o resgate so veio apos um rapaz de moto ir em barra para chama-los, com muitos curioso no local, assim que a ambulancia saiu levando as vitimas curiosos ja podem ter removido a moto ou ate depena-la...
outra coisa que chamou muito a minha atenção, foi a questao dos socorristas do resgate, um jovem (do sexo masculino) e uma mulher ja aparentando uns 40 para la, despreparados, num acidente a gente mexe muito pouco nas vitimas ainda mais na regiao do pescoço, eles mexeram muito no pescoço da vitima na tentativa de colocar o colar cervical na dona Maria, acho que teriam que passar por uma reciclagem, pois se a vitima tivesse qualquer dano na regiao da coluna ocasionado pelo acidente, naquele momentos eles ja poderiam ter agravado a situaçao.
deixo ai meu comentario, pois estava no local logo apos acontecer, e presenciei o resgate todo.